Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Cultura popular e artesanato

Tradição do Coco do Mestre Aroeira anima Olinda neste sábado (17)

Evento é aberto ao público e acontece na casa da Mestra Ana Lúcia, no Amaro Branco, com a participação de vários grupos e mestres de coco de roda

Marcelo Soares/Secult-PE.

Marcelo Soares/Secult-PE.

O grupo Coco dos Pretos é uma das atrações do tradicional Coco do Mestre Aroeira

Mais uma edição do tradicional Coco do Mestre Aroeira acontecerá neste sábado (17), na casa da Mestra Ana Lúcia, no bairro do Amaro Branco, em Olinda. Realizado na comunidade desde 1985, a festividade é aberta ao público e reúne, a partir das 20h, mestres e grupos de coco de roda originados no próprio bairro, além do Mestre Galo Preto, numa verdadeira noite de festa popular.

Antes de iniciar as apresentações culturais o Mestre Aroeira, que também é mestre em Jurema Sagrada, promove o ritual da gira, a partir das 18h, no qual Stênio, filho da Mestra Ana Lúcia, incorpora entidades africanas. A festividade, que faz parte das celebrações juninas da comunidade, antecede a novena do mês de junho, também realizada no local.

Jorge Farias/Secult-PE

Jorge Farias/Secult-PE

A festa é aberta ao público e reúne mestres e grupos de coco de roda originados no próprio bairro

“A programação cultural vai ter a presença dos grupos Batuque das Morenas, Estrelinhas do Coco, Coco dos Pretos, Coco da Resistência, Coco do Manuel e outros mestres de Olinda, como a Mestre Ana Lúcia e o Mestre Galo Preto, Patrimônio Vivo de Pernambuco. Por se tratar de uma sambada, não existe uma programação específica, é por ordem de chegada. O mestre ou o grupo chega e fica na fila esperando sua vez. Já a brincadeira vai até quando a galera aguentar, mas normalmente seguimos até umas 3h ou 4h da madrugada”, explica Don Marcos, discípulo de Ana Lúcia.

Em sua casa, além da Sambada do Mestre Aroeira, a Mestra Ana Lúcia mantém as tradições da trezena de Santo Antônio, do Acorda Povo e do Coco da Comunidade. Ela também é coordenadora do Pastoril Estrela de Belém e do grupo Estrelinhas do Coco, ambos constituídos por crianças e adolescentes do Amaro Branco.

Serviço
Coco do Mestre Aroeira
Sábado (17) | 20h
Casa da Mestra Ana Lúcia (Rua Alto do Sarapião, nº 195, Amaro Branco, Olinda
Gratuito

< voltar para home