Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Carnaval 2019

Bacanal do Bandeira espalha poesia e lirismo pelas ruas do Recife

Além do tradicional desfile, o Bloco Bacanal do Bandeira oferecerá uma oficina gratuita de interpretação teatral, com Ana Nogueira. As inscrições começam nesta segunda-feira (6)

Alexandre Lucena/Divulgação

Alexandre Lucena/Divulgação

O bloco é conhecido por levar poesia às ruas recifenses durante o período momesco

A poesia de Manuel Bandeira vai tomar conta das ruas do centro do Recife, no próximo dia 17/2 (sexta-feira), com a saída do Bloco Bacanal do Bandeira. Criado há seis anos, a agremiação foi inspirada no livro Carnaval, do poeta Manuel Bandeira, lançado em 1919, que marcou uma espécie de libertação do artista em relação à herança parnasiano-simbolista e consolidou o nome de Bandeira entre os grandes expoentes do Modernismo. A concentração acontecerá às 17h, na frente do Espaço Pasárgada, e contará com a participação do bloco lírico Flabelo Encantado.

Nessa sexta edição, o Bacanal do Bandeira ganhará um novo hino, composto pelo presidente do Flabelo Encantado, Ricardo Andrade. “A letra é a mesma, o que há de inovação é a melodia que dessa vez ganhará um ritmo mais lírico para combinar com a proposta da agremiação”, contou Marília Mendes, gestora do do Espaço Pasárgada. Outra novidade desse ano é a saída do boneco de Manuel Bandeira irá desfilar pelas águas do Capibaribe, nesta segunda-feira (6), a partir das 15h, dentro da programação do Catamaran Tours. “Durante o percurso, o catamarã passará próximo às ruas imortalizadas pelos poemas de Bandeira, como Rua da União, Rua da Aurora e Rua da Saudade”, disse Cláudia Heráclio, gerente de Marketing e Comunicação do Catamaran Tours.

Oficina
De 13 a 17 de fevereiro, o Espaço Pasárgada oferecerá ainda a oficina gratuita de interpretação teatral A Poética do Carnaval, com a atriz e arte/educadora Ana Nogueira, que irá trabalhar a dramaturgia das poesias de Manuel Bandeira reunidas no livro Carnaval (1919). Ao final, os participantes da oficina irão compor o cordão poético-teatral da Troça Carnavalesca Mista Bacanal do Bandeira, com declamação e interpretação de cenas curtas, durante seu já tradicional desfile na sexta-feira da semana pré-carnavalesca. Além da análise dramatúrgica dos poemas de Bandeira, os participantes irão treinar técnicas de leitura, respiração e interpretação.

Daniela Nader/Divulgação

Daniela Nader/Divulgação

Ana Nogueira é atriz, palhaça e arte/educadora licenciada em Artes Cênicas pela UFPE e graduada em Jornalismo pela UNICAP. Participou como atriz e produtora em diversos grupos teatrais no Recife, Rio de Janeiro e Brasília. Acumula experiências em performance, palhaçaria e interpretação

Os encontros serão realizados à tarde, das 14h às 17h, no Espaço Pasárgada e no Teatro Arraial. As apresentações serão realizadas ao longo do desfile da troça que fará paradas em três locais: a primeira na concentração da Troça, na rua da União, em frente ao Espaço Pasárgada, a segunda na rua Mamede Simões e a terceira na escultura de Manuel Bandeira, na rua da Aurora. Serão oferecidas 25 vagas, e os interessados poderão se inscrever através do telefone (81) 3184.3165 e (81) 99981.8343 ou pelo e-mail: pasargada.fundarpe@gmail.com. As inscrições começam nesta segunda-feira (6) e seguem até a próxima sexta-feira (10).

“Esse projeto é uma integralização do estudo da obra do poeta com ações educativas que envolvem oficinas, recital de poesias e o desfile da Troça Carnavalesca Mista Bacanal do Bandeira pelas ruas citadas no poema Evocação do Recife, livro Libertinagem, de 1930, com paradas durante o percurso para recital de poesias e apoteose na estátua de Manuel Bandeira, localizada na Rua da Aurora”, disse a gestora do equipamento cultural.

Serviço
Bloco Bacanal do Bandeira
Quando: sexta-feira (17/2), às 17h
Onde: Espaço Pasárgada (R. da União, 263 – Boa Vista, Recife – PE)
Acesso gratuito

< voltar para home