Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Cultura popular e artesanato

Cavalgada à Pedra do Reino celebra cultura popular no Sertão pernambucano

Festa em São José do Belmonte conta com apoio do Governo de Pernambuco

Costa Neto/Secult-PE/Fundarpe

Costa Neto/Secult-PE/Fundarpe

A programação segue até o próximo domingo (26), em vários espaços da cidade de São José Belmonte

Uma das grandes inspirações do Movimento Armorial, a 27ª edição da Cavalgada à Pedra do Reino encanta a população pernambucana até o próximo domingo (26) com uma tradicional programação lúdica e religiosa. A iniciativa conta com apoio do Governo do Estado de Pernambuco, por meio da Secult-PE/Fundarpe e Setur/Empetur, e é uma realização da Associação Cultural da Pedra do Reino, em parceria com a Prefeitura de São José do Belmonte. Todas as atividades são gratuitas.

Um dos destaques da programação será a missa de abertura, no Sítio da Pedra do Reino, em homenagem aos mortos no Movimento Sebastianista da Pedra do Reino. Outra atração são duas exposições em cartaz: “Mostra de Artes Sobre a Pedra do Reino” e “A Pedra do Reino e o Sebastianismo na Chapada do Araripe”, com curadoria de Alemberg Quindins.

A programação conta também com as tradicionais festividades que atraem visitantes de toda região. Dentre elas, destacam-se a Cavalhada e a Cavalgada à Pedra do Reino, na qual os cavaleiros participantes mais uma vez anunciarão o legado do Rei Desejado, evocando a figura do rei D. Sebastião. Além disso, encontro de poetas, cantadores, recitadores e mesas de glosas irão acontecer até o próximo domingo (26).

Para Gilberto Freyre Neto, secretário estadual de Cultura, esta é uma importante manifestação cultural do sertão pernambucano. “Quando a gente observa este evento percebemos os motivos tão ricos que inspiraram boa parte da literatura de Ariano Suassuna. A Cavalgada da Pedra do Reino cumpre mais uma vez a missão de fortalecer os laços de cada território com sua própria tradição, valores e costumes”, opina.

Segundo Marcelo Canuto, presidente da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco, a Secult-PE e Fundarpe, assim como todos os anos, mais uma vez irão apoiar a festividade com a contratação de artistas. “São grupos como bandas de pífano, de forró pé de serra, aboiadores e outros da região que vão abrilhantar ainda mais este importante evento do nosso Estado”.

Quase diariamente, haverá apresentações de boa música regional e números de dança. Banda de Pífanos do Mestre Ulisses, os grupos de forró pé de serra Serra Talhada e Zé de Balbina, e a dupla Neto Barros e Nilsinho Aboiador são alguns dos nomes que prometem colocar o público para forrozar. Em São José do Belmonte, na Praça Sá Moraes, será montado ainda um polo gastronômico, para a comercialização dos produtos das associações rurais do município.

Confira na íntegra a programação apoiada pelo Governo de Pernambuco:

Quinta-feira (23/5)
Local: Castelo Armorial
19h30 – Abertura da “Mostra de Artes Sobre a Pedra do Reino”. A mostra ficará aberta ao público até o dia 25 de maio, sempre a partir das 8h

Sexta-feira (24/5)
Local: CASA DA CULTURA (Praça Sá Moraes, ao lado da Igreja matriz de São José)
19h30 – Abertura da exposição: “A Pedra do Reino e o Sebastianismo na Chapada do Araripe. Curador: Alemberg Quindins

Local: Pátio de Eventos
22h – Apresentações de diversas atrações musicais
23h50 – Banda Cavaleiros do Forró

Sábado (25/5)
Local: Praça Sá Moraes
8h – Apresentação de Banda de Pífanos do Mestre Ulisses
8h às 12h – Feira de artesanato e culinária das Associações Rurais do município; Feira de artesanato dos artesãos locais da zona urbana;
8h30 – Apresentação da dança de São Gonçalo do Sítio Tamboril
9h30 – Apresentação do Reisado do Mestre João Cícero
10h – Apresentação dos declamadores Júnior Baladeira e Cícero Moraes
11h – Apresentação de Violeiros, Repentistas Francinaldo e Zé de Liveira
12h – Apresentação da Bacamarteiros da Pedra do Reino, queima de fogos e apresentação da Associação de Bacamarteiros da Pedra do Reino;
12h30 às 14h – Grupo “Forró Pé de Serra Talhada”;

Local: O Carvalhão
7h – Grupo “Forró Pé de Serra Talhada”
8h30 – Banda de Pífanos do Mestre Ulisses
9h – Grupo de dança de São Gonçalo do Tamboril
10h – Grupo de Reisado do Mestre João Cicero
11h – Francinaldo e Zé Oliveira (violeiros e repentistas)
12h – Grupo de Bacamarteiros da Pedra do Reino
14h – Banda Filarmônica São José; Banda de Pífanos do Mestre Ulisses; e Grupo Cavalhada Zeca Miron
15h – Apresentação da Cavalhada “Zeca Miron”- Local: Estádio “O Carvalhão”;

Local: Pátio de Eventos
22h30 – Fulo de Mandacaru
23h55 – Vilões do Forró

Domingo (26/5)
Local: Igreja Matriz
4h – Alvorada com banda filarmônica e queima de fogos
5h – Banda Filarmônica São José e Banda de Pífanos do Mestre Ulisses
5h30 – Bênção aos cavaleiros em frente à Igreja Matriz de São José e Coroação do Rei e da Rainha da Cavalgada. Participação do Coral Renascer do Sítio Campos e Campinas
6h30 – Saída dos cavaleiros com destino ao Sítio Histórico da Pedra do Reino.

Local: Sítio Areinhas
7h30 – Café da manhã na Fazenda Areinhas;
Apresentação de grupo de forró pé de serra de Zé de Balbina
9h30 – Bate-sela (Parada para descanso), no Sítio Batingas
Apresentação de grupo de forró pé de serra de “Pá”

Local: Pedra do Reino
11h30 – Chegada dos cavaleiros ao sítio histórico da Pedra do Reino
11h às 16h – Apresentação de Raniere e Banda e da dupla de aboiadores Neto Barros e Nilsinho Aboiador.
16h30 – Encerramento do evento

< voltar para home