Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Cultura popular e artesanato

Maracatus e Cavalo Marinho vão festejar títulos de Patrimônios Imateriais do Brasil

Fundarpe contratou 22 atrações que se apresentam no sábado, a partir das 18h, no terreiro do maracatu Cambindinha de Araçoiaba. A agremiaçãom está completando 100 anos de atividades e a festa não tem hora para acabar.

Divulgação

Divulgação

O Maracatu Cambindinha de Araçoiaba, que é o grupo de baque solto mais antigo de Pernambuco, também estará comemorando o seu centenário.

No último dia 3 de dezembro, a Secretaria de Cultura e a Fundarpe anunciaram que o Maracatu de Baque Solto, Maracatu Nação e Cavalo Marinho foram reconhecidos como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil. Pois chegou a hora de celebrar, com uma grande festa, o relevante título, que é concedido pelo IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. “É Festa de Terreiro! É Festa no Terreiro!” acontece próximo sábado (20), aberta ao público, na sede do Maracatu Cambindinha de Araçoiaba, localizada na Rua Presidente Vargas, nº 20, centro de Araçoiaba. O grupo, que é o mais antigo no Estado de Pernambuco, também está comemorando 100 anos de atividades. A festa não tem hora para terminar.

Manoelzinho Salustiano, presidente da Associação dos Maracatus de Baque Solto de Pernambuco (AMBS-PE), reforça que será um momento de festa mas também de união para os mestres e brincantes da Cultura Popular. “A importância desta celebração se deve especialmente ao fortalecimento desta cultura na Região Metropolitana e na Mata Norte. Todos os mestres e grupos que irão se apresentar, estarão homenageando não apenas o centenário do Cambindinha, mas sim, a continuidade desta tradição popular em Pernambuco”, explicou Manoelzinho. E frisou: “Os 100 anos do Cambindinha de Araçoiaba significam 100 anos de cultura para todos os grupos de maracatu de baque solto em nosso Estado”.

A história do grupo começou em 15 de dezembro de 1914, precisamente no Sítio Chá da Jaqueira, que na época era pertente ao território rural da cidade de Nazaré da Mata. Surgido da brincadeira de crianças, aquele pequeno grupo liderado pelo comerciante Manoel Maximiano do Nascimento, o popular Mané Tapiré, passou a ser chamado de “Cambindinha”, em virtude de ser o diminutivo de “Cambinda”, como era tratado antigamente o folguedo em comunidades rurais.

Segundo Fábio Sotero, presidente da Associação dos Maracatus de Baque Virado (AMANPE), que está proporcionando a participação de cinco grupos de baque virado no evento, a celebração será de extrema relevância para todos os grupos de maracatus em Pernambuco. “O festejo relacionado às outorgas de Patrimônio Imaterial, serve para que a sociedade possa ter um olhar mais positivo sobre os diversos segmentos da cultura popular pernambucana. As outorgas representam especialmente o respeito e o reconhecimento por tudo o que nossas tradições são capazes de produzir”, ressaltou.

Abrindo a programação do evento, o grupo Lua de São Jorge, da cidade de Olinda, fará uma roda de capoeira. Em seguida, o público contará com as apresentações de grupos de cavalo marinho, além de um grande cortejo composto por maracatus de baque virado e de baque solto.

Confira as atrações que irão se apresentar:

- Grupo de Capoeira Lua de São Jorge, da Cidade Tabajara – Olinda
- Cavalo Marinho Boi Pintado de Mestre Grimário
- Cavalo Marinho Boi Matuto da Família Salustiano
- Cavalo Marinho Estrela de Ouro de Mestre Biu Alexandre de Condado
- Cavalo Marinho Estrela Brilhante de Condado
- Cavalo Marinho Infantil Sementes Mestre João e Boi de Mestra Tina do bairro dos Novais em João Pessoa/PB
- Maracatu Nação Estrela Brilhante do Recife
- Maracatu Nação Porto Rico
- Maracatu Nação Cambinda Africana
- Maracatu Nação Raízes de Pai Adão
- Maracatu Nação Aurora Africana
- Maracatu de Baque Solto Cambindinha de Araçoiaba
- Maracatu de Baque Solto Leão Coroado
- Maracatu de Baque Solto Águia Misteriosa de Araçoiaba
- Maracatu de Baque Solto Leão de Ouro de Canaã
- Maracatu de Baque Solto Leão Faceiro
- Maracatu de Baque Solto Pinguim
- Maracatu de Baque Solto Leão das Cordilheiras
- Maracatu de Baque Solto Pantera Nova
- Maracatu de Baque Solto Onça Dourada
- Maracatu de Baque Solto Leão Vencedor

SERVIÇO:
É Festa de Terreiro! É Festa no Terreiro!!!
Quando: sábado, 20 de dezembro
Horário: a partir das 18h
Local: Terreiro do Maracatu de Baque Solto Cambindinha de Araçoiaba (Rua Presidente Vargas, nº 20, Centro de Araçoiaba)
Acesso gratuito

< voltar para home