Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Conferência Estadual

Segmento de Cultura Popular reúne-se no Cecon para debater o Plano Estadual de Cultura

Rodrigo Ramos/Cultura.PE

Rodrigo Ramos/Cultura.PE

Encontro reuniu artistas, grupos, produtores culturais e gestores de vários segmentos e regiões do Estado

O segmento de Cultura Popular de Pernambuco reuniu-se neste domingo (10), no Centro de Convenções de Olinda (Cecon), para debater e ampliar as discussões dos oitos eixos da Minuta do Plano Estadual de Cultura, cuja versão final será votada na Plenária Final da IV Conferência Estadual de Cultura (IV CEC-PE), que acontecerá em março no Cecon, e norteará as políticas culturais do Estado nos próximos dez anos.

Rodrigo Ramos/Cultura.PE

Rodrigo Ramos/Cultura.PE

O secretário Marcelino Granja durante a abertura da Pré-Conferência Setorial de Cultura Popular

O encontro, que contou com a participação de 81 participantes, serviu para eleger também os 8 delegados e 6 suplentes para Plenária Final da IV CEC-PE, bem como os seis membros/suplentes da Comissão Setorial de Cultura Popular, que terão seus mandatos garantidos por dois anos (vê a lista completa abaixo). Para o secretário estadual de Cultura, Marcelino Granja, a presença de diversos segmentos da cultura popular na pré-conferência setorial mostrou “a força e o papel do setor na mobilização política do Estado”. “A Cultura Popular é muito mais do que um segmento, ela é um movimento político do povo, que gera não só o sentido de pertencimento às pessoas, como revela também um traço fundamental da identidade delas. Nesse sentido, é muito importante para nós, enquanto gestores públicos, manter esse diálogo constate com os agentes culturais da área, a fim de entender suas especificidades, demandas e, mais do que isso, construir um Plano Estadual de Cultura em que eles se reconheçam”, disse Granja na abertura do evento.

Já a secretária-executiva, Silvana Meireles, destacou que as pré-conferências regionais e setoriais de cultura, que vão circular por todas as 12 Regiões de Desenvolvimento do Estado até fevereiro de 2018, “são encontros preparatórios importantíssimos para ouvir o que a sociedade civil tem para dizer sobre as políticas culturais de Pernambuco e que servirão para referendar os objetivos e ações estratégicas do Plano Estadual de Cultura, um instrumento participativo, democrático e inclusivo”.

Rodrigo Ramos/Cultura.PE

Rodrigo Ramos/Cultura.PE

A secretária-executiva estadual de Cultura, Silvana Meireles, lendo a carta de repúdio ao projeto de lei que destina-se à censura das artes em Pernambuco

Além disso, a secretária apresentou, em plenária, aos integrantes da setorial de Cultura Popular a Carta aberta de repúdio ao projeto de lei do deputado Ricardo Costa, que dispõe sobre a “proibição de exposições artísticas ou culturais com teor pornográfico em espaços públicos, no âmbito do Estado de Pernambuco”, e consultou-os se eles queriam também subscrevê-la, assim como tem acontecido em outros encontros das Pré-Conferências Regionais e Setoriais de Cultura. Por unanimidade de votos, os participantes decidiram assinar o documento que se opõe “à censura explícita às artes que esse projeto de lei” se destina.

Rodrigo Ramos/Cultura.PE

Rodrigo Ramos/Cultura.PE

GT’s discutiram ao longo do dia os oito eixos do Plano Estadual de Cultura

Ao longo do dia, os participantes, divididos em quatro grupos de trabalhos (GT’s), puderam debater os oitos eixos que estão presentes na Minuta do Plano Estadual de Cultura. No primeiro, mediado por Jacira França (Fundarpe), foram discutidos os tópicos: 1) Patrimônio Cultural e Memória e Territórios; e 2) Territorialidade e Políticas Afirmativas. No segundo, que contou com a mediação de Zezo Oliveira (Secult-PE): 3) Desenvolvimento Simbólico da Cultura e 4) Economia da Cultura. No terceiro, mediado por  Jocimar Gonçalves (Conselho Estadual de Política Cultural), foram debatidos os eixos: 5) Pesquisa e Formação Artístico-Cultural e 6) Cultura e Educação. No quarto GT, mediado por Breno Nascimento, os itens: 7) Cultura e Comunicação e 8) Gestão, Infraestrutura e Participação.

Rodrigo Ramos/Cultura.PE

Rodrigo Ramos/Cultura.PE

A coordenadora de Cultura Popular da Secult-PE/Fundarpe, Teca Carlos, destacou a força do segmento nas discussões de políticas públicas culturais do Estado

Para a coordenadora de Cultura Popular da Secult-PE/Fundarpe, Teca Carlos, a setorial “foi bastante representativa, tendo em vista a participação de várias manifestações culturais pernambucanas, como os do maracatus de baque solto e baque virados, afoxés, cocos, quadrilhas, bois, e entidades, como o Movimento Negro Unificado e o Coletivo dos Índios Xucurus de Pesqueira”. “Isso mostra a resistência, persistência e a luta dos militantes da cultura popular, cuja raiz está fincada no terreiro, digo terreiro enquanto espaço simbólico de transmissão de saberes e fazeres da memória coletiva”, disse.

Rodrigo Ramos/Cultura.PE

Rodrigo Ramos/Cultura.PE

Plenária para eleição dos delegados, suplentes e membros da Comissão Setorial

No final das discussões dos GT’s, houve a eleição dos seis membros da Comissão Setorial do segmento, dos oito delegados e seis suplentes, que vão participar da Plenária Final da IV Conferência Estadual de Cultura, agendada para março de 2018, no Centro de Convenções. Confira a lista:

Rodrigo Ramos/Cultura.PE

Rodrigo Ramos/Cultura.PE

Delegados e suplentes eleitos para a Plenária Final da IV Conferência Estadual de Cultura de Pernambuco

DELEGADOS
1- MAURO SÉRGIO PEREIRA DA SILVA (CAMARAGIBE)
2- RITA DE CÁSSIA DOS SANTOS (PESQUEIRA)
3- PAULO SÉRGIO RENE DA SILVA (OLINDA)
4- PAULO MARQUES FERREIRA (PAULISTA)
5- ANDERSON KLEYTON DE ANDRADE (RECIFE)
6- EURICO JOSUANO VIEIRA DE SOUZA (RECIFE)
7- MARCOS PEREIRA DE LIRA (RECIFE)
8- SÔNIA MARIA DE OLIVEIRA PINTO (RECIFE)

SUPLENTES
1- HELENA GABRIELA SAMPAIO VIANA (RECIFE)
2- CRISTINA ALVES DA SILVA (OLINDA)
3- ARIADNNE CASTRO DE MELO (PESQUEIRA)
4- ANTÔNIO ROBERTO NOGUEIRA BARROS (RECIFE)
5- SEBASTIANA MARIA DOS PRAZERES (RECIFE)
6- ADEMIR DE SOUZA (PESQUEIRA)

Rodrigo Ramos/Cultura.PE

Rodrigo Ramos/Cultura.PE

Os eleitos para Comissão Setorial de Cultura Popular

COMISSÃO SETORIAL
1- EDUARDO MANOEL DA SILVA (RECIFE)
2- SÔNIA MARIA DE OLIVEIRA PINTO (RECIFE)
3- MAURO SÉRGIO PEREIRA DA SILVA (RECIFE)
4- JOSELITO COUTINHO COSTA (RECIFE)
5- CLEYTON JOSÉ DOS SANTOS (RECIFE)
6- ROBERTO CARLOS GOMES DE SOUSA (RECIFE)

SUPLENTES DA COMISSÃO SETORIAL
1- HELENA GABRIELA SAMPAIO VIANA (RECIFE)
2- ARIADNNE CASTRO DE MELO (PESQUEIRA)
3- CRISTINA ALVES DA SILVA (OLINDA)
4- LUNAS DE CARVALHO COSTA (BEZERROS)
5- ANTÔNIO ROBERTO NOGUEIRA BARROS (RECIFE)

Para saber mais sobre os encontros que vão acontecer em todo o Estado, acesse: www.cultura.pe.gov.br/canal/cecpe.

< voltar para home