Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

ARTES CÊNICAS

Inspirado no orixá Omulu, espetáculo de dança chega ao Santa Isabel

Com incentivo do Funcultura, a montagem 'Majhô Majhobê - Olubajé' conta uma das fábulas mais tocantes do mundo dos orixás

Glauce Bruce/Divulgação

Glauce Bruce/Divulgação

Em muitos terreiros de Candomblé, o mês de agosto é dedicado ao orixá Omulu, conhecido no Brasil também como Olubajé

O espetáculo Majhô Majhobê – Olubajé, da Cia. Pé-Nambuco de Dança, conta através da dança, música percussiva e canto, a história de Omulu, um dos orixás mais respeitados do panteão dos deuses africanos. No mês a ele dedicado em muitos terreiros de Candomblé, a montagem será apresentada nesta quarta-feira (9), no palco do Teatro de Santa Isabel, dentro da 14ª Mostra Brasileira de Dança. Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).

Ao longo de 50 minutos de espetáculo, que foi produzido com incentivo do Governo de Pernambuco, através do Funcultura, a Cia. Pé-Nambuco de Dança leva ao público os elementos éticos, estéticos e históricos de uma das fábulas mais tocantes do mundo dos orixás. A peça é construída com base estrutura dialética típica da mitologia africana, além de ser um grito artístico de um coletivo de dança popular com raízes fincadas numa das comunidades que mais sofrem com preconceitos e discriminações, o Ibura.

Glauce Bruce/Divulgação

Glauce Bruce/Divulgação

Peça faz parte da programação da 14ª Mostra Brasileira de Dança

Formado por 38 pessoas – entre bailarinas/os, percussionistas, cantores e equipe técnica – o coletivo busca ainda colocar em cena e evidência a trajetória de um dos orixás mais temidos nos terreiros de Candomblé. A imagem de um homem todo coberto de palha, da cabeça aos pés, onde nem se vê o seu rosto, é a mais conhecida. No entanto, as simbologias e narrativas correspondentes a esta vestimenta-imagem são pouco conhecidas, e o espetáculo busca descontruir um pouco esse cenário.

Serviço
Espetáculo MAJHÔ MAJHOBÊ – OLUBAJÉ, da CIA. PÉ-NAMBUCO DE DANÇA.
9 de agosto | 20h
Teatro de Santa Isabel
Classificação: 16 anos.
R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).

FICHA TÉCNICA
DIREÇÃO GERAL: Wagner Max.
DIREÇÃO ARTÍSTICA: Samuel Araújo.
BAILARINAS/OS: Andréa Botchelly, Aline Lopes, Danny Souza, Daniela Kunz, Diamante Everson, Emilly Santos, Hartilyn Campelo, Jhon Westien, Jonathan Carneiro, Karynne Emmanuelle, Gisele Eduarda, Luanna Melcy, Marília Cavalcanti, Nathalia Radcliffe, Jacky Souza, Pablo Hiago, Shadaytt Miguelangello, Wallison Albuquerque, Wagner Max, Wallace Medeiros, Washington Silva, Washington de Paula.
COREOGRAFIA: Wagner Max e Samuel Araújo.
FIGURINO: Samuel Araújo.
MAQUIAGEM: Ricardo França.
VOCAL: Nalva Silva.
MÚSICOS: Alê Silva, Almir Gomes, João Batista, Guilherme Cavalcanti, Leide Dickman, Thallys Oliveira e Wirley Rafael.
ILUMINAÇÃO: Cleison Ramos.
SOM: Thiago Oliveira.
COORDENAÇÃO DE PRODUÇÃO: Janaína Melo.
ASSISTENTES DE PRODUÇÃO: Maury Marques e Fernando Sales.
ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO: Marconi Bispo.

< voltar para home