Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

AUDIOVISUAL

“Táxi Teerã” e “O Batedor de Carteira” são exibidos no Cineteatro Guarany

O Cineteatro Guarany, em Triunfo, exibe dois filmes clássicos na sua programação desta semana: Táxi Teerã (2015) e O Batedor de Carteira (1959). No primeiro, o diretor Jafar Panahi instala câmeras dentro de um táxi e começa a dirigir pelas ruas de Teerã pegando clientes e conversando com eles ao longo dos trajetos. Banido pelo governo de seu país, o cineasta subverte a determinação superior e realiza um filme de forte caráter político que discute de maneira inteligente a situação do Irã. Vencedor do Urso de Ouro no Festival de Berlim, Táxi Teerã trata de assuntos sérios e delicados sem tirar o foco do que realmente importa, mas, também, sem esquecer o humor. Algo que, quando bem usado, é extremamente subversivo.

Divulgação

Divulgação

Interpretando a si mesmo, o diretor Jafar Panahi dirige um táxi pelas ruas de Teerã. A narrativa do filme vai se desenvolvendo ao sabor dos passageiros

Considerado como uma das obras-primas de Robert Bresson (1901-1999), o filme “O Batedor de Carteiras” conta a história de Michel (Martin LaSalle), um ladrão que age nas ruas parisienses. Em certo momento, sem dinheiro e com a mãe doente, ele opta por aprimorar a arte do roubo -sobre esse aprendizado, aliás, há uma sequência que ficou na antologia do cinema, com seu fluxo ritmado de imagens mostrando a mão leve do ator em ação.

Divulgação

Divulgação

Dirigido pelo cineasta Robert Bresson, O Batedor de Carteiras é um dos clássicos do cinema francês

Após a morte da mãe, Michel acaba preso. Sua luz é Jeanne (Marika Green), que cuida de sua mãe e que é a personificação da pureza. No cárcere, ele finalmente poderá encontrar sua redenção. O longa exemplifica bem alguns fundamentos do cinema bressoniano, como o tom minimalista e um olhar mais distanciado para registrar os acontecimentos. Os personagens e suas ações são mostrados na esfera do visível, na superfície física, e suas interioridades ficam sugeridas por sutilezas (um gesto, um jeito de olhar). A opção, portanto, é pelo silêncio em vez das falas e cartelas informando o espectador sobre as motivações dos personagens.

Confira abaixo trailers, mais informações sobre as sessões e programe-se! O ingresso para as sessões do Cine Teatro Guarany custa R$ 4 (inteira) e R$ 2 (meia-entrada). Curta a página do Cine Theatro Guarany no Facebook e acompanhe todas as novidades.

TÁXI TEERÃ
(Táxi Teerã, Irã, 2015, 86min.)
Gênero: Documentário/Drama | Direção: Jafar Panahi | Elenco: Jafar Panahi
Classificação Etária: 10 anos
Sinopse: Neste falso documentário, o diretor Jafar Panahi instala câmeras dentro de um táxi e começa a dirigir pelas ruas de Teerã pegando clientes e conversando com eles ao longo dos trajetos. Entre os assuntos, humor e drama se misturam nas discussões sobre a política nacional, os costumes locais e a liberdade de expressão no cinema.
Dia e horário: quinta-feira (31), às 19h.

O BATEDOR DE CARTEIRAS
(Pickpocket, França, 1959, 75min.)
Gênero: Drama/Policial | Direção: Robert Bresson | Elenco: Martin LaSalle, Marika Green, Pierre Leymarie
Classificação Etária: 14 anos
Sinopse: Michel (Martin LaSalle) começa a bater carteiras por dinheiro, depois por prazer e adrenalina, até o estranho hobby tornar-se um vício. Preso, ele reflete sobre o assunto, pensa na família e na namorada, Jeanne (Marika Green), mas por fim a obsessão fala mais alto e ele logo volta ao crime – agora muito mais habilidoso.
Dias e horários: sexta-feira (1º), sábado (2) e domingo (3), às 19h30.

< voltar para home