Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Conferência Estadual

Segmento de Gastronomia debate a Minuta do Plano Estadual de Cultura

Jan Ribeiro/Cultura.PE

Jan Ribeiro/Cultura.PE

O segmento reuniu-se no auditório do Centro de Ciências Sociais Aplicadas da UFPE

O Governo do Estado, por meio da Secult-PE/Fundarpe, realizou nesta segunda-feira (4), no Auditório do Centro de Ciências Sociais Aplicadas da UFPE, mais uma das Pré-Conferências Regionais e Setoriais de Cultura de Pernambuco, que vão circular por todas as 12 Regiões de Desenvolvimento do Estado até fevereiro de 2018. Dessa vez, o segmento de Gastronomia teve a oportunidade de conhecer e debater os oitos eixos que estão presentes na Minuta do Plano Estadual de Cultura (PEC), cuja versão final norteará as políticas culturais de Pernambuco nos próximos dez anos.

Com a participação de 42 pessoas, o evento foi marcado também pela eleição dos seis membros da Comissão Setorial do segmento, dos quatro delegados e quatro suplentes (vê lista abaixo) para a Plenária Final da IV Conferência Estadual de Cultura (IV CEC-PE), que acontecerá em março no Centro de Convenções. Para a presidente da Fundarpe, Márcia Souto, o engajamento e ampla participação dos agentes culturais de cada área permitem a construção de um PEC amplo, democrático e inclusivo. “A realização das pré-conferências setoriais agrega ao Plano Estadual de Cultura especificidades e demandas que são próprias de cada linguagem. Isto é, com essa discussão ampliada dos oitos eixos da minuta, queremos ouvir e contemplar nesse documento os anseios e as propostas geradas a partir do olhar de quem vivencia as práticas culturais no seu dia a dia”, disse a gestora na abertura.

Jan Ribeiro/Cultura.PE

Jan Ribeiro/Cultura.PE

A presidente da Fundarpe, Márcia Souto, na abertura da pré-conferência setorial de Gastronomia

A presidente aproveitou a ocasião também para apresentar aos integrantes da setorial de Gastronomia a Carta aberta de repúdio ao projeto de lei do deputado Ricardo Costa, que dispõe sobre a “proibição de exposições artísticas ou culturais com teor pornográfico em espaços públicos, no âmbito do Estado de Pernambuco”. Em plenária e por unanimidade dos votos, os participantes decidiram subscrever o documento que se opõe “à censura explícita às artes que esse projeto de lei” se destina.

Já a secretária-executiva estadual de Cultura, Silvana Meireles, frisou que o Plano Estadual de Cultura “é um documento em construção e que tanto as pré-conferênciais regionais quanto as setoriais são uma excelente oportunidade dos participantes complementarem, atualizarem e debaterem o que está posto nas ações e objetivos estratégicos do PEC”.

Jan Ribeiro/Cultura.PE

Jan Ribeiro/Cultura.PE

A secretária-executiva estadual de Cultura, Silvana Meireles, destacou a participação da sociedade civil na construção do Plano Estadual de Cultura

Durante todo o dia, os integrantes da setorial discutiram, em seus GTs, as propostas do PEC e puderam também sugerir alterações nas ações e objetivos estratégicos presentes na Minuta do Plano. Os grupos de trabalhos ficaram divididos assim: 1) Patrimônio Cultural e Memória e Territórios; Territorialidade e Políticas AfirmativasCultura e Comunicação, e Gestão, Infraestrutura e Participação, mediado por Breno Nascimento e Jorge Clésio (Secult-PE); 2) Desenvolvimento Simbólico da Cultura; Economia da CulturaPesquisa e Formação Artístico-Cultural e Cultura e Educação, mediado por André Brasileiro (Fundarpe) e Jocimar Gonçalves (Conselho Estadual de Política Cultural). Para a assessora de Gastronomia da Secult-PE/Fundarpe, Ana Cláudia Frazão, o encontro serviu para “expressar o segmento enquanto linguagem artística e também fortalecer o protagonismo da cadeia gastronômica de Pernambuco, que é rica e diversa, na discussão de políticas culturais”.

Jan Ribeiro/Cultura.PE

Jan Ribeiro/Cultura.PE

Os GT’s debateram os oito eixos presentes na Minuta do Plano Estadual de Cultura

Após o encerramento dos GTs, houve uma plenária que elegeu os delegados da setorial de Gastronomia. Conforme metodologia definida pela Comissão Organizadora da IV CEC-PE, foram eleitos seis membros da Comissão Setorial do segmento, quatro delegados e quatro suplentes:

Jan Ribeiro/Cultura.PE

Jan Ribeiro/Cultura.PE

Os delegados e suplentes eleitos para a Plenária Final da IV Conferência Estadual de Cultura

DELEGADOS
1- BENOIT PASCAL DOMINIQUE PAQUEREAU (JABOATÃO DOS GUARARAPES)
2- NEIDE KAZUE SAKUGAWA SHINOHARA (RECIFE)
3- MARIA BÁRBARA DE OLIVEIRA SILVA (TACARATU)
4- CLAUDEMIR BARROS DE OLIVEIRA (RECIFE)

SUPLENTES
1- NATHÁLIA MESQUITA SOARES DE ARAÚJO (GLÓRIA DO GOITÁ)
2- ANDRÉA NÍVEA DE ASSIS HUNKA (OLINDA)
3- JULIANA SILVA (RECIFE)
4- MÔNICA LARANJEIRA JÁCOME (RECIFE)

Jan Ribeiro/Cultura.PE

Jan Ribeiro/Cultura.PE

Os membros eleitos para Comissão Setorial de Gastronomia

COMISSÃO SETORIAL
1- RODRIGO ROSSETTI VELOSO (RECIFE)
2- NATHÁLIA MESQUITA SOARES DE ARAÚJO (GLÓRIA DO GOITÁ)
3- BENOIT PASCAL DOMINIQUE PAQUEREAU (JABOATÃO DOS GUARARAPES)
4- CARLA FALCÃO FRANÇA (RECIFE)
5-ANDRÉA NÍVEA DE ASSIS HUNKA (OLINDA)
6- MARIA BÁRBARA DE OLIVEIRA SILVA (TACARATU)

SUPLENTES DA COMISSÃO SETORIAL
1- MANOELLY SOLEDADE VERA CRUZ DA SILVA (PAULISTA)
2- TWILLA DE MELO E SILVA BARBOSA (RECIFE)
3- JULIANA SILVA (RECIFE)
4- MARIA DE LOURDES GUIMARÃES CAMPELO (RECIFE)
5- ERON FERREIRA CAMPOS DA SILVA (JABOATÃO DOS GUARARAPES)
6- ANA ELIZABETH BEZERRA LUBAMBO MAIA (ILHA DE ITAMARACÁ)

Para saber mais sobre os encontros que vão acontecer em todo o Estado, acesse: www.cultura.pe.gov.br/canal/cecpe.

< voltar para home