Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Conferência Estadual

IV Conferência Estadual também terá representantes do Sertão do Araripe

Participaram do encontro cerca de cem pessoas, dentre 80 credenciados, que elegeram seus delegados e suplentes da Sociedade Civil e do Poder Público

Rodrigo Ramos/Secult-PE

Rodrigo Ramos/Secult-PE

Estiveram na pré-conferência representantes e fazedores de cultura de cidades como Araripina, Bodocó, Exú e Santa Filomena

Marcus Iglesias

Fazedores de cultura de vários municípios que fazem parte do Sertão do Araripe participaram na última sexta-feira (19) da Pré-Conferência regional da IV Conferência Estadual de Cultura (IV CECPE), realizada em Ouricuri, no EREM São Sebastião. Ao todo, participaram do encontro cerca de cem pessoas, dentre 80 credenciados, que elegeram seus delegados e suplentes representantes da Sociedade Civil (oito) e do Poder Público (três).

Ao longo do credenciamento, os fazedores de cultura do Sertão do Araripe puderam conhecer de perto e se cadastrar no Mapa Cultural de Pernambuco, uma iniciativa da Secretaria de Cultura de Pernambuco (Secult-PE) e Fundarpe, desenvolvida a partir de uma plataforma livre, gratuita e colaborativa, que permite o acesso às informações sobre eventos, programas, espaços e agentes culturais do cenário cultural pernambucano.

Rodrigo Ramos/Secult-PE

Rodrigo Ramos/Secult-PE

Mais de cem pessoas participaram da Pré-Conferência no Sertão do Araripe, que contou com 80 inscritos

Participaram da mesa de abertura da Pré-Conferência do Sertão do Araripe o prefeito de Ouricuri, Ricardo Ramos; a Gerente de Políticas Culturais da Secult-PE, Taciana Portela; a secretária executiva da Secult-PE e coordenadora da IV CECPE, Silvana Meirelles; e o secretário estadual de Cultura, Marcelino Granja, que falaram para representantes de cidades como Araripina, Bodocó, Exú e Santa Filomena.

Segundo o prefeito de Ouricuri, a pré-conferência serviu como encontro fundamental “para continuarmos acreditando e valorizando as nossas raízes e nossos costumes. Por isso que essa interação entre vocês é de muita riqueza. Temos mais de 40 artistas aqui presentes, além de gestores e fazedores de cultura, para debater e deixar nossas contribuições na conferência estadual de cultura”.

Rodrigo Ramos/Secult-PE

Rodrigo Ramos/Secult-PE

“A que se propõe essa Conferência? A uma coisa só: Elaborar o Plano Estadual de Cultura de Pernambuco, com um período de execução de até dez anos”, ressaltou o secretário estadual de Cultura, Marcelino Granja

Marcelino Granja aproveitou para destacar o objetivo principal e único da IV CECPE. “A que se propõe essa Conferência? A uma coisa só: Elaborar o Plano Estadual de Cultura de Pernambuco, com um período de execução de até dez anos, e que vai perpassar os governadores e governadoras que virão pela frente. A gente sempre diz que pra fazer política pública precisa-se de duas coisas, dinheiro e entendimento. Mas há um terceiro elemento muito importante, que é o planejamento. Esse é o desafio da IV Conferência de Cultura de Pernambuco, e vocês do Sertão do Araripe estão aqui hoje para contribuir com esse plano estratégico da cultura pernambucana”, disse o secretário estadual de Cultura.

Silvana Meirelles, por sua vez, explicou que depois de realizadas as 27 pré-conferências estaduais (dividas em linguagens e regionais), “nós da Secult-PE e Fundarpe iremos sistematizar todas as propostas de modificação, inclusão e supressão que foram feitas, e este novo documento se tornará a Segunda Minuta do Plano Estadual de Cultura, que será submetida à discussão na Plenária Final, em março, no Recife, constituída apenas pelos delegados eleitos nas pré-conferências”.

Rodrigo Ramos/Secult-PE

Rodrigo Ramos/Secult-PE

Silvana Meirelles explicou aos presentes detalhes do regimento interno da IV CECPE, bem como será o processo durante a Plenária Final, marcada para março, no Recife

Como tem acontecido em todas as Pré-Conferências da IV CECPE, antes dos trabalhos iniciarem foi feita a leitura da carta de repúdio ao projeto Nº 1774/2017, de autoria do deputado estadual Ricardo Costa, que dispõe sobre a “proibição de exposições artísticas ou culturais com teor pornográfico em espaços públicos, no âmbito do Estado de Pernambuco”. Aprovado pela maioria do plenário, o documento passou a contar também com a assinatura da Pré-Conferência Regional do Sertão do Araripe.

Rodrigo Ramos/Secult-PE

Rodrigo Ramos/Secult-PE

No momento do credenciamento, os participantes escolhem qual Grupo de Trabalho vão participar

Na sequência, Silva Meirelles explicou aos credenciados como funciona o regimento interno da IV Conferência Estadual de Cultura, para depois encaminhar cada um aos Grupos de Trabalho que escolheram ao fazer o credenciamento. Como previsto no regimento, o GT1 tratou dos eixos 1 – patrimônio cultural e memória e territórios, territorialidades e 8- políticas afirmativas; O GT2 discutiu os pontos sobre os eixo 3 – desenvolvimento simbólico da cultura e eixo 4 – economia da cultura; O GT3, por sua vez, debateu os eixo 5 – pesquisa e formação artística cultural  e eixo 6 – cultura e educação; Já o GT4 imergiu no eixo 7 – cultura e comunicação e eixo 2 – gestão, infraestrutura e participação social.

Rodrigo Ramos/Secult-PE

Rodrigo Ramos/Secult-PE

Durantes os GTs, os participantes credenciados podem fazer modificações, inclusões e supressões nas propostas que fazem parte da Primeira Minuta do Plano Estadual de Cutura

Depois das discussões, na hora de eleger os delegados que irão representar a região na Plenária Final do IV CECPE, os credenciados que se inscreveram como candidatos, tanto como Sociedade Civil e Poder Público, se reuniram para propor em cada caso uma chapa única, que representasse todos os municípios que estavam presentes na pré-conferência. No caso da proposta da Sociedade Civil, ela foi aprovada pela maioria dos credenciados presentes com apenas um voto contra. Já no caso do Poder Público, a aprovação foi por unanimidade.

Delegados eleitos na Pré-Conferência do Sertão do Araripe:

Rodrigo Ramos/Secult-PE

Sociedade Civil

(Titulares)
Jadson Antiogenes de Alencar Souza (Exú)
José Hédio Luís (Granito)
Leonardo Pereira Bezerra de Vasconcelos (Exú)
Lunna Talitha Amorim Carvalho (Araripina)
Maria Luísa Silva de Siqueira (Bodocó)
Nelson Pereira de Sá Júnior (Ouricuri)
Ana Clébia Ferraz Pereira (Araripina)
Elisangela Alves da Silva (Bodocó)

(Suplentes)
Davi Gualberto da Silva (Araripina)
Cícero Eduardo Alves Lopes (Exú)
José André Batista da Silva (Araripina)
José Maiadson Vieira Santos (Exú)
Paulo Marcílio Souza (Araripina)
Herbert Adriano Siqueira Rodrigues (Bodocó)
Ana Vartan Ribeiro de Alencar Ulisses (Exú)
Tony Aldair Pereira da Silva (Araripina)

Rodrigo Ramos/Secult-PE

Poder Público

(Titulares)
Cezar Milton de Assis (Ouricuri)
Geonaldes Elhemberg de Souza Gomes (Araripina)
Rodrigo Moreira Bezerra (Exú)

(Suplentes)
Antônio José Barros Celestino (Santa Cruz)
Rodrigo Evangelista dos Santos Amorim (Trindade)
Maria Cibele Araújo Rodrigues (Bodocó)

< voltar para home