Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Espaços culturais

Agenda dos Equipamentos Culturais | 5 a 11 de setembro

Confira abaixo a programação da rede de equipamentos culturais gerenciados pela Secult-PE/Fundarpe, entre os dias 5 e 11 de setembro:

Renê Porfírio/Divulgação

Renê Porfírio/Divulgação

Marília Parente apresenta repertório que une regional e universal no palco do Teatro Arraial

5 de setembro

Marília Parente apresenta álbum autoral no palco do Teatro Arraial

Um dos nomes da nova cena musical feminina nacional, a cantora e compositora Marília Parente sobe ao palco do Teatro Arraial Ariano Suassuna nesta quinta-feira (5), às 20h. O show marcará o lançamento de seu primeiro álbum autoral, “Meu Céu, Meu Chão e Seus Cacos de Vidro”. Quem comparecer ao espetáculo poderá conferir o repertório que a artista criou a partir de sua busca pelo encontro da musicalidade de Exu, cidade natal de Luiz Gonzaga e de parte de sua família, localizada no Sertão pernambucano, com clássicos da MPB e som internacional. Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada).

Nas composições, a cantora diz que apresenta um registro único do Exu de sua infância e do conterrâneo Luiz Gonzaga. Novenas, vaqueiros, aboios, rezadeiras do Cariri, influências de nomes como Elba Ramalho, Dominguinhos, Geraldo Azevedo e Marinês convivem em harmonia com a música oriental e referências como Bob Dylan, Black Sabbath, Beatles, Beach Boys.

Serviço
Marília Parente lança o álbum “Meu Céu, Meu Chão e Seus Cacos de Vidro”.
Teatro Arraial Ariano Suassuna (Rua da Aurora, 457, Boa Vista – Recife/PE)
Quinta-feira, 5 de setembro, às 20h
Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia entrada)

Divulgação

Divulgação

Bacurau domina a programação desta semana no Cinema São Luiz

5 a 11 de setembro

“Bacurau”, “A Serpente” e “O Verde Está do Outro Lado” seguem esta semana no Cinema São Luiz

A agenda do Cinema São Luiz segue esta semana com “Bacurau”, “A Serpente” e “O Verde Está do Outro Lado”. Os três longas metragens estrearam há duas semanas e permanecem até o dia 11 de setembro. Os ingressos custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada). Às terças-feiras, a inteira sai por R$ 6 e a meia-entrada, R$ 3.

6 de setembro

Pesquisadoras lançam livros que contam história do cordel no Espaço Pasárgada

O Espaço Pasárgada recebe nesta sexta-feira (6), às 19h, o lançamento de dois livros que utilizam a metalinguagem como ferramenta para contar a história da literatura de cordel. A memória da linguagem, que é Patrimônio Imaterial Cultural Brasileiro, é resgatada sob o ponto de vista da participação das mulheres como autoras e contada, em muitos trechos, a partir da própria estética retratada nos textos. Os dois livros, “O Mapa da Rima” e “O Cordel de Escrita Feminina em Pernambuco”, que contam com incentivo do Governo do Estado, por meio dos recursos do Funcultura, são assinados pelas pesquisadoras Eulina Fraca e Shirley Rodrigues e já foram lançados em Portugal, França e Espanha.

As pesquisas para escrever os dois livros duraram um ano e oito meses. O processo de levantamento de dados incluiu visitas a arquivos de cordéis e entrevistas com cordelistas de Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará e Rio de Janeiro. O resultado final é a conclusão de uma ideia desde os tempos de graduação da dupla de pesquisadoras, quando elas se interessaram pela literatura de cordel e decidiram se dedicar a projetos com este tema.

Serviço
Lançamento dos livros “O Mapa da Rima” e “O Cordel de Escrita Feminina”
Espaço Pasárgada (Rua da União, 263, Boa Vista – Recife/PE)
Sexta-feira, 6 de setembro, às 19h
Entrada gratuita

Divulgação

Divulgação

Som na Rural estaciona na Torre Malakoff

6 de setembro

Torre Malakoff recebe pré-lançamento da Som na Rural TV

Nesta sexta-feira (6), a Torre Malakoff recebe o pré-lançamento da Som na Rural TV, projeto de comunicação independente de Roger de Renor e seu palco itinerante. A partir das 19h, com entrada gratuita, haverá apresentação de vídeos, descrição do projeto e roda aberta e informal de conversa com o objetivo de levantar ideias e sugestões do público interessado em participar da configuração da iniciativa. A programação inclui ainda música após o encontro, com DJ Carlota e DJ Mozão.

Até 14 de setembro

Museu Regional de Olinda segue com exposição Sawabana

Segue até o dia 14 de setembro a exposição Sawabona Art, da artista plástica Danielly Bertoldo, no Museu Regional de Olinda. Com parte da renda revertida para a Aliança das Mães e Famílias Raras, a mostra de entrada gratuita traz à venda peças de roupas e acessórios com a temática da aceitação e respeito às diferenças. Sawabona é um cumprimento usado por povos da África do Sul que significa “eu respeito você, eu valorizo você e você é importante para mim”.

Serviço
Exposição Sawabona Art
Museu Regional de Olinda – Rua do Amparo, 128 – Amparo, Olinda – PE
Até o dia 14 de setembro.
Horários: terça a sexta-feira, das 9h às 13h e das 14h às 17h, e aos sábados e domingos, das 14h às 17h.
Entrada gratuita

Até 20 de setembro

Museu do Barro traz o olhar de estudantes sobre riqueza cultural de Caruaru

O Museu do Barro segue com a exposição “Caruaru: Cidade, Patrimônio e Poesia”. A mostra apresenta o olhar de alunos da Escola Municipal Professor Rubem de Lima Barros, localizada na periferia caruaruense, a respeito da riqueza cultural da cidade. O material exposto foi criado a partir de uma oficina de fotografia ministrada para os estudantes pelo fotógrafo Antônio Preggo.

Os estudantes participantes da formação estão entre os 12 e os 16 anos. A oficina durou uma semana e dá continuidade à parceria de cinco anos entre o Museu do Barro e a Escola Rubem de Lima Barros, que começou em 2014 com a exposição “O São João de Caruaru: um olhar contemporâneo”.

Serviço
Exposição “Caruaru: Cidade, Patrimônio e Poesia”
Museu do Barro de Caruaru (Praça Coronel José de Vasconcelos, 100, Centro)
Até 31 de agosto (terça a sábado, das 8h às 17h, e domingos, das 9h às 13h)
Entrada: R$ 2 (inteira) e R$ 1 (meia-entrada)

Até 22 de setembro

“Coquetel Malakoff: Ocupação Gráfica Lenta” expõe gravuras artesanais no Recife Antigo

A Torre Malakoff sedia, até o dia 22 de setembro, uma exposição que mostrará aos visitantes do espaço a produção de um dos mais relevantes coletivos de artistas do Recife. “Coquetel Malakoff: Ocupação Gráfica Lenta” vai mostrar peças do grupo que há cinco anos se dedica à produção e ensino da arte da gravura artesanal. Além deles, participarão os ateliês Contraprova, de Lisboa, e o Grupo Matrix, de Fortaleza com HidroGráficas, conjunto de peças inspiradas nos rios que cortam suas respectivas cidades (o Tejo, em Portugal, e o Cocó, no Nordeste brasileiro). Ao todo, serão pelo menos 250 peças expostas na ocupação. O número de artistas envolvidos no processo ultrapassa 50.

Serviço
Coquetel Malakoff: Ocupação Gráfica Lenta
Torre Malakoff (Praça do Arsenal, Bairro do Recife)
Visitação: de 11 de agosto a 22 de setembro
Horários: terça a sexta, das 10h às 17h; sábado das 15h às 18h; e domingo das 15h às 20h
Entrada gratuita

Andréa Rêgo Barro/Divulgação

Andréa Rêgo Barro/Divulgação

O projeto expográfico apresenta um conjunto representativo das obras do artista

Até 29 de setembro

Museu do Estado prorroga a mostra “João Câmara: trajetória e obra de um artista brasileiro”

O Museu do Estado de Pernambuco segue até o dia 29 de setembro com a exposição “João Câmara: trajetória e obra de um artista brasileiro”. A mostra, que oferece ao público o contato com um conjunto representativo das pesquisas visuais desenvolvidas pelo artista por meio de um vigoroso conjunto de pinturas em grande formato.

O projeto João Câmara: Trajetória e Obra de um artista brasileiro prevê como desdobramentos, a produção de um catálogo que incluirá, também, registros da exposição e um encontro com o artista moderado por um crítico de arte, aberto ao público em geral. Esse encontro acontecerá em São Paulo e no Recife, no período de cada uma das exposições. Para mediar os conteúdos expositivos junto aos visitantes, a equipe de educadores do Museu Afro Brasil construirá roteiros específicos, adequados aos diferentes segmentos de público e faixas de idade e, no Museu do Estado de Pernambuco uma equipe de educadores será especialmente contratada, para a mesma finalidade.

Serviço
Exposição João Câmara: trajetória e obra de um artista brasileiro
Museu do Estado de Pernambuco – MEPE (Av. Rui Barbosa, 960 – Graças, Recife)
Até 29 de setembro
Visitação: A mostra fica em cartaz até o dia 24 de agosto, de terça a sexta-feira, das 9h às 17h; sábados e domingos, das 14h às 17h.

< voltar para home