Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

AUDIOVISUAL

Conhecendo Triunfo de dentro para fora

Festival de Cinema e outros eventos da cidade atrai cada vez mais turistas interessados em enriquecer seu repertório cultural

O geógrafo e professor da Universidade Regional do Cariri (URCA) Glauco Vieira ficou sabendo do Festival de Cinema de Triunfo e não teve dúvidas: precisava vir conhecer. Em 2012, ele não conseguiu licença, mas, em 2013, se organizou e veio. Saiu da cidade do Crato (CE) em seu próprio carro e dirigiu até Triunfo (PE), localizada na porção Norte do Sertão do Pajeú.

Costa Neto

Costa Neto

Glauco Vieira (esq.) veio do Crato (CE) apenas para aproveitar o Festival de Cinema de Triunfo. Do lado dele, Silas Alexandre, monitor da oficina “Realizando em 1 Minuto”.

Apesar de também ser um realizador, já tendo dirigido alguns curtas e um longa, Glauco não está participando de nenhuma categoria presente na mostra – competitiva ou não. Ele veio mesmo para curtir o festival, aproveitar as oficinas e trocar experiências com outros cineastas. “Quando soube deste festival, eu fiz a maior propaganda. Este ano eu vim sozinho, mas ano que vem pretendo trazer a família e os amigos”, comenta.

O turismo cultural é uma demanda crescente em Triunfo e está sendo cada vez mais estimulado pelos eventos que acontecem na cidade. O Festival Pernambuco Nação Cultural, realizado junto à Festa do Estudante, e o Festival de Cinema de Triunfo têm contribuído nesse sentido. Realizados pelo Governo do Estado, em parceria com a Prefeitura de Triunfo, são iniciativas que atraem cada vez mais turistas pernambucanos e até de outros estados.

Para Leo Leite, monitor da oficina “Realizando em 1 minuto”, ministrada por Alice Gouveia, vir curtir o festival é uma oportunidade de conhecer Triunfo de dentro para fora. “Estamos descobrindo mais da cidade do que se estivéssemos vindo como turistas em outra época do ano”, completa Leo.

Outro aspecto enriquecedor do turismo em Triunfo, durante esta época do ano, é que os realizadores têm a oportunidade de conhecer uns aos outros, ter contato com os trabalhos que estão sendo desenvolvidos Brasil afora e com as novas técnicas, fechando, inclusive, parcerias.

Guilherme Patriota

Guilherme Patriota

Glauco Vieira, geógrafo e professor da Universidade Regional do Cariri (URCA).

Glauco (foto) está aproveitando a viagem ao oásis pernambucano para ter novas ideias de trabalhos que mesclem seu doutorado, em curso na Universidade Federal Fluminense (UFF), com a linha de pesquisa que desenvolve com os alunos na URCA: a relação das cidades, em especial as do interior, com o cinema. Glauco já dirigiu os filmes “Cerca” (15 min, 2007), “Juazeiros invisíveis” (29 min., 2011) e “A delicada trama do labirinto” (14 min., 2013). Ele diz já ter conhecido muita gente nova e boa em sua viagem a Triunfo, assegurando, sem titubear, que voltará o ano que vem e, se possível, competindo.

< voltar para home