Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Cultura popular e artesanato

Mestre da percussão, Escurinho faz apresentação inédita em Olinda

Parceiro de Chico César nos palcos, o musico fará uma apresentação do disco 'Ciranda de Maluco Vol.1' nesta sexta (11), às 23h, no Xinxim da Baiana

Divulgação

Divulgação

Escurinho já conta com quatro discos autorais lançados e uma carreira com mais de 30 anos de história

O pernambucano Escurinho, radicado na Paraíba desde 1970 e parceiro musical de Chico César, apresenta pela primeira vez no seu estado-natal o repertório do Ciranda de Maluco Vol.1, quarto disco da carreira-solo do percussionista. O show está marcado para esta sexta-feira (11) e será realizado no Xinxim da Baiana, em Olinda, a partir das 23h, com direito a discotecagem da DJ Catarina Dee Jah. Os ingressos custam R$ 10 (antecipado) e R$ 15 (no local).

“Essa é a primeira vez que apresento o Ciranda de Maluco Vol.1 em Pernambuco. Ele começou a partir de um projeto que eu tinha de realizar shows na rua, e na ocasião eu convidava os artistas pra brincar no palco comigo. Era um processo aberto fortemente para o improviso, com muita instigação. Nessa onda, surgiram muitas canções, que são exatamente as que compõem o disco”, explica Escurinho, que disse já ter novas músicas para os próximos volumes do projeto.

Acompanhado de uma banda formada por dois metais, guitarra e baixo, o show terá ainda as participações dos músicos pernambucanos Juvenil Silva e Manuca Bandini. Durante a apresentação, Escurinho revela com propriedade de mestre a longa pesquisa que fez na área da cultura popular e das expressões nordestinas. O músico já conta com quatro discos autorais lançados e uma carreira com mais de 30 anos de história.

Ele esteve recentemente em Pernambuco ao lado de Chico César para apresentar o show da turnê Estado de Poesia, durante a realização do 27º Festival de Inverno de Garanhuns. “Eu já fiz três FIGs, mas eu não ia já fazia uns seis anos. Foi maravilhoso estar no palco com o Chico César, é sempre uma delícia viver aquele festival. E mais uma vez, como ele sempre faz, eu pude dar uma canja no palco Mestre Dominguinhos. Estamos agora nos preparando para viajar pra Equador no dia 20 de agosto para participar do festival ‘Soy Loco por Ti, America’”, detalhou.

Lançado em 2013, Ciranda de Maluco Vol.1 foi viabilizado com leis de incentivos da capital paraibana e estadual. O disco conta com 14 faixas, quase todas assinadas por Escurinho. Quatro são parcerias com Alex Madureira (Acabou-se o Mundo), com Aderaldo Luciano (É Bonito se Olhar), com Tony Leon (Dona Preta). Outra, Budismo Moderno, tem a assinatura de um dos poetas brasileiros de maior originalidade, o paraibano Augusto dos Anjos.

Para este trabalho, Escurinho montou uma banda formada por Chiquinho Mino (voz, percussão, chimbal, alfaia), Zé Guilherme (caixa), Marcos Villar (guitarra, vocal), Fabiano Soares (baixo, vocal), Jairo Gomes (sample e synth), mais alguns músicos convidados, quase todos da Paraíba. O álbum foi gravado no estúdio Peixe Boi, em João Pessoa. A produção é de Escurinho e Jairo Gomes.

Serviço
Escurinho e a Ciranda de Maluco, com discotecagem de Catarina Dee Jah
Sexta (11) | 23h
Xinxim da Baiana – Olinda
R$ 10 (antecipado) | R$ 15 (no local)

< voltar para home