Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

AUDIOVISUAL

Cine Pasárgada volta com série de filmes pernambucanos

Sessões são gratuitas e realizadas no Espaço Pasárgada, no centro do Recife

Ricardo Moura/Secult-PE

Com o objetivo de estimular o acesso ao conhecimento das obras cinematográficas produzidas em Pernambuco, o Espaço Pasárgada, localizado no centro do Recife, promove mais uma edição do projeto Cine Pasárgada. Desta vez apenas com a participação de cineastas de Pernambuco. A primeira sessão será realizada nesta quinta-feira (2), às 19h, no Salão de Exposição Pasárgada, com a exibição do filme Estradeiros, longa de Sérgio Oliveira e Renata Pinheiro. A entrada é gratuita, mas são disponibilizadas 40 vagas ao público.

Após a exibição dos filmes, a plateia poderá conversar com os diretores sobre a produção da obra e outros assuntos ligados ao cinema pernambucano. Além disso, estão previstas no projeto outras seis sessões que se repetirão, até dezembro deste ano, a cada quinze dias.  Já estão confirmados nesta edição do Cine Pasárgada nomes como Felipe Peres, Marcelo Pedroso, Antônio Carrilho, Lírio Ferreira e Cláudio Assis.

Sobre o filme

Estradeiros é um documentário de longa metragem sobre uma tribo nômade que ocorre em grande parte do Brasil e também da América Latina. Constituída por indivíduos de diversas origens, os integrantes dessa tribo vestem-se de maneira muito peculiar com roupas puídas, quase sempre sujas, cabelos desgrenhados e andam quase sempre a pé. Vendem suas artes em práticos mostruários de tecido que carregam por todos os lugares por onde passam.

Sobre os diretores

Sergio Oliveira trabalha como diretor e roteirista de cinema desde os anos 90. É diretor de vários curtas como o Schenberguianas (2006), Epox (2010) e Porcos Corpos (2003), todos com boas carreiras e prêmios em festivais. Seu curta Faço de mim o que quero (2009) amealhou mais de 20 prêmios em festivais como Melhor Documentário do Curta Cinema 2010 e Melhor documentário no Cine PE (Prêmio ABD), entre outros.

Já Renata Pinheiro, como artista visual, participou de exposições no Brasil e no exterior. Seu talento em Artes é uma característica de seus filmes. SuperBarroco, seu 1o filme em 35mm, participou de importantes festivais como a Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes (França 2009), Festival Del Nuevo Cine Latinoamericano de Havana (Cuba 2010), Fest Int’l de curta metragem de Clermont-Ferranf (França 2010), Kurzfilmtage (Suíça 2010), entre outros. SuperBarroco ganhou mais de 45 prêmios no Brasil incluindo, entre outros, o de Melhor Filme na Academia Brasileira de Cinema 2010, Melhor Filme no Festival de Brasília 2008 e Melhor filme no Cine PE 2009.

Serviço
Cine Pasárgada,com o filme Estradeiros, de Sérgio Oliveira e Renata Pinheiro
Espaço Pasárgada (Rua da União, 263, Boa Vista – Recife – PE)
Quinta (2) | 19h
Gratuito
Mais informações: (81) 3184 3165

< voltar para home