Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

ARTES CÊNICAS

Leitura dramatizada de “Fala Baixo Senão Eu Grito” ocupa o Teatro Luiz Mendonça

O foyer Teatro Luiz Mendonça, localizado no Parque Dona Lindu (Av. Boa Viagem, s/n – Boa Viagem, Recife – PE), recebe nesta quarta quarta-feira (11), às 20h, mais uma edição do projeto “Conexão 3×4: Artes e Atos”, iniciativa independente que apresenta uma articulação interativa entre artes cênicas e artes plásticas, estabelecendo um livre diálogo entre as duas expressões artísticas a partir da conceção e realização conjunta de leituras dramatizadas de textos teatrais. Desta vez, os atores Augusta Ferraz e Alexandre Sampaio vão comandar uma leitura dramatizada do texto “Fala Baixo Senão Eu Grito” (Leilah Assumpção), com interação artística do artista visual Jeims Duarte.

Peça de estreia da dramaturga paulista Leilah Assumpção, a montagem foi encenada pela primeira vez em 1969 e conta a história de Mariazinha Mendonça de Moraes, uma funcionária pública, solteirona e infantilizada que é surpreendida pela entrada de um ladrão em seu quarto, em um pensionato para mulheres. Após a entrada desse homem, Mariazinha é levada para um lugar onírico, onde experimenta o gosto da liberdade e dos desejos jamais vividos. Representando o início de uma conscientização feminina coletiva brasileira em meados da década de 70, o texto aborda de forma poética temas como machismo, emancipação feminina, solidão, tédio e todas as amarras impostas à figura feminina na sociedade através de metáforas e signos.

O projeto “Conexão 3×4: Artes e Atos” tem acesso gratuito, mas com colaboração consciente, por meio da chave do PIX: (CEL) 81999697145.

< voltar para home