Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Artes Visuais e Fotografia

Márcio Almeida inaugura nova exposição na Amparo 60

"VER-DE-VIR - Caminhos de um bicho geográfico" marca o retorno do artista à Galeria, após um período de nove anos

Márcio Almeida abre, na terça-feira (9), sua mais nova mostra na Amparo 60: VER-DE-VIR – Caminhos de um bicho geográfico, que marca o retorno do artista plástico à galeria, após um período de nove anos. Na exposição, serão apresentadas 25 obras – nos mais variados suportes, desenhos, objetos, fotografias, performance e instalações – desenvolvidas pelo artista entre 2012 e 2014 e ainda inéditas na cidade.

Robson Lemos/Divulgação

Robson Lemos/Divulgação

A exposição segue em cartaz até o dia 11/7, na Amparo 60

Em VER-DE-VIR – Caminhos de um bicho geográfico, o olhar e interesse do artista se concentram em temas do comportamento humano, ligados à noção de deslocamento, transitoriedade e pertencimento – naturais da própria condição humana. As obras sugerem ainda um debate sobre questões de geopolítica e de ocupação do espaço urbano. “Desde o início de minha carreira, no final dos anos 1980, esses temas percorrem meus trabalhos. Ainda como estudante de Zootecnia, interessei-me por Etologia (Estudo do comportamento Animal), em especial os estudos dos processos migratórios. Hoje, o tema é muito explorado na arte contemporânea, devido ao crescimento no número de descolamentos, principalmente externos, entre países e continentes, ainda que o número de deslocamentos internos também ocorra em larga escala”, contextualiza.

Márcio Almeida iniciou a pesquisa Deslocamentos Compulsórios, em 2003, e, desde então, vem se acercando de situações nas quais os indivíduos são levados a deixarem os locais onde vivem por força de agente externos, sejam eventos climáticos, políticas habitacionais, asilos políticos, conflitos afetivos, entre outros. “Os trabalhos têm como ponto de partida a observação das pessoas em seu habitat, suas relações pessoais e com o próprio lugar, as estratégias usadas para adaptar-se ao novo lugar e marcas por elas deixadas nos lugares por onde passam”, detalha.

Das 25 obras que serão exibidas, a única já apresentada ao público é JET LAG (2014), criada pela Equipe S/A (Daniel Santiago e Márcio Almeida), exposta em Londres, este ano, porém com outra montagem. Todo essa produção mantém um diálogo forte com as últimas mostras realizadas pelo artista, tanto no Recife, em 2012, na mostra Contra Uso, no Santander Cultural, quanto na sua participação em O Abrigo e o Terreno, realizada no Museu de Arte do Rio de Janeiro – MAR, em 2013. Inclusive, a obra Where to?, que foi adquirida para compor o acervo dessa instituição.

Serviço
Exposição VER-DE-VIR – Caminhos de um bicho geográfico, do artista Márcio Almeida
Abertura: terça-feira (9), às 19h
Visitação de 10 de junho a 11 de julho de 2015.
Segunda a sexta, das 9 às 13h e das 14h às 19h.
Sábados das 10 às 14h (Com agendamento prévio)
Galeria Amparo 60
Av. Domingos Ferreira, 92-A – Pina, Recife – PE
+55 81 3033 6060

< voltar para home