Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Espaços culturais

‘A História da Eternidade’ entra em cartaz no São Luiz

Outros três filmes estão na programação de 24 a 29 de junho. Na quinta-feira (23), véspera de São João, o cinema estará fechado.

Após vencer 24 prêmios em 43 festivais de cinema pelo mundo, o longa “A História da Eternidade”, do pernambucano Camilo Cavalcante e que contou com incentivo do Governo de Pernambuco, através do Funcultura, chega ao Cinema São Luiz.

Divulgação

Still do filme

Irandhir Santos integra o grande elenco de ‘A História da Eternidade’

Toda a narrativa do filme ocorre em um mesmo vilarejo com aproximadamente 40 habitantes em uma paisagem desértica, um ponto geográfico do nordeste brasileiro com referenciais particulares em relação ao tempo e ao espaço. Um lugar ermo, onde tudo acontece num ritmo cadenciado, inspirando momentos extremamente viscerais dentro do ciclo que se repete eternamente no palco da tragédia humana. A trilha sonora original criada por Zibgniew Preisner (autor das músicas dos filmes de Krzysztof Kieślowski) e por Dominguinhos (o último trabalho de uma lenda da música brasileira que morreu em 2013) é um elemento fundamental na construção da atmosfera que envolve o público.

Além do longa pernambucano, a tradicional sala de cinema na Rua da Aurora exibe ainda a animação Angry Birds; o documentário PARATODOS; e um outro drama brasileiro, Ponto Zero, do gaúcho José Pedro Goulart.

Com som e projeção digitais, o São Luiz é o cinema de rua mais moderno de Pernambuco, um equipamento público sob a gerência da Secult-PE e da Fundarpe. Os ingressos custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia). Às terças, os valores caem para R$ 6 e R$ 3, respectivamente.

Confira a programação completa abaixo. 
Semana: 24 a 29 de junho


ANGRY BIRDS

(The Angry Birds Movie, EUA ,Finlândia, 2015, 98min.)
Gênero: Animação | Diretor: Clay Kaytis, Fergal Reill
Classificação Etária: Livre

Sinopse: Adaptação do jogo Angry Birds, uma das maiores franquias mundiais de entretenimento, o filme vai contar a história de Red, um pássaro com problemas para controlar seu estresse, o veloz Chuck e o volátil Bomba, amigos que nunca tiveram seus valores reconhecidos. Quando misteriosos porquinhos verdes invadem a ilha onde moram, estes improváveis herois serão os responsáveis por descobrir qual o plano da gangue suína.

Dias e Horários: sexta, sábado, terça e quarta (13h30) | domingo (10h e 13h30)

PARATODOS
(Brasil, 2016, 110min.)
Gênero: Documentário | Diretor: Marcelo Mesquita | Elenco: Fernando Fernandes, Alan Fonteles, Daniel Dias
Classificação Etária: 10 anos

Sinopse: A trajetória, a vida e os desafios de alguns atletas paralímpicos, que fazem parte das delegações brasileiras de natação, atletismo, canoagem e futebol, em fase de preparação para os Jogos Paralímpicos de 2016, no Rio de Janeiro. O dia-a-dia, a superação, os obstáculos, as alegrias, as tristezas de cada um dos atletas são objeto deste documentário, que também debate a questão da inclusão dos deficientes físicos na sociedade brasileira em geral.

Dias e Horários: sexta, sábado, domingo, terça e quarta (15h30)

A HISTÓRIA DA ETERNIDADE
(Brasil, 2015, 120min.)
Gênero: Drama | Diretor: Camilo Cavalcante | Elenco: Cláudio Jaborandy, Débora Ingrid, Irandhir Santos, Leonardo França, Marcélia Cartaxo, Maxwell Nascimento, Zezita Matos
Classificação Etária: 16 anos

Sinopse: Alfonsina (Débora Ingrid) tem 15 anos e sonha conhecer o mar. Querência (Marcélia Cartaxo) está na faixa dos 40. Das Dores (Zezita Matos) já no fim da vida, recebe o neto após um passado turbulento. No sertão compartilham sobrenome e muitos sentimentos. Amam e desejam ardentemente.

Dias e Horários: sexta, sábado, domingo, terça e quarta (17h40)

PONTO ZERO
(Brasil, 2015, 94min.)
Gênero: Drama | Diretor: José Pedro Goulart | Elenco: Sandro Aliprandini, Patricia Selonk, Eucir de Souza
Classificação Etária: 14 anos

Sinopse: Ênio (Sandro Aliprandini) tem quase quinze anos e precisa lidar com a chegada da vida adulta que se aproxima, enquanto tenta superar os traumas da infância, que incluiam acreditar em fantasmas, coisa que ele não faz há muito tempo. Na sua vida pessoal, age de ponte entre sua mãe (Patrícia Selonk), que acredita nesses espíritos, e seu pai (Eucir de Souza), uma figura apática dentro de casa.

Dias e Horários: sexta, sábado, domingo, terça e quarta (19h55)

< voltar para home