Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

ARTES CÊNICAS

Cultura e lazer para todos os públicos nos equipamentos do Estado

Espaços culturais oferecem uma variedade de atrações de lazer no final de semana

Beto Figueiroa
Vai chegando o final de semana e junto a ele vem também uma série de atividades de lazer nos equipamentos culturais do Estado. Do Cinema São Luiz, ao Museu do Barro de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, o público vai encontrar uma programação bastante diversa, em boa parte gratuita ou a preço popular. Confira abaixo a lista de ações culturais de sexta (21) a domingo (23).

Filmes pernambucanos entram em cartaz no São Luiz

O Cinema São Luiz vai exibir a partir desta quinta-feira (20) três longas-metragens de Pernambuco (Pernamcubanos, o Caribe que nos une; Sete Corações; Rio Doce/CDU), todos filmados com tecnologia digital, além de outros dois longas estrangeiros (Lunchbox e O Que Os Homens Falam). As sessões vão se repetir até a próxima quarta-feira (26), com sessões em vários horários. Os ingressos custam R$ 5 (inteira) e R$ 2,50, à venda na bilheteria do cinema.

Programação do Cinema São Luiz
LunchBox Quinta (20) e sexta (21) | 15h; Sábado (22) | 17h
O Que Os Homens Falam Quinta (20), sexta (21) e domingo (23) | 17h
Pernamcubanos: O Caribe que nos une Quinta (20), sábado (22) e domingo (23) | 19h30
Sete Corações Sexta (21), domingo (23), terça (25) e quarta (26) | 20h
Rio Doce/CDU Terça (25) e quarta (26) | 17h R$ 4 (inteira) e R$ 2 (meia)
Mais informações: (81) 3184 3157

Fundarpe

Cultura popular no Bairro de São José

A Casa da Cultura, no centro do Recife, recebe novamente neste sábado (22) um ensaio do Maracatu Várzea do Capibaribe, às 15h, no Palco Nelson Ferreira (hall central). No mesmo dia, o Mestre Pirulito ministrará uma oficina sobre a história e características do maracatu, uma das manifestações populares mais conhecidas em Pernambuco. Além disso, nesta sexta-feira (21), às 18h, tem roda de capoeira com o Mestre do Vale, assim como em todas as terças, quintas e sextas-feiras. As duas atividades são abertas ao público.

Casa da Cultura
Cais da Detenção, s/n, Santo Antônio, Recife – PE
Roda de capoeira com Mestre do Vale
Terças, quintas e sextas-feiras | 18h
Ensaio do Maracatu Várzea do Capibaribe
Sábado (22) | 15h
Gratuito
(81) 3184 3151

Malakoff com várias exposições

Priscilla Buhr

O equipamento cultural no Bairro do Recife está com três exposições gratuitas: Barco de Fogo, Gráfica Lenta e Sobre Papel. A primeira é do fotógrafo sergipano Márcio Garcez, que registrou durante três anos os processos de feitura e apresentação do Barco de Fogo, brincadeira popular sergipana que mistura fogos de artifício e artesanato. Já a mostra Gráfica Lenta, um trabalho do artista Maurício Castro, preza por uma criação sem tanta pressa e que tem o lema ‘A prensa é inimiga da perfeição’. A exposição foi feita com gravuras em linóleo de forma independente, é fruto de uma produção na galeria Maumau, Zona Norte do Recife. Por fim, Sobre Papel é um trabalho montado com um acervo doado pelo Banco Itaú à Secretaria de Cultura do Estado. A coletânea pretende levar ao público algumas técnicas de impressão em papel que estão sendo deixadas de lado no mundo contemporâneo.f

Torre Malakoff
Praça do Arsenal, s/n, Bairro do Recife – Recife – PE
Exposições Barco de Fogo e Gráfica Lenta
Terça a sexta | 10h às 18h; Sábados e domingos | 15h às 18h;
Gratuito
(81) 3184 3185

História do açúcar e música no MEPE

MEPE

A produção do açúcar no Brasil, Holanda, Indonésia e Suriname está retratada na exposição Açúcar: Um Doce Meio Amargo, desenvolvida pela fundação holandesa Noorderlicht e em cartaz no Museu do Estado de Pernambuco (MEPE), de 29 de outubro até 07 de dezembro. A mostra envolve o trabalho de seis renomados fotógrafos de vários países, sendo eles: Alejandro Chaskielberg, James Whitlow Delano, Ed Kashi, Carl de Keyzer, Tomasz Tomaszewski e Francesco Zizola.

Além disso, neste próximo sábado (22), às 17h, o Museu do Estado de Pernambuco (MEPE), na Zona Norte do Recife, promove mais uma edição do projeto Ouvindo e Fazendo Música no MEPE, desta vez com a participação do guitarrista americano Robert Reynalds III, o Bob Log III, fcom o seu estilo conhecido como blues punk guitar dance party. O público tanto pode ficar atento aos velhos modelos de guitarras Silvertone utilizadas por ele e às roupas de homem-bala com capacete de motociclista, quanto ao movimento de suas mãos e de seus pés tocando guitarra e bateria. Ingresso: R$ 5 e R$ 2,50 (meia).

Museu do Estado de Pernambuco (MEPE)
Av. Rui Barbosa, 960, Graças, Recife – PE
Terça a sexta | 9h às 17h; Sábado e domingo | 14h às 17h
* Ouvindo e Fazendo Música no MEPE
Sábado (22) | 17h
R$ 5 (inteira) e R$ 2,50 (meia)
(81) 3184 3170

Arte Contemporânea em evidência

MAC

Na Cidade Alta de Olinda, o Museu de Arte Contemporânea sedia a exposição Janelas Contemporânea. A mostra, desenvolvida ao longo de quatro anos de pesquisa por parte de Elisa, é formada por tecidos e linhas usadas para realizar releituras de famosas obras, tais como as pinturas O Beijo, de Gustav Klimt, Mona Lisa, de Leonardo Da Vinci, e Abaporu, de Tarsila do Amaral. A entrada é gratuita.

Museu de Arte Contemporânea (MAC)
Exposição ficará no MAC até o dia 23 de novembro
Rua 13 de maio, 149, Varadouro – Olinda – PE
Terça a sexta | 9h às 17h; Sábado e domingo | 14h às 17h
Gratuito
(81) 3184 3153

Artes cênicas para adultos e crianças

O Teatro do Arraial, na Rua da Aurora, recebe nesta próxima sexta (22) e sábado (23), às 20h, as últimas sessões da montagem Imagens Não Explodidas, da Cia Etc. No domingo (23), às 16h, sessão da peça infantil Haru – A Primavera do Aprendiz, com produção de Christianne Galdino e direção de Marcondes Lima. Os dois espetáculos fazem parte da seleção da Convocatória de Ocupação de Pautas do Teatro Arraial 2014.2, promovida pela Coordenadoria de Artes Cênicas da Secretaria de Cultura de Pernambuco. O objetivo é abrir espaço para a produção independente e estimular a formação de plateia no Estado. Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).

Teatro Arraial
Rua da Aurora, 457, Boa Vista – Recife –PE
Imagens Não Explodidas
Sexta (22) e sábado (23) | 20h
Haru – A Primavera do Aprendiz
Domingo (23) | 16h
R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)
(81) 3184 3057

Arte Sacra de Pernambuco

Fundarpe

O acervo fixo do Museu de Arte Sacra de Pernambuco (MASPE), que começou a ser construído a partir de mais uma centena de peças cedidas pela Arquidiocese de Olinda e Recife, reúne objetos de culto como santos populares e de procissão, relicários, custódias e pinturas religiosas.

Museu de Arte Sacra (MASPE)
Rua Bispo Coutinho, 726, Alto da Sé – Olinda – PE
Exposição de longa duração sobre arte sacra e popular
Terça a sexta | 10h às 16h; Sábados e domingos | 10h às 14h
R$ 2 (inteira) e R$ 1 (meia)
(81) 3184 3154

História do Estado no MUREO

MUREO

O Museu Regional de Olinda, na Cidade Alta de Olinda, oferece diariamente ao público uma mostra permanente que propicia ao observador uma visão de uma casa pernambucana do século passado, além de contar com a mostra temporária Os Mamulengos visitam o MUREO, aberta ao público das 16h às 17h. A exposição é fruto de uma parceria com o Museu do Mamulengo e com curadoria de Luciano Borges e Marjones Pinheiro.

Museu Regional de Olinda (MUREO)
Rua do Amparo, 128, Amparo, Olinda – PE
Exposição de longa duração com objetos e mobílias do século passado
Terça a sexta | 9h às 17h; Sábados e domingos | 14h às 17h
Exposição Os Mamulengos visitam o MUREO
Terça a sexta | 16h às 17h
Gratuito
(81) 3184 3159

MUBAC participa do Mês da Consciência Negra

O Museu do Barro de Caruaru promove a Semana da Consciência Negra, numa parceria com a Secretaria da Mulher e dos Direitos Humanos de Caruaru com destaque para a exposição Ágadá, que reproduziu um terreiro de candomblé com materiais e objetos doados por terreiros de Caruaru. Na língua dos povos Iorubas, Ágadá significa ‘barracão’, onde normalmente se armam os terreiros. A exposição ficará aberta ao público até o próximo domingo (23). A entrada custa R$ 2 (inteira) e R$ 1 (meia).

Além disso, o MUBAC destaca em suas coleções os principais polos de cerâmica popular da região, enfatizando sua preservação e promoção. O acervo do museu é composto por cerca de 2.300 peças, entre cerâmica utilitária, decorativa, figurativa e ex-votos.

Museu do Barro de Caruaru (MUBAC)
Praça Cel. José de Vasconcelos, 100, Centro – Caruaru – PE
Terça a sábado | 8h às 17h; Domingo | 9h às 13h
R$ 2 (inteira) e R$ 1 (meia)
(81) 3701 1533

< voltar para home