Portal Cultura PE

Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Artes Visuais e Fotografia

‘Rua Gráfica’ propõe um novo olhar e percursos pela cidade

Ministrada pela artista plástica Bárbara Melo neste sábado (3), a oficina é uma intervenção que busca criar narrativas a partir do que as pessoas encontram nos percursos pela cidade, se aproximando de objetos com letras, texturas, padrões e formas em relevo

Reprodução/Internet

Reprodução/Internet

Organizadas pelo espaço CEÇA, as atividades incluem um percurso a pé por ruas do Bairro da Boa Vista, finalizando com uma intervenção no muro da rua com as imagens produzidas

Revelar imagens da cidade para depois publicar na rua é a proposta da Oficina Rua Gráfica, ministrada pela artista plástica Bárbara Melo, que fará neste sábado (3) uma intervenção pela cidade através da criação, composição, impressão e publicação deste produto final no espaço público. Organizadas pelo espaço CEÇA, as atividades vão das 10h às 17h e incluem um percurso a pé por ruas do Bairro da Boa Vista, finalizando com uma intervenção no muro da rua com as imagens produzidas. As inscrições podem ser feitas via transferência bancária ou Sympla.

A Oficina Rua Gráfica busca criar narrativas a partir do que as pessoas encontram nos percursos pela cidade, se aproximando de objetos com letras, texturas, padrões e formas em relevo, e que sejam capazes de serem revelados para a folha do papel.

“É uma vivência em torno das texturas e formas da cidade. São novas formas de explorar o processo criativo, e uma delas é uma deriva pelo bairro da Boa Vista, ao longo de suas ruas históricas. Durante a atividade colheremos impressões de diversos formatos e depois faremos um mural com esse material”, explica Artur Braga, um dos organizadores do evento.

Bárbara Melo é artista visual, mestranda em Arte, Design e Espaço Público, pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto (Portugal). Ela desenvolve uma pesquisa sobre percepção e experiência na cidade através de processos criativos, com propostas de intervenção gráfica, e criou o ateliê Barbarizá para divulgar seus projetos e promover oficinas, utilizando o caderno e o livro de artista como pesquisa visual.

Serão oferecidos alguns materiais para a realização da ação, contudo, a organização pede que o participante leve materiais próprios para experimentar, como um caderno, papéis de diferentes cores e estilos, bastão grafite e giz de cera, entre outros. “É interessante também que cada um tenha uma sacola ou bolsa para guardar esses materiais durante o caminho. O público em geral é bem vindo, e crianças devem estar acompanhadas dos responsáveis”, completa Artur Braga, lembrando que é favorável usar roupas confortáveis para a atividade.

Serviço:
Oficina Rua Gráfica, ministrada pela artista plástica Bárbara Melo
Sábado (3) | 10h às 17h
CEÇA (Av. Manoel Borba, 339 – Boa Vista)
Contribuição: R$ 100 (via Transferência ou Sympla)

< voltar para home