Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

ARTES CÊNICAS

“Transborda – Mostra Pesqueira de Artes Cênicas” movimenta o agreste pernambucano

Dentre todas as atividades da mostra, que vai 05 a 11 de novembro, projeto recebe na quinta (08) uma importante mesa que irá discutir, com representante do estado e da sociedade civil, o atual momento de políticas para as artes e a cultura no Brasil.

Começou na segunda-feira (05/11) o Transborda – Mostra Pesqueira de Artes Cênicas, projeto do Sesc Pernambuco que chega à cidade de Pesqueira para uma semana de atividades até o dia 11 de novembro. Serão realizadas oficinas de teatro, dança e gestão para grupos artísticos, mesas de conversas sobre temas relacionados a cultura e as artes. As atividades serão realizadas no Sesc Pesqueira, na Escola Estadual Cristo Rei, na Associação Cultural Vivarte, na Praça Rosa, que fica no centro da cidade, e na comunidade indígena Xucuru.

Iniciado no Grande Recife, o Transborda incluiu a cidade de Pesqueira para ampliar o projeto com uma programação voltada para o estudo da cultura envolvendo as comunidades indígenas. “Os temas que serão abordados durante toda a semana, sejam nas oficinas, nas mesas de discussão ou mesmo nas apresentações culturais, visam contribuir com a formação dos artistas da região e discutir a sustentabilidade e a autogestão daqueles que trabalham com as mais variadas manifestações artísticas. O Transborda é, sem dúvida, um espaço de muita reflexão sobre o futuro da nossa cultura”, explica Luana Félix, instrutora de Atividades Artísticas do Sesc Pesqueira.

Leonardo Valério/Divulgação

Leonardo Valério/Divulgação

“Decripolou Totepou” é uma das atrações da Mostra

A programação tem início na segunda-feira (05/11) com o projeto Sesc Dramaturgias, que terá o curso de Dramaturgia do Ator. O encontro será mediado pelo ator e professor Hugo Patrick Moss, do Rio de janeiro. Será na Escola Estadual Cristo Rei, de 19h às 22h, e as aulas seguem até a sexta-feira (09/11). Também na Escola Estadual Cristo Rei, de 06 a 08, haverá a oficina de Criação em Dança, com o professor pernambucano Diogo Lins. A oficina será sempre das 19h às 22h. E de 05 a 09, das 14h às 18h, acontecerá o Curso de Formação de Gestores de grupos, trupes e companhias de Teatro e Circo. As inscrições podem ser feitas no Ponto de Atendimento do Sesc Pesqueira.

Na quinta-feira (08), a programação começa às 14h com uma mesa de conversa que marca oficialmente a abertura da Mostra Transborda Pesqueira. O tema será “Políticas para a cultura e para as artes” e a mesa acontece na Associação Cultural Vivarte (Rua Lucília Tenório de Brito, nº 127). A gerente de Formação e Projetos Especiais da Secretaria de Cultura Tarciana Portella vai representar o Governo de Pernambuco.

“Queremos refletir sobre a ideia de que para fazer cultura temos que pensar cultura, ter estratégias de criação e manutenção do artista. Sustentabilidade dos artistas e das artes. Saber como a gente cria essas politicas, como a gente acompanha, e como elas são guiadas. Como o estado alinha suas políticas culturais com o município e como os municípios alinham com as instituições privadas. E como as instituições privadas se inserem nesse processo”, conta Luana Félix.

“É um momento importante e urgente em que precisamos dialogar, discutir, tendo em vista as mudanças anunciadas em relação às politicas culturais no país, inclusive a que prevê a extinção do MinC, com sua fusão com o Ministério da Cultura e Esportes. Esta sendo anunciado também o interesse do futuro governo de usar para outros fins a verba do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA), hoje sob a responsabilidade da Ancine, que é fruto de uma política exitosa para a política do audiovisual brasileira, incluindo o audiovisual pernambucano, quando alavanca com R$ 15 milhões o edital do Funcultura Audiovisual. Com essa retração, as políticas públicas entram num momento de incógnita”, coloca Tarciana Portella.

Divulgação

Divulgação

Tarciana Portella participa de um debate sobre o momento atual das políticas de cultura

Após esta mesa, às 16h30, haverá mais uma roda de discussões sobre política cultural. Desta vez, com o tema “Gestão e Produção Cultural”. Às 19h30, no Sesc Pesqueira, o público confere o espetáculo “Um Minuto para Dizer que te Amo”, do Matraca Grupo de Teatro de Pernambuco.

A abertura da programação da sexta-feira (09) será com um cortejo cultural, às 16h, que vai desfilar pelas ruas de Pesqueira, saindo da Praça da Rosa em direção ao Sesc Pesqueira, onde acontecerá o espetáculo “Angelicus”, do Matraca Grupo de Teatro de Pernambuco. Depois, no Salão Multiuso do Sesc, às 20h, será encenado o espetáculo “Terra Queimada”, que é o resultado do trabalho desenvolvido pelo curso de Iniciação ao Teatro da Unidade.

No sábado (10/11), a Associação Cultural Vivarte será palco de duas mesas de discussão. A primeira, às 14h, aborda a profissão do artista, e a segunda, às 16h30, terá como tema a “Sustentabilidade dos artistas e das artes”. O espetáculo “Cárcere”, do Grupo Corpore de Dança do Sesc Piedade (PE) será a atração do Espaço Varanda, no Sesc Pesqueira, às 19h. Às 20h, terá a apresentação do espetáculo “Alguém pra Fugir Comigo”, do Resta 1 Coletivo de Teatro (PE), no Salão Multiuso da Unidade.

E o domingo (11/11) será de vivências artísticas com o projeto Conexão Aldeia. A partir das 10h, uma série de atividades culturais acontecerão no Centro Cultural da Casa das Sementes na Serra do Ororubá, em Pesqueira, com o povo indígena Xucuru. Será um dia inteiro de programação com apresentações teatrais, contações de história, lançamento de filme, refeição coletiva e apresentação de Sambas de Coco da aldeia.

Sesc – O Serviço Social do Comércio (Sesc) foi criado em 1946. Em Pernambuco, iniciou suas atividades em 1947. Oferece para os funcionários do comércio de bens, serviços e turismo, bem como para o público geral, a preços módicos ou gratuitamente, atividades nas áreas de educação, saúde, cultura, recreação, esporte, turismo e assistência social. Atualmente, existem 20 unidades do Sesc do Litoral ao Sertão do estado, incluindo dois hotéis, em Garanhuns e Triunfo. Essas unidades dispõem de escolas, equipamentos culturais (como teatros e galerias de arte), restaurantes, academia, quadras poliesportivas, campos de futebol, entre outros espaços e projetos. Para conhecer cada unidade, os projetos ou acessar a programação do mês do Sesc em Pernambuco, basta acessar www.sescpe.org.br.

Serviço – Transborda – Mostra Pesqueira de Artes Cênicas
Data: de 05 a 11 de novembro de 2018
Entrada gratuita
Informações (87) 3835.1164

Programação

De 05 a 09/11
14 às 18h – Sesc Dramaturgias: Curso de Dramaturgia da atuação, com Hugo Patrick Moss (RJ)
Local: Escola Estadual Cristo Rei

De 05 a 09/11
14h às 18h – Curso de Formação de Gestores de grupos, trupes e companhias de Teatro e Circo
Local: Escola Estadual Cristo Rei

De 6 a 08/11
19h às 22h – Oficina de Criação em Dança, com Diogo Lins (PE)
Local: Escola Estadual Cristo Rei

Quinta (08/11)

14h – Mesa de Abertura do Transborda: “Políticas para a cultura e para as artes”
Local: Associação Cultural Vivarte

16h30 – Mesa de discussão: “Gestão e Produção Cultural”
Local: Associação Cultural Vivarte

19h30 – Espetáculo: “Um minuto para dizer que te amo”, do Matraca Grupo de Teatro (PE)
Local: Sesc Pesqueira

Sexta (09/11)
16h – Cortejo Cultural pelas ruas da cidade de Pesqueira
18h – Espetáculo: “Angelicus”, do Matraca Grupo de Teatro (PE)
Local: Praça da Rosa
20h – Espetáculo: “Terra Queimada” (Apresentação da Conclusão do Curso de Iniciação ao Teatro do Sesc Pesqueira)
Local: Sesc Pesqueira – Salão Multiuso

Sábado (10/11)
14h – Mesa de discussão: “Profissão: ARTISTA!”
Local: Associação Cultural Vivarte

16h30 – Mesa de discussão: “Sustentabilidade dos artistas e das artes”

Local: Associação Cultural Vivarte

19h – Espetáculo: “Cárcere”, do Grupo Corpore de Dança (Sesc Piedade)
Local: Espaço varanda do Sesc Pesqueira

20h – Espetáculo: “Alguém para fugir comigo”, do Resta 1 Coletivo de Teatro (PE)
Local: Salão Multiuso do Sesc Pesqueira

Domingo (11/11)

CONEXÃO ALDEIA – Vivência artística no Centro Cultural da Casa das Sementes na Serra do Ororubá, em Pesqueira, com o povo indígena Xucuru
10h – Dança do Toré
10h30 – Escutatória: Contação de história com os índios
11h – “Decripolou Totepou”, de Odília Nunes (PE)
12h – Refeição Coletiva (Comida de Índio)
13h – Grupo de Pífano Xucuru e o lançamento do Curta “Assembleia Xucuru”, da Ororubá Filmes
14h – Apresentação do Espetáculo sobre o Cacique Xikão
15h – Espetáculo de Lambe-lambe com o grupo Pé de Vento do Sesc Arcoverde (PE)
16h – Espetáculo: “Espelho da Lua”, da Tropa do Balacobaco (Arcoverde- PE)
17h – Espetáculo: “Aboio”, do Grupo Proscênio de Teatro do Sesc Surubim (PE)
18h – Refeição Coletiva (Comida de Índio)
18h30 – Samba de Coco Xené de Jurema
19h10 – Samba de Coco Toipe do Ororubá

 

< voltar para home