Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Cultura popular e artesanato

Cultura negra pernambucana circula pela Europa

Oito países vão receber as oficinas de do percussionista recifense Pitoco de Airá

Entre os dias 27 de abril e 05 de junho, quinze cidades da Áustria, França, Portugal, Itália, Irlanda, Suíça, Alemanha e Inglaterra, receberão as oficinas do projeto Vivência com a Cultura Pernambucana de Matriz Africana, ministradas pelo percussionista Pitoco de Airá. O projeto, que conta com o apoio do Ministério da Cultura, propõe a difusão de tradicionais saberes e fazeres populares pernambucanos.

Victor Max

 Victor Max

O percussionista é membro do Maracatu Estrela Brilhante do Recife

Serão realizadas atividades de formação sobre a história e as práticas musicais de folguedos como o maracatu e o afoxé, de religiões como o candomblé e a Jurema Sagrada, além da capoeira. O público será composto por músicos, simpatizantes da cultura pernambucana e coletivos de maracatu que desenvolvem suas atividades em países do velho continente.

O encerramento da turnê, no dia 05 de junho, será na cidade de Brightom, na Inglaterra. Pitoco irá reger mais de 300 percussionistas de vários países em um grande encontro europeu de música percussiva. Além disso, os grupos que participarão das vivências nas diversas cidades irão apresentar seus trabalhos e os resultados das oficinas. Todas as atividades desenvolvidas serão registradas e irão se transformar em um documentário e uma exposição fotográfica.

divulgação

Carlos Alberto Teresio de Araújo, o ‘Pitoco de Airá’, é um percussionista recifense nascido e criado no bairro do Alto José do Pinho. Iniciou sua carreira aos quatro anos de idade no Afoxé Ylé de Egbá e no Maracatu Estrela Brilhante do Recife.

Além de ministrar aulas em projetos sociais no Alto José do Pinho e Olinda, Pitoco de Airá já formou batuqueiros em diversas cidades do Brasil e do mundo. É membro ativo do Maracatu Estrela Brilhante do Recife e ogã do terreiro Yemoja Ogunté, do bairro de Água Fria. Tem trabalhos com diversos artistas, entre eles Naná Vasconcelos, Lenine, Alceu Valença, Milton Nascimento, Diogo Nogueira, Marisa Monte, Marcelo D2, Gabriel Pensador, Leci Brandão, Silvério Pessoa e Fafá de Belém.

A turnê tem o apoio do Ministério da Cultura, da Toca da Salamandra e da Ofá Produtora de Arte.

Mais informações: ofaprodutora@gmail.com

< voltar para home