Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Cultura popular e artesanato

Maracatu Almirante do Forte realiza ensaios abertos no Recife Antigo

Ação é inédita e vai se repetir nos últimos domingos dos próximos meses, até o Carnaval 2017

Paula Brasileiro/Divulgação

Paula Brasileiro/Divulgação

Com 84 anos, o Maracatu Almirante do Forte conta com um legado de dedicação e manutenção da cultura do baque virado

Com o intuito de aproximar os jovens da cultura pernambucana, a Nação de Maracatu Almirante do Forte realizará um ensaio aberto neste próximo domingo (28), no Marco Zero, Bairro do Recife. Esta é uma ação inédita nos últimos 84 anos, e se repetirá em todos os últimos domingos do mês, sempre às 15h, até a chegada do Carnaval do Recife 2017, quando o grupo desfilará num cortejo.

“A gente fica muito preocupado com a violência que ronda as grandes cidades, principalmente em relação aos jovens. Vamos então abrir o ensaio ao público para saber quem tem interesse em participar do nosso cortejo no Carnaval do ano que vem, além de divulgar os encontros no Ginásio Pernambucano e na nossa sede, onde também acontecem ensaios”, explica Toinho, vice-presidente e mestre de apito da agremiação. O mestre aproveita para lembrar que, no próximo dia 7 de setembro, será realizada a festa de aniversário do Maracatu, que terá local e atrações divulgadas em breve.

Esta também é uma oportunidade para que os recifenses e turistas tenham um contato mais próximo com a cultura do baque virado através da tradição e vivência de um maracatu de raiz. Após o início do batuque, será realizado um arrastão até a Rua da Moeda onde os brincantes darão seguimento ao ensaio aberto.

Nação de Maracatu Almirante do Forte - Com 84 anos de história, o grupo conta com um legado de dedicação e manutenção da cultura do baque virado. Ao longo da trajetória, foram diversos carnavais vitoriosos e passagens por grandes festivais locais e internacionais, como o Festival de Inverno de Garanhuns, Carnaval do Recife e Master Nation, na França.

Conhecido pela forte batucada tão característica do baque virado, além da predominância do azul e branco nos figurinos de seus integrantes, a agremiação carnavalesca também desenvolve trabalhos dedicados a crianças e adolescentes, através do seu Ponto de Cultura, na comunidade do Bongi. Nele, são ministradas oficinas de confecção de instrumentos, percussão, dança afro, entre outras atividades culturais e inclusivas.

Serviço
Ensaio da Nação de Maracatu Almirante do Forte
Domingo (28) | 15h
Marco Zero – Bairro do Recife
Gratuito

< voltar para home