Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Cultura popular e artesanato

Afoxé Omô Nilé Ogunjá convida para o Feijão de Ogum 2017

Evento gratuito no Recife terá apresentações culturais, serviços à comunidade e roda de diálogo nos dias 2 e 3 de junho

Em sua quinta edição, acontece nos dias 2 e 3 de junho uma grande celebração da cultura popular e tradicional, o Feijão do Ogum 2017. Realizado pelo Afoxé Omô Nilé Ogunjá, o evento agrega no território do Ibura (Recife) diversas expressões da arte e da religiosidade de matriz africana.

Foto: Gláucia Bruce

Gláucia Bruce

O tema deste ano é “Resistir é ir para o Ibura. Resistir é ir!”

Ampliando suas atividades, este ano serão ofertados serviços de atendimento à comunidade, como mamografia, exame de glicose e emissão de documentos em parceria com a Secretaria de Direitos Humanos da Prefeitura do Recife e a Estação Governo Presente Ibura|Jordão. Uma roda de diálogo com o  intitulada “O que alimenta a sua luta?” vai convidar o público à reflexão sobre as batalhas diárias pela sobrevivência, com a presença de Pai Ivo, Babalorixá da Nação Xambá. Já no sábado, subirão ao palco armado na Avenida Rio São Francisco, l50, UR-3 Ibura o Grupo Bongar, a Nação do Maracatu Porto Rico, o Mestre Zé Negão e Sua Laia, a Nação do Maracatu Leão da Campina e, claro, o afoxé anfitrião.

O Feijão de Ogum mantém e partilha com o público a tradicional feijoada. O alimento que, além de agradar o Orixá patrono do Omô Nilê, fortalece e mobiliza para a luta;

Sobre o Afoxé Omô Nilê Ogunjá

Com treze anos de atuação em Pernambuco, o Afoxé Omô Nilê Ogunjá traz entre seus princípios o entendimento de que a luta se realiza através da prática do afoxé como dança, música, canto, toque, indumentária e ação política. Tais ações são concretizadas por meio de seus cortejos, dos seus dois cd’s (“Berços dos Ancestrais” e “Odara”), dos seus dois documentários (“Ikomòjadé” e “Sou Eu”), dos ensaios que realiza regularmente, dos  shows e pela realização anual do Feijão de Ogum, celebrando o orixá. Em português, “filhos da casa de Ogunjá”, o Omô Nilê Ogunjá foi fundado em 4 de outubro de 2004, no Ile Axé Baba Olufã, na UR1, Ibura, em Recife. Acumula experiência a partir dos diversos eventos nacionais e internacionais dos quais vem participando, tendo em seu currículo momentos que merecem ser destacados. Em 2011, foi batizado por um dos mais tradicionais afoxés do país, o Filhos de Gandhy (é o único afoxé em Pernambuco afilhado desta agremiação baiana); em abril de 2014 compôs a programação do New Orleans Jazz & Heritage Festival na sua 45ª edição, realizando três shows e três cortejos, tocando no mesmo palco de artistas como Eric Clapton, Santana e Christina Aguilera; e em 2015 fez um show bastante elogiado na abertura da Noite do Samba no palco principal do 25º Festival de Inverno de Garanhuns.

Sobre a comunidade do Ibura
Cerca de 51 mil pessoas residem no Ibura, segundo dados da Prefeitura do Recife. Deste contingente, mais de 65% se consideram negras ou pardas (http://www2.recife.pe.gov.br/servico/ibura). Setenta terreiros de candomblé e umbanda estão assentados na comunidade, como mostra o site Mapeando o Axé.

SERVIÇO
O QUE: “FEIJÃO DE OGUM ANO V”
Dias 2 e 3 de junho
Serviços de atendimento à comunidade: dia 2|6 das 8h às 17h (mamografia, aferição de pressão, exame de glicose, segunda via de CPF, registro de nascimento, certidão de casamento e óbito)
Roda de Diálogo “O que alimenta sua luta?”: dia 2|6 às 19h
Shows: dia 3|6 a partir das l4h
Local: Em frente à antiga sede do Afoxé Omô Nilê Ogunjá – Avenida Rio São Francisco, 150, UR O3, Ibura. Ao subir a Ladeira do Ibura, seguir à direita até o final da rua.

Convidados
Roda de Diálogo: Babalorixá Pai Ivo da Xambá
Shows: Grupo Bongar, Nação do Maracatu Porto Rico, Mestre Zé Negão e Sua Laia, Nação do Maracatu Leão da Campina

< voltar para home