Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Cultura popular e artesanato

Noite para os Tambores Silenciosos em Olinda

Passarinho/Prefeitura de Olinda

Foto: Passarinho/Prefeitura de Olinda

Tradição tem seu ápice na Igreja do Rosário dos Homens Pretos, localizada no bairro do Bonsucesso.

Chegando a sua 15ª edição, a Noite dos Tambores Silenciosos de Olinda acontece nesta segunda-feira, 1º de fevereiro, louvando culturas afro e os seus ancestrais, com a participação de dez maracatus nação. Este ano, o evento homenageia o seu idealizador, o saudoso Mestre Armando Arruda, do Maracatu Leão de Judá. A iniciativa é da Associação dos Maracatus de Olinda (Amo Cultural) e conta com o apoio cultural do Governo de Pernambuco, através da Secult-PE e Fundarpe.

“A homenagem ao Mestre Armando é uma importante reverência para a sua memória, como forma de retribuir tudo o que ele fez em vida pela tradição dos maracatus nação no Estado”, destacou Nilo Oliveira, um dos organizadores do evento. A concentração será às 20h, nos Quatro Cantos, de onde o cortejo seguirá pela Rua do Amparo até o Largo do Rosário dos Homens Pretos, no bairro do Bonsucesso.

Ao logo do trajeto, batuques de tambores e cânticos engrandecem o ritual. Já na Igreja, o ápice da manifestação será à meia-noite, com o tradicional momento de silêncio, reverências e pedidos de proteção aos ancestrais africanos.

Entre as dez agremiações, estarão participando: Maracatu Nação Leão Coroado, Maracatu Nação Camaleão, Maracatu Nação Tigre, Maracatu Nação Badia, Maracatu Nação Pernambuco, Maracatu Nação Estrela de Olinda, Maracatu Nação de Luanda, Maracatu Nação Axé da Lua, Maracatu Nação Maracambuco, além do convidado, o Maracatu Nação Estrela Brilhante de Igarassu.

Serviço:
15ª Noite dos Tambores Silenciosos de Olinda
Quando: Segunda-feira, 1º de fevereiro
Concentração: às 20h, nos Quatro Cantos, Sítio Histórico de Olinda, de onde o cortejo seguirá em direção ao Largo do Rosário dos Homens Pretos, no bairro do Bonsucesso.
Acesso gratuito

< voltar para home