Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Espaços culturais

“Bacurau” chega ao Cinema São Luiz em semana de estreias aguardadas

Filme premiado em Cannes e dirigido pelos diretores pernambucanos Kléber Mendonça Filho e Juliano Dornelles estreia no sábado (24/8) com sessões esgotadas. Antes, chegam ao cinema “A Serpente” e “O Verde Está do Outro Lado”

Divulgação

Divulgação

Ingressos para estreia de Bacurau com presença da equipe estão esgotados.

O Cinema São Luiz, equipamento cultural gerenciado pela Secult-PE/Fundarpe, recebe esta semana três pré-estreias aguardadas, integrando a programação. No sábado, estreia o aclamado Bacurau, dirigido pelos pernambucanos Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, premiado no Festival de Cannes e estrelado por Sônia Braga. Os ingressos para as duas sessões estão esgotados, devido à alta procura do público interessado em assistir ao longa com a presença de equipe técnica e elenco. Antes, entram em cartaz “A Serpente”, com Matheus Nachtergaele e dirigido pelo pernambucano Jura Capela, e “O Verde Está do Outro Lado”, documentário de Daniel Rubio sobre a política da água no Chile, onde o recurso é privatizado desde a década de 1980. A semana continua ainda com “Estou Me Guardando Para Quando o Carnaval Chegar”, “Divino Amor” e “Bloqueio” na agenda.

A enorme fila que se formou para a retirada dos ingressos das duas sessões de “Bacurau” neste sábado mostrou o nível de interesse do público pelo filme. A promessa de sala cheia no sábado deve-se, também, ao Prêmio do Júri recebido no Festival de Cannes deste ano, um reconhecimento que só perde para a Palma de Ouro em importância. O filme passou por muitas outras mostras pelo mundo, sempre arrancando elogios da crítica e empolgando os espectadores.

Divulgação

Divulgação

Matheus Nachtergaele e Lucélia Santos estrelam A Serpente

Filmado em preto e branco, “A Serpente” é inspirado na obra homônima de Nelson Rodrigues. Esta foi a primeira peça escrita pelo dramaturgo, mas a última a ser publicada. É dividida em dez atos, formato pensado como homenagem do cinema ao teatro. Algumas cenas foram filmadas em Mariana, Minas Gerais, em 2015, pouco tempo depois do rompimento da barragem da mineradora Samarco. A sugestão do uso da região como locação foi de Lucélia Santos, que estrela o filme ao lado de Matheus Nachtergaele. A iniciativa acabou registrando imagens do crime ambiental.

Divulgação

Divulgação

Documentário trata da privatização da água no Chile

Já “O Verde Está do Outro Lado” chega à tela do São Luiz em tempos de debate a respeito de preservação do meio ambiente trazendo o debate a respeito da privatização da água. No documentário produzido entre Brasil e Chile, o diretor Daniel Rubio propõe um paralelo entre os dois países, no que diz respeito ao tema, considerando duas cidades: a Província de Petorca, distante 200 quilômetros de Santiago, e Correntina, localizada no oeste da Bahia.

Com som e projeção digitais, o São Luiz é o cinema de rua mais moderno de Pernambuco. Os ingressos custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada). Às terças-feiras, os valores caem para R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia-entrada), respectivamente. Não há exibições às segundas-feiras. Confira abaixo a programação completa:

SEMANA DE 22 A 28 DE AGOSTO

BACURAU

(Brasil, 2019, 131 minutos)

Gênero: Drama/Ficção Científica/Mistério | Direção: Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles | Elenco: Sonia Braga, Barbara Colen, Silvério Pereira, Udo Kier
Classificação Etária: 16 anos
Sinopse: Pouco após a morte de dona Carmelita, aos 94 anos, os moradores de um pequeno povoado localizado no sertão brasileiro, chamado Bacurau, descobrem que a comunidade não consta mais em qualquer mapa. Aos poucos, percebem algo estranho na região: enquanto drones passeiam pelos céus, estrangeiros chegam à cidade pela primeira vez. Quando carros se tornam vítimas de tiros e cadáveres começam a aparecer, Teresa (Bárbara Colen), Domingas (Sônia Braga), Acácio (Thomas Aquino), Plínio (Wilson Rabelo), Lunga (Silvero Pereira) e outros habitantes chegam à conclusão de que estão sendo atacados. Falta identificar o inimigo e criar coletivamente um meio de defesa.
Dias e horários: Sábado (24), 19h e 23h (pré-estreia, ingressos esgotados)

O VERDE ESTÁ DO OUTRO LADO

(Brasil/Chile, 2019, 71 minutos)

Gênero: Documentário | Direção: Daniel A. Rubio

Classificação Etária: 10 anos
Sinopse: Desde 1980, a gestão da água foi privatizada em todo o Chile, levando pequenos agricultores à ruína e debilitando milhares de famílias. O congresso chileno concorda com a necessidade de mudar as leis, mas encontra dificuldade para combater a grande influência de grandes empresas da agricultura e mineração. Um retrato sobre a realidade e consequências do modelo econômico implantado há quase 40 anos.
Dias e horários: Quinta (22) 18h, sexta (23) 20h, domingo (25) 20h, terça (27) 15h30, quarta (28) 18h30

A SERPENTE

(Brasil, 2019, 73 minutos)

Gênero: Drama | Direção: Jura Capela | Elenco: Lucélia SantosMatheus NachtergaeleSílvio Restiffe e Cellia Nascimento
Classificação Etária: 16 anos
Sinopse: Lígia e Guida (ambas interpretadas por Lucélia Santos) são duas irmãs que vivem na mesma casa. Quando a doce Lígia enfim se casa com Décio (Sílvio Restiffe), ela espera ser deflorada na noite de núpcias, mas o homem é impotente. Mais tarde, ele a troca por uma lavadeira. Sentindo-se rejeitada, a recém-casada tenta o suicídio, mas é resgatada no último momento por Guida. A partir deste momento, a irmã virgem cede aos flertes do cunhado Paulo (Matheus Nachtergaele) e faz sexo com ele. Quando Guida descobre a traição em sua própria cama, a família entra em crise. Uma cova é cavada do lado de fora da casa, e fica claro que alguém precisa morrer.

Dias e horários: Quinta (22) 20h, sexta (23) 18h30, sábado (24) 17h, domingo (25) 18h30, terça (27) 17h, quarta (28) 17h

BLOQUEIO

(Brasil, 2019, 75min.)
Gênero: Documentário | Direção: Victória Álvares e Quentin Delaroche | Elenco: Marcos da Silva dos Santos, Benedito Amauro e Parazinho
Classificação Etária: 12 anos
Sinopse: Brasil, maio de 2018. As eleições presidenciais se aproximam enquanto a crise econômica e política se intensifica. Em meio ao caos, a classe dos caminhoneiros, responsável pelo abastecimento das grandes cidades, inicia um bloqueio nas estradas, agravando as tensões. No entanto, em meio às reivindicações por melhores condições de trabalho, surge também um discurso pró intervenção militar que destoa.
Dias e horários: sábado (24) 15h30, terça (27) 18h30, quarta (28) 15h30

ESTOU ME GUARDANDO PARA QUANDO O CARNAVAL CHEGAR

(Brasil, 2018, 85min.)
Gênero: Documentário | Direção: Marcelo Gomes
Classificação etária: 10 anos
Sinopse: Na cidade de Toritama, considerada um centro ativo do capitalismo local, mais de 20 milhões de jeans são produzidas anualmente em fábricas caseiras. Orgulhosos de serem os próprios chefes, os proprietários destas fábricas trabalham sem parar em todas as épocas do ano, exceto o carnaval: quando chega a semana de folga eles vendem tudo que acumularam e descansam em praias paradisíacas.
Dias e horários: quinta-feira (22), às 16h20 | sexta-feira (23), às 14h55 | terça-feira (27), às 20h

DIVINO AMOR

(Brasil, 2018, 101min)

Gênero: Ficção | Direção: Gabriel Mascaro | Elenco: Dira Paes, Júlio Machado, Teca Pereira
Classificação etária: 18 anos
Sinopse: Brasil, 2027. Uma devota religiosa usa seu ofício num cartório para tentar dificultar os divórcios. Enquanto espera por um sinal divino em reconhecimento aos seus esforços é confrontada com uma crise no seu casamento que termina por deixá-la ainda mais perto de Deus.
Dias e horários: sexta-feira (23), às 16h35 | domingo (25), às 16h35

 

< voltar para home