Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Conferência Estadual

Fotografia elege sua Setorial e delegados que vão para a IV CEC-PE

Pré-Conferência da linguagem foi realizada nesta quinta-feira (14), no Museu do Trem, com a presença de vários fotógrafos do estado

Rodrigo Ramos/Secult-PE

Rodrigo Ramos/Secult-PE

Membros eleitos para a Comissão Setorial de Fotografia, que terá mandato de dois anos

O segmento de Fotografia de Pernambuco realizou sua Pré-Conferência setorial nesta última quinta-feira (14), no Museu do Trem, para debater e ampliar as discussões dos oitos eixos da Minuta do Plano Estadual de Cultura. O encontro também teve o objetivo de eleger os delegados que irão participar da Plenária Final da IV Conferência Estadual de Cultura (IV CEC-PE), bem como definir os doze membros que vão compor a Comissão Setorial de Fotografia, com mandatos garantidos por dois anos.

Rodrigo Ramos/Secult-PE

Rodrigo Ramos/Secult-PE

Dezenas de fotógrafos do estado participaram da Pré-Conferência

“Este é um momento muito importante para quem faz fotografia em Pernambuco, não só em relação ao que a gente tem a oferecer para o Plano Estadual de Cultura, mas também ter nosso ouvido reaberto através da Comissão Setorial de Fotografia, que já terá tarefas importantes pela frente para gente consolidar, como as discussões a respeito dos editais e da nossa participação no Funcultura”, disse Jarbas Araújo, assessor de Fotografia da Secult-PE.

Rodrigo Ramos/Secult-PE

Rodrigo Ramos/Secult-PE

““Este é um momento muito importante para quem faz fotografia em Pernambuco”, comemorou o assessor de Fotografia, Jarbas Araújo

O conselheiro estadual de Política Cultural, Carlos Gomes, representante de Fotografia e Artes Visuais, também celebrou a realização da Pré-Conferência de Fotografia. “Como a gente diz no sertão, muita sombra e luz pra gente neste dia. É um marco histórico para a cultura pernambucana ter este momento de discutir o que queremos para o Plano Estadual de Cultura. Outra situação muito importante é sairmos daqui com os eleitos da Setorial de Fotografia, para que possamos trabalhar em cima das ações e editais que temos em Pernambuco”, pontuou Carlos Gomes.

Rodrigo Ramos/Secult-PE

Rodrigo Ramos/Secult-PE

“É um marco histórico para a cultura pernambucana ter este momento de discutir o que queremos para o Plano Estadual de Cultura”, destacou o conselheiro estadual de cultura, Carlos Gomes

Silvana Meireles, secretária executiva de Cultura, ressaltou que mais do que a manutenção de um diálogo com a sociedade civil, atendendo aos seus anseios e demandas, a IV CEC-PE é também um ato de resistência. “Até outubro passado, nenhum estado, além de Pernambuco, tinha anunciado a realização de sua Conferencia. E nós da Secult-PE e Fundarpe escolhemos manter a prática do diálogo com a sociedade, o que é imprescindível quando é necessário realizar um debate sobre as políticas públicas. Neste caso específico, vivemos uma Conferência singular. Não só porque ela não está atrelada aos municípios ou à União, mas porque nós vamos discutir efetivamente o Plano Estadual de Cultura”, detalhou Silvana Meireles.

Rodrigo Ramos/Secult-PE

Rodrigo Ramos/Secult-PE

A secretária executiva de Cultura, Silvana Meireles, ressaltou que mais do que a manutenção de um diálogo com a sociedade civil, a IV CEC-PE é também um ato de resistência

Nas outras três conferências estaduais de cultura, foram realizadas discussões, propostas, diagnósticos e debates sobre a política cultural no estado. Dessa vez, a IV CEC-PE parte do resultado de todos esses momentos realizados nos últimos doze anos de construção da sociedade civil, que estão compilados na Primeira Minuta do Plano Estadual de Cultura.

Durante a abertura, Silvana Meireles também tratou do PL Nº 1774/2017, de autoria do deputado Ricardo Costa, que dispõe sobre a “proibição de exposições artísticas ou culturais com teor pornográfico em espaços públicos, no âmbito do Estado de Pernambuco”. “A gente vive tempos muito esquisitos no Brasil, em que não só o diálogo com a sociedade civil está se reduzindo cada vez mais, como há uma criminalização da arte e do conhecimento. E isso é muito grave, porque silencia as vozes que refletem, instigam, propõem e questionam. Isso se reflete em projetos de lei como o do deputado estadual Ricardo Costa”.

Rodrigo Ramos/Secult-PE

Rodrigo Ramos/Secult-PE

Ao longo do dia, os credenciados na Pré-Conferência puderam debater sobre o Plano Estadual de Cultura, dando sugestôes para a primeira minuta

“Esse projeto foi apresentado na Assembleia Legislativa de Pernambuco no final de novembro, e durante as nossas Pré-Conferências temos lido uma Carta de Repúdio a esse PL, assinada inicialmente pela Secretaria de Cultura de Pernambuco, Fundarpe, e o Conselheiro do Audiovisual do estado, e que já conta com a participação de várias outras instituições e instâncias”, comentou a secretária executiva da Secult-PE. Em seguida, a Silvana Meireles leu a carta e consultou se os credenciados queriam também subscrevê-la, como tem acontecido nas outras Pré-Conferências Regionais e Setoriais de Cultura. Com apenas uma abstenção, os participantes decidiram assinar o documento que se opõe “à censura explícita às artes que esse projeto de lei se destina.

Rodrigo Ramos/Secult-PE

Rodrigo Ramos/Secult-PE

GTs debateram sobre os oito eixos estratégicos da Primeira Minuta do Plano Estadual de Cultura

Após as discussões dos GT’s, que contribuíram com sugestões e alterações nos objetivos estratégicos da Primeira Minuta do Plano Estadual de Cultura, cuja versão final será votada na Plenária Final da IV Conferência Estadual de Cultura, marcada para os dias 16, 17 e 18 de março do ano que vem no Centro de Convenções, em OIinda.

Em seguida, houve a eleição dos doze membros da Comissão Setorial do segmento, entre titulares e suplentes, além dos dois delegados (e seus respectivos suplentes) que vão participar da Plenária Final da IV Conferência Estadual de Cultura, agendada para março de 2018, no Centro de Convenções. Confira a lista:

Rodrigo Ramos/Secult-PE

Rodrigo Ramos/Secult-PE

Delegados eleitos na Pré-Conferência Estadual de Cultura para representar a sociedade civil na Plenária Final

Delegados eleitos da sociedade Civil
Geyson Magno Tôrres Monteiro
Mariana Lima
Suplentes
Paulo César Filizola
Paulo César Carneiro Kémmer

Membros eleitos para a Comissão Setorial de Fotografia
Titulares
Roberta Barbosa Guimarães (Recife)
Mariana Lima (Recife)
Weldjane Mary Régis de Araújo (Recife)
Mateus Sá Leitão de Castro Soares (Recife)
Geyson Magno Tôrres Monteiro (Caruaru)
Breno Laprovitera (Recife)

Suplentes
Paulo César Carneiro Kémmer (Recife)
João Henrique Rodrigues da Silva (Recife)
Angela Agra Galvão (Recife)
Ana Maria de Araújo (Recife)
Paulo César Filizola (Recife)
Luciana Suassuna Rodrigues Dantas (Recife)

< voltar para home