Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Cultura popular e artesanato

15ª FENEARTE começa hoje e homenageia mamulengos

A Arte da Alegria é o tema desta edição que tem início antecipado nesta quarta-feira (02/07) e segue até o sábado (12/07)

Foto: Priscilla Buhr 

Espetáculos espontâneos e populares capazes de divertir e educar, os mamulengos serão o tema da XV Feira Nacional de Negócios do Artesanato (Fenearte). Nesta edição, por conta da Copa do Mundo, o maior evento do segmento na América Latina tem início na quarta-feira (02/07) e segue até o sábado (12/07), no Centro de Convenções de Pernambuco.Com investimento de aproximadamente R$ 5 milhões e expectativa de movimentação financeira superior a R$ 40 milhões, a Fenearte espera atrair um público de mais de 320 mil pessoas durante os seus 11 dias de realização. Cinco mil expositores, entre artesãos de Pernambuco, do Brasil e de 40 países se unem para apresentara diversidade de seus estilos e tradiçõesem 800 espaços, numa área total de 29 mil m².

Em seguida, todos os detalhes da XV Fenearte:

ESPAÇO MAMULENGOS – Uma das novidades deste ano é a exposiçãoMamulengos- Um povo em forma de bonecos- com curadoria e cenografia do pesquisador e ator Fernando Augusto Gonçalves, do MamulengoSó-Riso. A mostra vai contar a história dos mamulengos, desde sua origem até o processo de reconhecimento como Patrimônio Cultural do Brasil. Instalada numa área de 150 m² no mezanino,terá entre os destaques:cenas clássicas do teatro, além debonecos que personificam os principais personagens desta manifestação artística.Produções de grandes mestres mamulengueiros também terão presença garantida e o espaço ainda contará com uma demonstração da Mestra Elda, de Ibimirim-PE,  no processo de confecção destes  bonecos.

EXPOSIÇÃO ALTO DO MOURA NA COPA – Outra novidadedeste ano será uma mostra intitulada “O Alto do Moura na Copa”, localizada no piso superior do pavilhão, que reúne peças de barro confeccionadas por 180 artesãos da comunidade, em Caruaru, todas alusivas ao Mundial. Em comum, as criações unem o verde e o amarelo com um toque de talento e regionalismo.Cada artesão participa com uma peçaselecionada pela Associação dos Artesãos do Alto do Moura. Na exposição, que já foi conferida pelos caruaruenses no último mês, as peças não serão comercializadas.

ESPAÇO SEMPRE VERDEHIDROPONIA – Na área externa do Centro de Convenções, na entrada principal e ao lado do Programa Chapéu de Palha, funcionará um espaço diferenciado com destaque para cultura hidropônica, valorizado por umahorta vertical. No local, comandado pelo empresário e idealizador do projeto, José Maria Sultanum, técnicos irão explicar a todos os visitantes como funciona o sistema de hidroponia e detalhar seus benefícios. Também serão comercializados legumes e folhagens para que as pessoas possam cultivá-los em suas próprias casas, assim como, serão oferecidas saladas prontas,uma ótima opção para refeição leve e saudável.

LANÇAMENTO DE LIVRO: Que boneca é essa? Corte e recorte de mestras Brasileiras.

A escritoraMacaoGoése a fotógrafa Graça Seligman – farãono dia 07, às 16h, no espaço da Rodada de Negócios do Sebrae, o lançamento do livro “Que boneca é essa? Corte e recorte de mestras Brasileiras”. Na oportunidade, falarão sobre sua extensa pesquisa na arte de fazer bonecas e a relação das mulheres que ganham a vida criando esses brinquedos em todos os cantos do Brasil.

TOP 100 Sebrae – Ainda na parte de fora,próximo às bilheterias, a Fenearte receberá novamente o Top 100 Sebrae. O espaço de 216 m² contemplará os cem ganhadores nacionais da terceira edição do Prêmio Sebrae TOP 100 de Artesanato, realizado pelo Sebrae Nacional.

ALAMEDA DOS MESTRES JANETE COSTA – A Alameda dos Mestres Janete Costa contará com a participação de 50 artistas populares detodas as regiões do Estado. O espaço, que valoriza e reverencia os nossos criadores, fica na entrada principal da feira no tradicional tapete vermelho. E contará comtrabalhos em madeira, barro, fios, palha, reciclados, entre outras matérias-primas.

TRAÇADO E CENOGRAFIA – Com assinatura de Carlos Augusto Lira Arquitetos, a planta da Feira mantém a lógica do labirinto com passagens que permitem a livre circulação dos visitantes, facilitando a saída de quem estiver no pavilhão por todos os portões. Vale destacar que aqueles que precisarem retornar ao evento, seja para deixar mercadorias no carro ou por outro motivo, só poderão fazê-lo pelos portões B e F, exclusivamente. A cenografia será valorizada por 150 pipas de chita no hall de entrada, além de um mamulengo gigante que dará as boas vindas aos visitantes.

SINALIZAÇÃO –No balcão de informações, o visitante poderá contar com mapas e a programação artística e cultural da Fenearte. Além disso, um grande mapa estará exposto na entrada da Feira. A sinalização, como sempre, será reforçada por carpetes coloridos e banners suspensos que farão a decoração e identificação das 30 ruas. Dois telões localizados no mezanino e na praça de alimentação, além de TV’s, irão transmitir os jogos da Copa do Mundo.

SETORIZAÇÃO E COMPOSIÇÃO - A Feira tradicionalmente está organizada por setores com a seguinte composição:

Na área externa:

  • Programa Chapéu de Palha;
  • Espaço Sempre VerdeHidroponia;
  • Top 100 Sebrae.

Na área interna:

  • Alameda dos Mestres Janete Costa;
  • Escolinha de Arte do Recife;
  • Salãode Arte Popular Ana Holanda;
  • Prefeituras de Pernambuco;
  • Associações;
  • Espaço Indígena;
  • Patrocinadores;
  • Artesãos Individuais de Pernambuco;
  • Programa do Artesanato Brasileiro (PAB);
  • Sebraes;
  • Países;
  • Praças de Descanso;
  • Praça de Alimentação e Eventos Marinês e Sua Gente;
  • Fenearte Solidária;
  • Alimentação Artesanal.

Estes últimos, para uma maior inclusão e conforto aos visitantes, estarão distribuídos ao longo da Feira.

No mezanino, estarão dispostas as seguintes atrações e equipamentos:

  • EspaçoMamulengo;
  • Exposição Alto do Moura na Copa;
  • Passarela Fenearte;
  • Galeria de Reciclados;
  • Rodada de Negócios do Sebrae;
  • Oficinas;
  • Teatro Infantil;
  • Alameda de Serviços;
  • Rádio Fenearte
  • Bar e Restaurante do Neno;
  • Sala de Imprensa.
    PRAÇAS – 
    Personagens do universo brincante dos mamulengos servirão de tema para as oito praças de descanso distribuídas por toda Fenearte. Os projetos serão assinados por alunos de cursos de Arquitetura e Design de Interiores de Pernambuco, além de profissionais do segmento. Simão será o tema da primeira praça projetada pelos alunos da Faculdade Boa Viagem (FBV). Na praça 2, os arquitetos Diana Peixoto e Thiago Carvalho irão se inspirar no personagem Quitéria. Os folguedos serão o tema da terceira praça assinada pelas arquitetasDiómari Diniz e Márcia Chamixaes. O Universo dos animais do mamulengo vai ilustrar a quarta praça com autoria de Liliane Arcoverde e BeatrizChimelli. O cabo 70 e os militares serão o tema da praça 5 desenvolvida pelos alunos da faculdade ESUDA. A praça 6 será criada pelos alunos da Uninassaue inspirada em Chica Fubá e Pisa Milho. Na sétima praça, os cangaceiros serão o mote desenvolvido pelos alunos da Unicap.  Na praça 8, alunos da UFPE terão como tema os personagens fantásticos: papa figo e almas.

    OFICINAS GRATUITAS – A arte de confeccionar mamulengos vai inspirar as oficinas nesta edição da Feira. Os bonequeiros Pedro Cardoso e Edineléia Gomes vão repassar técnicas para criação de bonecos. Também serão oferecidas oficinas de modelagem e pintura em cerâmica, dadas por Viviane da Fonte, além de brinquedos populares,por Moacir Rodrigues. A marca de aviamentos Pinguim ministrará aulas com linhas e bordados. Todas as oficinas são gratuitas e acontecem no mezanino.

PASSARELA FENEARTE – O universo do teatro de bonecos populartambém vai nortear as criações que serão apresentadas no badalado espaço de moda doevento. Osvisitantes terão a oportunidade de assistir 12desfiles, assinados pela designerpernambucana Karina Leão, projetos liderados pelas Secretarias Estaduais da Mulher e de Cultura, além de estudantes de cursos de moda e estilismo das seguintes instituições: Faculdades Integradas Barros Melo (Aeso), Universidade Federal de Pernambuco do Centro Acadêmico do Agreste (UFPE), Faculdade Boa Viagem (FBV), Uninassau, Faculdade de Desenvolvimento e Integração Regional (Fadire), Faculdade SENAC,SENAI Caruaru e a Faculdade Vale do Ipojuca (Unifavip).

 

PROGRAMAÇÃO PASSARELA FENEARTE

Horário Quinta-feira (03/07) Domingo (06/07) Segunda-feira (07/07) Quinta-feira (10/07) Sexta-feira (11/07) Sábado (12/07)
18h FaculdadeSenac Faculdade Boa Viagem (FBV) Unifavip Uninassau Fadire Secretaria da Mulher
19h Secretaria da Mulher AesoOlinda Senai Caruaru Tenerife UFPE Karina Leão

 

RODADA DE NEGÓCIOS – A Rodada de Negócios, organizada pelo Sebrae, será realizada de 2 a 4 de julho. No local, serão expostos, divulgados e comercializados produtos de artesãos pernambucanos, resultado do trabalho anual de microempreendedores e microempresas atendidos pelo projeto Sebrae de Artesanato. Os encontros terão a participação de 26 empresas âncoras dos estados de São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, Natal, Rio de Janeiro, Salvador e Recife. A estimativa é que sejam realizados R$ 5 milhões em negócios – número superior aos R$ 4,68 milhões registrados na edição 2013.

 

GALERIA DOS RECICLADOS - Também no Mezanino estará localizada a oitava Galeria dos Reciclados com curadoria do designer Ticiano Arraes. Este ano, a cenografia do espaço será inspirada no teatro de mamulengos que servirá de moldura para a exposição das 50 obras. Todas foram selecionadas por uma comissão julgadora, composta por colecionadores, estudiosos, pesquisadores da área ambiental e designers, que premiou os melhores trabalhosdivididos em três categorias: Arte Reciclada: DaMatta com a obra Sem Educação o Fera Vira Besta e o Planeta é um Tubo processador de excrementos, Artesanato Reciclado: Jorge das Maquetes com a obra Bi Plano e Design Reciclado: Semira Casé com a obra Capa Proteção . O primeiro lugar de cada uma delas receberá R$ 5 mil. Como nos anos anteriores, durante aFeira, o público também poderá votar no trabalho de sua preferência. A peça mais votada receberá R$ 2 mil.

 

SALÃO DE ARTE POPULAR ANA HOLANDA – O Salão de Arte Popular Ana Holanda, com curadoria de Carlos Augusto Lira, vai expor 50 peças selecionadas de artesãos de todo o País.  Uma comissão julgadora, formada por colecionadores, estudiosos, professores da UFPE e pesquisadores da Arte Popular, premiou os melhores trabalhos.  Os premiados foram: 1º- Roda Gigante de Mestre José Abias, 2º- O pé de mamulengo, do MestreMiro e 3º- Os brequebroque, de Mestre Wagner Porto. Eles receberam os respectivosprêmios aquisitivos: R$ 6 mil,  R$ 5 mil e R$ 4 mil. Na Fenearte, os visitantes também poderão votar na sua peça preferida, através de urna eletrônica instalada no local, com premiação de R$ 2 mil para o vencedor.

ATIVIDADES INFANTIS - AFenearteoferece diversas opções de atividades recreativas para a criançada, como da Escolinha de Arte do Recife, no piso inferior e apresentações teatrais, no mezanino.

BRIGADA FENEARTE - Estudantes do curso de Design de Interiores da FBV auxiliarão os artesãos e expositores a melhor forma de expor seus produtos, dentro do Projeto BrigadaFenearte. Durante a montagem da feira, o grupo percorrerá todo o pavilhão para oferecer assistência aos que solicitarem.

ESTADOS E PAÍSES – Um dos setores mais concorridos da Feira reunirá expositores de 40 países nesta edição. Entre os inéditos, Armênia, Chipre, Maldivas e Serra Leoa. Todos os estados brasileiros, ora vindos pelo Programa de Artesanato Brasileiro (PAB), ora pelos governos estaduais, ora pelo Sebrae, além dos expositores individuais, marcarão presença na XVFenearte.

ESPACO INDÍGENA – A fim de valorizar a cultura indígena, a Fenearteconta com uma área destinada às representações das seguintes etnias, selecionadas pela Fundação Nacional do Índio (Funai): Fulni-ô, Kambiwá, Kapinawá, Pankararu, Pataxó, Potiguara e  Xucuru.

ALIMENTAÇÃO – Com mais de 2 mil m² e instalada na área externa do Centro de Convenções, a Praça de Alimentação com acesso pelo pavilhão, contará com 10 restaurantes, 150 mesas e 600 lugares. No local, o palco Mestre Salustiano receberá amelhor da programação artística e cultural. Ao longo da Feira, estarão dispostos estandes de alimentação artesanal e quiosques de alimentação rápida como carrinhos de pipoca, algodão doce e sorvete, localizados nas praças de descanso. Um espaço com refeições leves e um Café funcionarão no piso inferior junto à escada. Já no mezanino, o público também terá a opção do Bar e Restaurante do Neno. Além disso, haverá espaço de hidroponia com comercialização de saladas na área externa próximo à entrada da Feira.

MEIO AMBIENTE –O conceito do Lixo Zero, consolidado desde 2007, será novamente implantado.  A ideia é que 100% de todo o material reciclável produzido pela Feira seja coletado, separado e doado à Cooperativa de Catadores Profissionais do Recife (Pró-Recife), responsável pela destinação adequada dos materiais, comercializando-os para indústrias recicladoras. Além disso, todo óleo de cozinha utilizado na Praça de Alimentação terá destinação correta. O já tradicional espaço do Programa Chapéu de Palha também se farápresente com a distribuição gratuita de mudas de espécies da Mata Atlântica aos visitantes.

ACESSIBILIDADE -  A Fenearte, mais uma vez, viabilizará acessibilidade através de rampas e corredores largos, além de disponibilizar cadeiras de roda. Serão realizadas visitas guiadas com áudio-descrição e com intérpretes de libras para grupos de 30 pessoas. Terão duração de 3h por dia. Confira os dias e horários:Dia 03(14h às 17h); Dia 05 (10h às 13h);Dia 06 (10h às 13h);Dia07  (14h às 17h).

CATÁLOGO – Assim como as últimas edições, o público poderá adquirir por R$ 5, nos balcões de informações, o catálogo de expositores com os contatos de todos os participantes da XV Fenearte. A publicação traz também um breve perfil dos 50 mestres-artesãos pernambucanos que compõem a Alameda dos Mestres Janete Costa.

RÁDIO FENEARTE – Sucessos da música regional, entrevistas e informações sobre a programação cultural serão os destaques da Rádio Fenearte, que promete deixar o público e os mais de 5 mil expositores informados sobre tudo o que acontece na Feira durante os seus onze dias.

ESTACIONAMENTO E TRASLADO DE VANS – O acesso ao estacionamento do Centro de Convenções ocorrerá apenas pela Av. Agamenon Magalhães, enquanto a saída será feita pela Av. Professor Andrade Bezerra (continuação da Estrada de Belém). Estarão disponíveis 1.300 vagas e mais 500 na Fábrica Tacaruna. Outro ponto de apoio para chegar à Feira serão as vans gratuitas que saem do estacionamentodo Shopping Tacaruna até o Centro de Convenções. Para minimizar os engarrafamentos no entorno, a organização do evento sugere autilização do transporte público e de táxis credenciados. Visando a um maior conforto, mais uma vez, um quiosque para pagamento do estacionamento será instalado na saída da Praça de Alimentação, além dos pontos fixos nos portões A, C e H.

CURADORIA – Instituída em dezembro de 2008, através da Lei 13.965, a Curadoria Coletiva selecionou dentro dos mais rigorosos critérios de transparência e isenção os trabalhos dos artesãos individuais de Pernambuco que compõem a XV Fenearte. A composição da Curadoria tem as participações de representantes de órgãos do Governo Estadual, do Sebrae, da UFPE, dasociedade civil, e dos próprios artesãos, conforme prevê a Lei citada.

OBJETIVO - A Fenearte tem como objetivo valorizar e difundir os saberes tradicionais da nossa riqueza cultural, além de estimular o potencial de crescimento dos nossos artesãos e artesãs“O artesanato garante o sustento de muitas famílias pernambucanas, principalmente nos municípios do interior. Esta feira representa uma oportunidade para que esses artesãos e artesãs possam escoar seus produtos e ganhar reconhecimento, pois a Fenearte funciona como uma grande vitrine. Como governo, temos a responsabilidade de fomentar também esse tipo de negócio, que gera ocupação e renda para o nosso povo”, destaca o secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Márcio Stefanni Monteiro.

AÇÃO INTEGRADA - Dentro da estratégia estadual de Pernambuco de trabalhar de forma integrada para oferecer uma nova economia com oportunidades para todos os pernambucanos, a Fenearte é uma realização do Governo do Estado, através do Programa do Artesanato de Pernambuco, da Agência deDesenvolvimento de Pernambuco (AD Diper) / Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado (SDEC); da Empresa Pernambucana de Turismo (Empetur) / Secretaria Estadual de Turismo; da Fundação doPatrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) / Secretaria Estadual de Cultura e do Recife Convention&Visitors Bureau (RCVB). A Feira tem patrocínio das seguintes empresas: Itaipava, Sebrae, Bradesco, BNDES, Caixa, BNB, Coca-Cola, Ala, Banco do Brasil, Grupo Cornélio Brennand, Tang e Oi. Recebe apoio da Rede Globo Nordeste, Shopping Tacaruna, Copergás, Grande Recife, Centro Integrado de Pesquisa de Comunicação (CIPEC), Programa do Artesanato Brasileiro (PAB), Secretaria da Micro e Pequena Empresa, Abrasel, Vigilância Sanitária de Olinda e Agência de Fomentodo Estado dePernambuco (Agefepe).

SERVIÇO XV FENEARTE
Quando? De 02 (quarta-feira) a 12 de julho (sábado)
Onde? Centro de Convenções de Pernambuco, Olinda – PE
Que horas?
Das 14h às 22h: de segunda-feira a quinta-feira
Das 10h às 22h: de sexta-feiraa domingo
Quanto custa?
Valores dos Ingressos de segunda-feira a quinta-feira: R$ 10 (inteira) R$ 5
Valores dos ingressos de sexta-feira a domingo: R$ 12 (inteira) R$ 6
Observação: Meia-entrada para estudantes, crianças até 12 anos, professores e pessoas com mais de 60 anos
Traslado: Serviço de vans gratuitas a cada 15 min no Shopping Tacaruna até o Centro de Convenções. Dias da semana (das 14h às 22h30). Sexta a domingos (das 10h às 22h30).

Informações: ASCOM

< voltar para home