Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Cultura popular e artesanato

Aniversário do Mestre Baracho é celebrado com festa em Abreu e Lima

Mestre teria completado 110 anos no último 10 de maio, data em que se comemora o Dia Municipal da Ciranda

Divulgação

Divulgação

Uma das atrações da programação são As Filhas de Baracho, grupo formado por Dona Biu e Dulce Baracho, que seguem divulgando o trabalho do pai

Se estivesse vivo, Antonio Baracho da Silva, mais conhecido como Mestre Baracho, um dos ícones da cultura popular pernambucana, teria completado 110 anos na última quarta-feira (10). Com a preocupação de manter vivo este legado e de celebrar o Dia Municipal da Ciranda, a Prefeitura Municipal de Abreu e Lima realiza uma programação na cidade até o sábado (13), quando acontecerá na Praça São José um cortejo do Maracatu Piaba de Ouro e shows da Orquestra Criança Cidadã, Antonio Baracho, André Rios, Nena Queiroga, Maestro Spok e As Filhas de Baracho.

Mestre Baracho nasceu em Nazaré da Mata, Zona da Mata de Pernambuco, mas ainda criança mudou-se para Abreu e Lima, onde passou a maior parte da vida. Foi também mestre de maracatu de baque solto e um grande compositor de cirandas, como a famosa Lia de Itamaracá, cujos versos mais conhecidos são Essa ciranda quem me deu foi Lia / Que mora na ilha / de Itamaracá.

Divulgação

Também é atribuída ao mestre a autoria dos versos Ó cirandeiro / cirandeiro ó/ a pedra do seu anel/ brilha mais do que o sol/, que foram utilizados na música Cirandeiro, de Edu Lobo e Capinam, sem que Baracho fosse citado como autor. Ele faleceu em 1988, aos 81 anos.

Em 2005, o governo municipal de Abreu e Lima instituiu o Dia Municipal da Ciranda, comemorado no dia 10 de maio com manifestações culturais nas praças e palestras nas escolas e intitulando Abreu e Lima como a real cidade da ciranda no Brasil.

Uma das atrações de destaque na programação são As Filhas de Baracho, Dona Biu e Dulce Baracho, que continuam num trabalho incansável de preservação de divulgação dos trabalhos do pai e com reconhecimento pelo mundo afora. Além dos shows, está sendo gravado um documentário que contará a historia de Antonio Baracho, sem data de lançamento, numa parceria com o Governo do Estado de Pernambuco. A ideia é que o filme seja lançado no Cinema São Luiz.

Serviço
Comemoração do dia da Ciranda em Abreu e Lima – 110 anos de Antonio Baracho
Cortejo do Maracatu Piaba de Ouro, seguido de show de homenagem a Antonio Baracho com Orquestra Criança Cidadã, André Rios, Nena Queiroga, Maestro Spok e As Filhas de Baracho
Sábado (13) | 19h
Igreja de São José
Gratuito

< voltar para home