Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

AUDIOVISUAL

Cine de Rua e Animage levam mostra de animação para Arcoverde e Triunfo

Filmes nacionais e estrangeiros são opções para o fim de semana de 8 a 10 de dezembro

O Animage – Festival Internacional de Animação de Pernambuco realiza neste final de semana uma Mostra Especial de sua edição 2017 nas cidades de Arcoverde e Triunfo. A ação é fruto de uma parceria entre o festival e o Programa Cine de Rua, que agrega instituições como o Consulado Geral da França no Recife, a Secretaria de Cultura de Pernambuco e a Fundarpe. O Sesc Arcoverde e a Secretaria de Cultura e Comunicação de Arcoverde também apoiam a iniciativa.

Still

Still

O longa francês ‘Louise en Hiver’ é um dos destaques da programação

O conteúdo das Mostras é parte do que o festival exibiu em sua última edição, recém-finalizada no Recife, além de uma Mostra Pernambucana, que inclui um panorama da animação produzida no estado. Produções europeias, Mostra Francesa, Mostra Infantil e Mostra Brasil integram a programação, que tem como destaques o longa francês Louise en Hiver, de Jean-François Laguionie, que mereceu uma retrospectiva durante o Animage, e traz também o curta escolhido como melhor filme brasileiro desta edição do festival, o pernambucano Fazenda Rosa, de Chia Beloto.

Still

Still

O curta Fazenda Rosa revela paisagens sonoras presentes no repertório de Erasto Vasconcelos

Em Triunfo, as exibições acontecem no Cine Theatro Guarany, de sexta a domingo (08, 09 e 10/12, com sessões às 19h e 20h). Em Arcoverde, as exibições acontecem neste domingo (10/12), ao ar livre e gratuitas, na área externa do Teatro Municipal/CECORA. Confira a programação completa abaixo.

EDIÇÃO ESPECIAL – ANIMAGE 2017 EM TRIUNFO E ARCOVERDE

TRIUNFO 

Datas: 8, 9 e 10 de dezembro de 2017
Local: Cine Teatro Guarany – Praça Carolino Campos, s/n, Centro Horário: sexta 19h, sábado 19h e 20h, domingo 19h
Entrada: R$ 4,00 e R$ 2,00 (meia) Classificação: Livre

PROGRAMAÇÃO
Sexta-feira, 8/12
19h – Mostra Francesa – 86’
Class Indic: Livre
Curta Diamenteurs, de Chloé Mazlo (França, 2016, 11’13″)
Longa Louise en Hiver (França, 2016, 75’)

Sábado, 9/12
19h – Mostra Infantil – 60’
Class Indic: Livre
- Vulkansziget, de Anna Katalin Lovirty (Hungria, 2017, 9’13″)
- RotoJam3, de Ashley Lo Russo (Canadá, 2016, 2’57″)
- Running Lights, de Gediminas Siaulys (Lituânia, 2017, 11’20″)
- Black Rhino, de Paolo Conte (Itália, 2016, 3’57″)
- Awesome Beetle’s Colors, de Idra Sproge (Letônia, 2016, 3’13″)
- CONTACT, de Katy Wang (Inglaterra, 2017, 7’26″)
- La Loba, de Julia de Macedo Nicolescu (Brasil, 2017, 3’09″)
- Willie and The Foxtrot 01, de Esteban Polito e Santiago Uriarte (Uruguai, 2017, 2’06″)
- A Priori, de Maïté Schmitt (Alemanha, 2017, 3’29″)
- Layers of Fear, de Hsin-Ying Liu (Inglaterra, 2017, 3’29″)
- Pixied, de Agostina Ravazzola e Gabriela Sorroza (Argentina, 2017, 8’24″)

20h – Mostra Pernambucana – 63’
Class Indic: 16 anos
- Dia Estrelado, de Nara Normande (2011, 17’)
- Até o Sol Raiá, de Fernando Jorge e Leanndro Amorim (2012, 12’)
- Voltage, de William Paiva e Filippe Lyra (2008, 6’)
- A Escada, de André Arôxa (2013, 3’05”)
- Deixem Diana em Paz, de Júlio Cavani (2013, 10’)
- A Festa de Isaac, de Ianah Maia (2011, 6’)
- O Gaivota, de Raoni Assis (2014, 7’)
- Abrupto, de Ayodê França e Paulo Leonardo (2012, 1’45”)

Domingo, 10/12
19h – Mostra Brasil – 42’
Class Ind: Livre
- Fazenda Rosa, de Chia Beloto (Recife, 2017, 8’19″)
- Plantae, de Guilherme Gehr (Rio de Janeiro, 2017, 10’25″)
- Em Crise, de Amir Admoni e Paula Rocha (São Paulo, 2016, 1’30″)
- Caminho dos Gigantes, de Alois Di Leo (São Paulo, 2016, 11’52″)
- La Loba, de Julia de Macedo Nicolescu (Rio de Janeiro, 2017, 3’09″)
- O Violeiro Fantasma, de Wesley Rodrigues (Aparecida de Goiânia, 2017, 6’50″)

ARCOVERDE

Domingo, 10/12
Local: Teatro Municipal (área externa) / CECORA
Ao ar livre, aberto ao público | Classificação: Livre

PROGRAMAÇÃO
18h – Mostra Infantil – 60’
Class Indic: Livre

- Vulkansziget, de Anna Katalin Lovirty (Hungria, 2017, 9’13″)
- RotoJam3, de Ashley Lo Russo (Canadá, 2016, 2’57″)
- Running Lights, de Gediminas Siaulys (Lituânia, 2017, 11’20″)
- Black Rhino, de Paolo Conte (Itália, 2016, 3’57″)
- Awesome Beetle’s Colors, de Idra Sproge (Letônia, 2016, 3’13″)
- CONTACT, de Katy Wang (Inglaterra, 2017, 7’26″)
- La Loba, de Julia de Macedo Nicolescu (Brasil, 2017, 3’09″)
- Willie and The Foxtrot 01, de Esteban Polito e Santiago Uriarte (Uruguai, 2017, 2’06″)
- A Priori, de Maïté Schmitt (Alemanha, 2017, 3’29″)
- Layers of Fear, de Hsin-Ying Liu (Inglaterra, 2017, 3’29″)
- Pixied, de Agostina Ravazzola e Gabriela Sorroza (Argentina, 2017, 8’24″)

19h – Mostra Brasil – 42’
Class Ind: Livre
- Fazenda Rosa, de Chia Beloto (Recife, 2017, 8’19″)
- Plantae, de Guilherme Gehr (Rio de Janeiro, 2017, 10’25″)
- Em Crise, de Amir Admoni e Paula Rocha (São Paulo, 2016, 1’30″)
- Caminho dos Gigantes, de Alois Di Leo (São Paulo, 2016, 11’52″)
- La Loba, de Julia de Macedo Nicolescu (Rio de Janeiro, 2017, 3’09″)
- O Violeiro Fantasma, de Wesley Rodrigues (Aparecida de Goiânia, 2017, 6’50″)

 

< voltar para home