Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Carnaval 2019

Governo de Pernambuco lança convocatória do Carnaval 2019

Inscrições devem ser feitas de 22 a 31 de janeiro, na sede da Secult/Fundarpe

O Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria de Cultura (Secult) e Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) e Secretaria de Turismo e Lazer (Setur) e Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur) lança Convocatória para habilitação de propostas para atividades artísticas e culturais para compor a programação do Ciclo Carnavalesco 2019. Poderão participar artistas, grupos, orquestras e agremiações tradicionais do Ciclo Carnavalesco pernambucano das doze Regiões de Desenvolvimento do Estado de Pernambuco. As inscrições deverão ser realizadas no período de 22 a 31 de janeiro de 2019, nos dias úteis, das 8h às 17h, na sede da SECULT/FUNDARPE (Rua da Aurora, 463/469 – Boa Vista – Recife/PE).

Renato Spencer/Santo Lima

Renato Spencer/Santo Lima

O frevo e outras tradições do ciclo festivo vão ganhar novamente as ruas

Do total das atrações a serem contratadas por meio da Convocatória, serão direcionados, respectivamente, os seguintes percentuais: para a categoria de Cultura Popular, 35%; para a categoria de Música da Tradição Carnavalesca, 30%; para a categoria de Orquestras de Frevo, 10%; para a categoria de Dança da Tradição Carnavalesca, 5% ; para a categoria de Música Popular Brasileira, 15%; e para a categoria de Outros Gêneros Musicais, 5%.

Ficam limitadas em até três as apresentações para artistas e grupos das categorias Cultura Popular, Música da Tradição Carnavalesca, Orquestras de Frevo, Dança da Tradição Carnavalesca; em até duas as apresentações para artistas e grupos da categoria Música Popular Brasileira; e em uma apresentação de artistas e grupos culturais que se enquadrem nos Outros Gêneros Musicais.

As propostas que forem habilitadas na Análise Documental serão apreciadas por uma Comissão de Avaliação composta por profissionais de notório saber, selecionados através de convocatória pública, que definirão a vinculação das mesmas às expressões culturais/categorias definidas pelo edital. E emitirá parecer resumido que ateste a consagração artística de cada artista ou grupo cultural habilitado.

O resultado da análise da Comissão de Avaliação será divulgado e ficará disponível na internet, através dos endereços www.cultura.pe.gov.br/carnaval e www.empetur.pe.gov.br, e nas sedes da SECULT/FUNDARPE e da SETUREL/EMPETUR.

A programação com os artistas e grupos culturais a serem contratados pelo Estado para o Ciclo Carnavalesco 2019 será definida por representantes da SECULT/FUNDARPE e SETUREL/EMPETUR e das prefeituras municipais onde acontecerão as apresentações, priorizando as tradições carnavalescas e o resultado da análise da Comissão de Avaliação. A definição da programação artística também considerará o resultado da análise da Comissão de Avaliação, a tradição carnavalesca de cada local, a disponibilidade orçamentária e financeira do Estado para o Ciclo Carnavalesco 2019 e os limites de apresentações fixados no item 3.3.2 do edital.

O secretário de Cultura de Pernambuco Gilberto Freyre Neto destaca o papel da Comissão de Avaliação, formada por profissionais qualificados, no processo que resulta na contratação artística. “Iremos garantir mais um carnaval de sucesso por meio de um processo democrático e transparente cuja definição passa pela responsabilidade que terá a comissão para fazer as devidas avaliações a respeito das categorias as quais os artistas e grupos estão inscritos. Depois passamos à etapa final em que, junto com os municípios, são negociadas as atrações”, coloca o secretário.

Para o presidente da Fundarpe, Marcelo Canuto, o edital do Carnaval mais uma vez irá proporcionar a circulação dos artistas da tradição carnavalesca nos municípios do estado. “Pernambuco faz um dos maiores carnavais do país e cabe ao Governo do Estado garantir que a tradição seja propagada em todos os municípios apoiados. Com essa diretriz garantimos a circulação dos artistas por todo nosso território”, destaca Canuto.

O papel do Governo como fomentador da cultura e, consequentemente, do turismo, é destacado pelo secretário de Turismo e Lazer de Pernambuco, Rodrigo Novaes. “A riqueza cultural de Pernambuco é representada pelos nossos artistas, pelas agremiações que fazem o nosso Carnaval, que é uma festa plural, popular e responsável por atrair milhares de turistas ao Estado. Oferecer um processo claro, transparente, e democrático de seleção dos artistas que vão se apresentar nos polos carnavalescos do interior e da capital contribui para dar ainda mais brilho à nossa festa”, salienta Novaes.

CONFIRA AQUI A CONVOCATÓRIA E SEUS ANEXOS

< voltar para home