Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

ARTES CÊNICAS

‘Três Mulheres e um Bordado de Sol’ encerra temporada na CAIXA Cultural

Montagem da pernambucana Compassos Cia de Dança tem sessões de quinta (15) a sábado (17)

A CAIXA Cultural Recife abre a agenda de 2018 com o espetáculo “Três Mulheres e um Bordado de Sol”, com apresentações de 15 a 17 de março. Criação da Compassos Cia. de Dança, a montagem joga luz sobre as marcas vividas pelas pessoas da trupe a partir de pesquisas literárias, visuais e de corpo com as obras de três grandes artistas: Clarice Lispector, Edith Piaf e Frida Kahlo. As apresentações acontecem às 20h com ingressos à venda na bilheteria, no valor de R$ 20 e R$ 10 (meia). A classificação indicativa é 12 anoas.

Wellington Dantas

Wellington Dantas

Espetáculo tem ingressos populares, na CAIXA Cultural Recife

Fecundado aos poucos, o projeto foi moldado pelo encontro com três das mais marcantes personalidades femininas da arte ocidental. A encenação é marcada pelo borramento de fronteiras entre dança e teatro; literatura e música; artista e público; e ainda inspirada pelo cinema e o cotidiano. Em seu todo, revela a maturidade do grupo pernambucano com mais de 27 anos de trajetória.

É memória poética. Parafraseando Clarice Lispector e Milan Kundera, “Três Mulheres…” é um dançar que se lembra do que nunca existiu. Ou do que existiu tão intensamente que encantou, comoveu, deu beleza à vida. É feminino. É um olhar dançado sobre a multiplicidade do ser mulher, com todas as suas frestas e singularidades, seus gritos, sussurros, indiferenças e delicadezas.

Dirigido pelo bailarino e coreógrafo Raimundo Branco, o cenário é um espaço poético povoado por cadeiras, postes, malas e pessoas que, através da iluminação, se transforma. Transporta o espectador a uma ponte parisiense, a um hospital ou a uma estação de trem, ao passado e ao presente. A dramaturgia é uma parceria entre Branco e Silvia Góes, que assina ainda a pesquisa histórica e literária da criação. A bailarina Patrícia Costa também deixou sua marca na concepção poético-dramatúrgica.

A programação do evento conta ainda com uma Oficina de Dança aberta ao público. “A Dança Teatro do Cotidiano” acontece no sábado (10), das 13h às 17h, e domingo (11), das 10h às 13h e das 14h às 17h. As vagas são limitadas e as inscrições acontecem entre os dias 19 de fevereiro e 05 de março através do e-mail do Programa Educativo da CAIXA Cultural Recife, Gente Arteira gentearteirape@gmail.com. A relação dos participantes confirmados será divulgada no dia 07 de março nas redes sociais da CAIXA Cultural Recife.

HISTÓRICO DA COMPANHIA

Em 1990, a Compassos Cia. de Danças deu início ao projeto de formação e informação de elenco, cujo pensamento era o de trabalhar a dança e suas possíveis interfaces com outras áreas do conhecimento: Artes Visuais, Literatura, Teatro, Música, Filosofia e Cinema.

Em 2007, iniciou seu projeto de pesquisa em dança e teatro do que hoje chama a Dança do Cotidiano, com o espetáculo “Sobre um Paroquiano”, uma relação entre as movimentações do dia a dia, a dança contemporânea, o teatro e a capoeira. Com incentivo do Governo de Pernambuco, por meio do Funcultura, deu continuidade às pesquisas com os projetos Eu sinto a terra mover-se… (2009), Compassos – Dança do cotidiano (2013), Dança do cotidiano: o corpo energético (2014) e Dança do cotidiano, as voltas que o mundo dá (2015).

Na área pedagógica, realizou o projeto de formação Programa Compassos de Aperfeiçoamento Profissional em Dança – Pernambuco durante três anos (2009, 2010 e 2012), ministrando aulas de balé clássico, dança contemporânea, cavalo-marinho, capoeira, dança moderna, dança-teatro, consciência pelo movimento e teoria em sete cidades pernambucanas.

De 2010 a 2013, manteve uma parceria com a Faculdade Angel Vianna (RJ), realizando dois cursos de pós-graduação: Dança: Práticas e Pensamentos do Corpo e Dança como Prática Terapêutica. O espetáculo “Três mulheres e um bordado de sol” estreou em 2014 e já foi encenado na capital pernambucana e em cidades como Belo Horizonte e Campina Grande.

SERVIÇO
Três Mulheres e um Bordado de Sol
Local: CAIXA Cultural Recife
Endereço: Avenida Alfredo Lisboa, 505, Bairro do Recife, Recife/PE
Informações: (81) 3425-1915
Período: 08 a 10 e de 15 a 17 de março de 2018
Horário: 20h
Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia para estudantes, professores, funcionários e clientes CAIXA e pessoas acima de 60 anos) – a partir das 10h do dia 07/03, para as apresentações de 08 a 10/03, e do dia 14/03, para as apresentações de 15 a 17/03.
Classificação indicativa: 12 anos
Duração: 70 minutos
Gênero: Dança

< voltar para home