Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Conselho de Preservação

Moção de pesar pelo falecimento do artesão e ceramista Zezinho de Tracunhaém

O Conselho Estadual de Preservação do Patrimônio Cultural de Pernambuco (CEPPC), entidade vinculada à Secretaria Estadual de Cultura, vem manifestar o seu profundo pesar e condolências, pelo falecimento, ocorrido no dia 4 do mês corrente, do eminente pernambucano, José Joaquim da Silva, o Mestre Zezinho de , como a totalidade dos mestres populares, possui uma história de superação das adversidades por meio da Cultura.

Referência no artesanato em Tracunhaém e amplamente conhecido pelas obras sacras que produziu especialmente pelas imagens sanfranciscanas, seu trabalho está distribuído por todo o mundo: desde museus, igrejas e coleções particulares, até inúmeros salões de arte. Patrimônio Vivo do Estado de Pernambuco desde 2007, sempre cumpriu seu dever de Mestre efetivando a transmissão do seu “saber-fazer”, sua arte, para as gerações que o sucederam.

Dessa forma, este Conselho expressa seus pêsames e condolências a todos que formam a família e o grupo de amigos de Zezinho de Tracunhaém, na mesma medida que agradece ao Mestre todos os anos de vida dedicados à preservação da nossa Cultura e tradição.

Recife, Casa de Oliveira Lima, 05 de setembro de 2019.

Aramis Macêdo Leite Jr.
Presidente do Conselho Estadual de Preservação do Patrimônio Cultural de Pernambuco

< voltar para home