Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Cultura popular e artesanato

Oficina de percussão afro com inscrições abertas no Recife

Atividade acontece no Espaço Preto no Branco, abrangendo instrumentos musicais regionais do afro-beat, como a alfaia e a conga.

Divulgação

Divulgação

Biano Lima comanda o curso, contando com os músicos André Sampaio e Jedson Nobre.

O músico percussionista Biano Lima estará ministrando no dia 23 de janeiro, no Recife, a Oficina de Percussão Afro Batida. Direcionada tanto para iniciantes, como para quem já possui experiência musical, a atividade acontece no horário das 14h às 18h, no Espaço Preto no Branco, localizado no Bairro do Recife, abrangendo através de instrumentos regionais, como a alfaia e a conga, ritmos afro-beat envolvendo as essências do maracatu e do caboclinho.

“Estaremos observando regras estabelecidas da afro batida para a composição de cada padrão rítmico, dentro do universo regional pernambucano. Esta será uma das principais fontes de conteúdo de nossa oficina”, explicou Biano, que é recifense e atualmente desenvolve em Berlin, na Alemanha, onde reside, trabalhos de pesquisa, divulgação e ensino de ritmos afro-brasileiros.

A oficina também contará com a participação especial do músico André Sampaio, do grupo carioca André Sampaio & Os Afro Mandinga, e de Jedson Nobre, baixista da banda Abeokuta Afrobeat. A inscrição individual custa R$ 50 e pode ser realizada através dos telefones: (81) 3462-5947 e 98596-5056. As vagas são limitadas.

Serviço:
Oficina de Percussão Afro Batida
Quando: sábado, 23 de janeiro
Horário: das 14h às 18h
Local: Espaço Preto no Branco (Rua Vigário Tenório, nº 199, sala 301 – Bairro do Recife)
Investimento: R$ 50
Informações e inscrições: (81) 3462-5947 e 98596-5056

< voltar para home