Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Espaços culturais

Aniversário da Casa da Cultura com direito a bolo e atrações culturais

Comemoração contou com a presença do secretário de Cultura, Marcelino Granja e da presidente da Fundarpe, Márcia Souto.

Lais Domingues/Secult-PE

Lais Domingues/Secult-PE

Aniversário da Casa da Cultura contou com a presença dos comerciantes locais, artistas e representantes da Secult-PE, FUNDARPE e MinC

Com a participação dos comerciantes locais, artistas e admiradores do espaço, a Casa da Cultura comemorou na terça-feira (14) 39 anos de muita história. A festa, organizada pelo Governo de Pernambuco, através da Secult-PE e FUNDARPE, teve direito a bolo com velinhas e ‘parabéns pra você’ no melhor estilo pernambucano, com o som do Maracatu Várzea do Capibaribe e o violino do Maestro Israel França como pano de fundo, além de outras atrações culturais.

De acordo com Marcelino Granja, secretário de Cultura de Pernambuco, comemorar esta data só é possível graças aos comerciantes, transeuntes e agentes culturais que estão envolvidos diariamente com o espaço. “Parabéns a todos que fazem a Casa da Cultura ser o que é. Temos consciência do desafio que é dar vida a um espaço como este”, homenageou o secretário.

Lais Domingues/Secult-PE

Sobre os planos da Secult-PE para o equipamento cultural, Marcelino Granja fez um convite aos presentes no evento. “No próximo dia 29 de abril teremos uma audiência pública no Recife, dentro da programação do Todos Por Pernambuco, e vocês estão convidados para participar deste debate com a gente. Está nos planos do governador Paulo Câmara preservar o nosso patrimônio cultural, e tenho certeza que teremos propostas concretas e viáveis para que isso seja levado adiante”, comentou.

Para Márcia Souto, presidente da FUNDARPE, o espaço, considerado como um dos maiores polos de comercialização de artesanato do Recife e ponto turístico de destaque no Estado, é de grande valor para a história do Estado. “Sem dúvidas esse é um dos mais importantes espaços, que trazem uma mostra significativa do que é a cultura pernambucana. Vamos tentar colocar esse espaço no PAC das Cidades Históricas, pois ele é um equipamento cultural que fica no meio do coração do Recife”.

Lais Domingues/Secult-PE

Lais Domingues/Secult-PE

O Maestro Israel França emocionou o público presente com seu violino

A programação da festa de aniversário da Casa da Cultura teve início nesta terça (14) às 15h, com apresentações do Bloco Lírico Flores do Capibaribe, do Maracatu Várzea do Capibaribe, do Quinteto Arraial e dos maestros Israel França, Fábio César e Adelmo Apolônio.

Lais Domingues/Secult-PE

Lais Domingues/Secult-PE

O Maracatu Várzea do Capibaribe, comandado pelo Mestre Pirulito, também foi uma das atrações da festa na Casa da Cultura

“Aqui é a Casa da Cultura de todos os pernambucanos. Às vezes as pessoas passam na frente e não têm ideia da quantidade e diversidade de artesanato que existe aqui dentro. É muito importante conhecer esse espaço porque aqui há um pedacinho de cada canto do nosso estado”, reforçou o maestro Adelmo Apolônio, para em seguida cantar Madeira que Cupim Não Rói ao lado do Maestro Israel e do Mestre Pirulito, do Maracatu Várzea do Capibaribe.

< voltar para home