Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Design e Moda

Desfile “Todxs na Moda” celebra as diferenças e coloca marcas pernambucanas em evidência

Na passarela, onze estilistas pernambucanos vão apresentar suas coleções de Carnaval. Entre os convidados para apresentar as roupas, figuram a trans Maria Clara de Sena, a atriz Hermila Guedes e os cantores Almir Rouche, Romero Ferro e Almério

Jan Ribeiro/Fundarpe/Secult-PE

Jan Ribeiro/Fundarpe/Secult-PE

Marcas vão desfilar suas coleções de Carnaval

Uma moda democrática, versátil e inclusiva, que atenda a todos os tipos de corpos e gostos. É com essa proposta que a Secult-PE e a Fundape abrem, na próxima quinta-feira (16), às 19h30, a 7ª edição da ExpoCarnaval, com o desfile “Todxs na Moda – Gente é pra Brilhar e Boneco também”.

O evento apresentará, na Torre Malakoff, as coleções de Carnaval (roupas e acessórios) de onze marcas pernambucanas: Xuruca Pacheco, Conttém Glitter, Banana Split, Território Lamparina, Coreto, Carnavalizei, Rainha da Cocada, Aladê, Vitalina, Abacaxi de Praia e Alalaô. O formato do evento é, no meio da moda, chamado de see now, buy now (veja agora, compre agora), que permitirá ao público levar para casa no mesmo dia as peças que acabaram de ver na passarela.

Visibilidade e representatividade são as palavras-chaves que guiaram a idealização e produção do desfile. “A moda pernambucana é muita rica, justamente porque traz como referencial a diversidade da cultura de Pernambuco. Desde os anos 90, quando tivemos a eclosão do manguebeat no Estado, que esse reconhecimento de nossas genuínas expressões culturais passaram a ser reprocessadas na arte. Primeiro na música, depois se espalhando por outras linguagens, como o cinema, a dança, e também a moda. Hoje temos dezenas de estilistas e marcas que trazem essa assinatura e precisamos valorizar e fortalecer”, pontua Márcia Souto, presidente da Fundarpe.

Para o secretário Marcelino Granja, a ação reflete também a preocupação da política pública de cultura com o universo da moda e do designer. “Nossa assessoria de Design e Moda tem buscado com êxito o diálogo com a produção da nossa terra, e esse evento é também um resultado desse esforço que temos feito”, afirma Marcelino.

Na passarela, irão desfilar personalidades como os cantores Almério, Romero Ferro e Almir Rouche, homenageado do Carnaval do Recife neste ano, as atrizes Hermila Guedes e Nínive Caldas, e a trans Maria Clara de Sena, que ganhou recentemente o Prêmio Claudia de Políticas Públicas. “A ideia é celebrar as diferenças e, ao contrário do que é apregoado por aí, mostrar que a moda é acessível para todos”, coloca a assessora de Design e Moda da Secult-PE/Fundarpe, Janaína Branco, sobre a escolha dos modelos.

A produtora de moda Babi Jácome, responsável pelo styling do desfile, revela que as peças que serão vistas na catwalk foram pensadas para valorizar as formas e o biótipo dos convidados, e mostrarão a diversidade do Carnaval pernambucano. “Construímos um mix de roupas e acessórios bem funcionais, que dá para ir a um baile à noite ou brincar nos blocos de ruas durante o dia, com peças que vão de R$ 15 a R$ 200. Queremos uma passarela diversa e democrática, tal qual é a nossa folia”, diz Jácome.

Além das personalidades convidadas, o evento terá a participação de dez bonecos gigantes de Olinda: Mulher do Dia, Homelhada, Katarina, Trans, Maria Batalhão, Marcos Vilassa, Devasso, John John, Menino da Tarde e Soberano, que vão desfilar com roupas novas produzidas pelo bonequeiro Sílvio Botelho. “Os bonecos gigantes fazem parte do nosso imaginário no Carnaval. Dada a imponência e, porque não a elegância com a qual muitos deles são vestidos, não daria para deixá-los de fora”, afirma o Gerente de Equipamentos Culturais da Fundarpe, André Brasileiro, um dos coordenadores da ação.

Música – A DJ Lala K irá assinar a trilha sonora do desfile, com seu set list repleto de música brasileira, e a banda Mamelungos, formada por Luccas Maia, Weré Lima, Thiago Hoover e Peu Lima, encerra a noite, com um show que mesclará antigos sucessos com as canções do disco Esse é o nosso mundo, lançado em setembro do ano passado.

Food Truck – O Clandestino Café e o Dona Til vão desembarcar na Torre Malakoff e oferecerão ao público um cardápio com petiscos, cafés, drinques e uma porção de guloseimas.

Marcas participantes

Xuruca Pacheco
A estilista Xuruca Pacheco é pernambucana, conhecida nacional e internacionalmente por suas peças cheias de traços regionais. Ela apresenta sua coleção de carnaval com acessórios feitos à mão com material reciclado, crochê, conchas, bordados, couro, pedrarias e plumas.

Vitalina
A Vitalina surgiu em maio de 2014 de forma despretensiosa e inusitada pela publicitária Carol Dreyer e pelo fotógrafo Rodrigo Cavalcanti, que decidiram vender alguns de seus sapatos pessoais em um grupo de trocas e vendas na internet. O grande diferencial da Vitalina é que todos os produtos são confeccionados pelos artesãos, que trabalham com suas famílias, dentro da simplicidade e aconchego de suas casas. Associado a isso, os sócios atentos ao posicionamento de sua marca, pensam nos mínimos detalhes, desde a intenção de estarem pessoalmente, sempre que possível, nas viagens ao interior do estado para buscar os produtos, até a sua chegada ao cliente. Enfim, tudo feito com muito amor e carinho, buscando disseminar ao máximo a cultura pernambucana.

Aladê
A Aladê traz nome de príncipe. Começamos com acessórios e a vontade de vender o que vestimos nos tornou camisaria. Sempre visamos a qualidade e o conforto que a camisaria nos traz. Usamos tecidos com bases de viscose e algodão e continuamos com acessórios com metais nobres e couros naturais pra completar qualquer look.

Banana Split
Marca Pernambucana de acessórios idealizada pela designer Julice Pinheiro, a Banana Split produz suas peças combinando os processos digitais e manuais de fabricação, para a elaboração de acessórios de moda e design.

Abacaxi de Praia
Nascida em Recife, a Abacaxi de praia começou em 2014 com uma máquina de costura florida e muito amor. A ideia é fazer uma moda tropical, com peças leves em tecidos naturais, cores alegres e muita estampa. Tudo isso com preços justos e valorizando o trabalho de quem faz. Em 2016, lançou a primeira coleção de carnaval e segue esse ano com mais fantasias criativas e originais.

Carnavalizei
A Carnavalizei surgiu da vontade de colocar mais cor, brilho e estilo no carnaval pernambucano! Resultado da união criativa das designers Haíra Lopes e Natália Borges, as peças são feitas à mão com muito amor, cortadas e costuradas uma a uma pelas próprias designers e costureiras parceiras. Tudo em slowfashion, estimulando a produção local, o comércio justo e valorizando o consumo consciente pra gente carnavalizar sem abandonar nossos valores.

Alalaô
A Alaláô é uma marca pesqueirense. Idealizada pela designer Sabrine Souza, nasceu para o Carnaval, para enfeitar cabeças, florir cabelos e transformar pessoas em seres mágicos.

Rainha da Cocada
A Rainha da Cocada é uma marca de roupa feminina criada em janeiro de 2015, pelas designers Maíra Caldeira e Taís Fernandes. A proposta da grife é proporcionar bem estar e autoestima através de peças confortáveis, versáteis e exclusivas. Trabalhando com empresas brasileiras, tecidos naturais, modelagens exclusivas e estampas digitais desenvolvidas pela equipe da marca, através de uma pesquisa aprofundada na temática de cada coleção.

Coreto
A Coreto, marca comandada pela pernambucana Lu Ribeiro, surgiu de uma vontade antiga de construir modelagens inspiradas na década de 20, com um acabamento mais sofisticado, dando assim um ar mais glamuroso e, ao mesmo tempo, moderno às peças. Tem um trabalho de construção completamente artesanal e na maioria das peças os bordados são feitos à mão.

Território Lamparina
A Território Lamparina é uma loja que se propõe a fazer mergulhos em universos específicos. Nos primeiros meses de 2017, está imersa no território do carnaval. Com adereços e fantasias da Lamparina é possível entrar de cabeça, corpo e alma na folia de momo.

Contém Glitter
Contém Glitter, marca pernambucana idealizada por Naiara Cândido, chega ao mercado para fazer todo mundo brilhar. As poções mágicas são produzidas manualmente e estão disponíveis em colar e tubinho para levar para onde quiser. Elas são feitas por tipos e cores especiais de glitter e as possibilidades são infinitas.

Serviço
Desfile “Todxs na Moda – Gente é pra Brilhar e Boneco também”
Quando: quinta-feira (16), às 19h30
Onde: Torre Malakoff (Praça do Arsenal, s/n – Recife, PE)
Acesso gratuito

< voltar para home