Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Espaços culturais

Criação de Ariano Suassuna, Teatro Arraial leva agora o nome do mestre

Espaço foi inaugurado em 1997 pelo próprio Ariano, quando ele ocupou o cargo de secretário de Cultura de Pernambuco, durante o governo de Miguel Arraes

 

Costa Neto/Fundarpe

Costa Neto/Fundarpe

Teatro Arraial passará a se chamar Teatro Arraial Ariano Suassuna

Em homenagem a um dos maiores defensores da cultura popular nordestina, autor de clássicos da literatura brasileira como O Auto da Compadecida e O Romance d’A Pedra do Reino, o Governo do Pernambuco rebatizará o Teatro Arraial, localizado na Rua da Aurora, como Teatro Arraial Ariano Suassuna. A cerimônia será realizada no próprio equipamento, que recebeu novos letreiro e placa, nesta terça-feira (30), às 9h. A cerimônia contará com a presença de familiares e profissionais que trabalharam com Ariano Suassuna, além de apresentações artísticas.

Haverá recital com o poeta Antônio Marinho, performance do brincante Pedro Salustiano e dança com Maria Paula, que dirigia as coreografias das aulas-espetáculos de Ariano. Maria irá dançar ao som do violino de Aglaia Costa, do Quinteto Armorial, inspirada no pensamento de Ariano em relação à esta linguagem da cultura.

A Lei que renomeia o Teatro Arraial foi sancionada pelo governador João Lyra no último dia 22, na ocasião da inauguração de outro equipamento cultural do estado, o Museu do Trem. “A homenagem do Governo do Estado é uma forma de prestigiar a íntima relação que o escritor, professor, dramaturgo, romancista e poeta brasileiro tinha com o Teatro Arraial. O espaço foi inaugurado em 1997 pelo próprio Ariano, que solicitou que o casarão do século 17, vizinho ao que já era a sede da Fundarpe, fosse reformado para receber um teatro. Consultamos a família, que aprovou a ideia. Dar o nome de Teatro Arraial Ariano Suassuna é reconhecer a estreita ligação entre ele e este espaço onde diversas cenas da nossa cultura têm lugar para sua expressão”, diz o secretário de Cultura Marcelo Canuto.

As pessoas que acompanharam, na época, o esforço de Ariano para transformar o casarão da Rua da Aurora, num teatro, destacam como Ariano foi visionário. Afinal, o lugar é hoje palco para diversas linguagens da cultura: teatro, dança, música, e lançamentos de diversos produtos culturais. “O prédio onde fica o equipamento cultural estava abandonado. E Ariano sempre gostou dessa história de teatro pequeno, mais intimista. Lembro-me quando me disse que ali dava um equipamento muito bom, para depois levar o projeto adiante com os engenheiros e arquitetos da Fundarpe”, recorda Josafá Mota, que foi gerente de articulação de Suassuna, quando este ocupou o cargo de secretário Especial de Cultura.

O nome do Teatro Arraial foi uma sugestão de Ariano para marcar a época do seu lançamento, pois, 1997 foi o ano do centenário de destruição do Arraial de Canudos. A referência a este episódio histórico está nas figuras de Antônio Conselheiro e de sua companheira Maria Villanova, que foram retratados num belíssimo vitral, que ornamenta as laterais do palco do teatro.

Informações técnicas do equipamento

O Teatro Arraial, sob a administração da Fundação do Patrimônio Artístico e Histórico de Pernambuco (Fundarpe), está inserido no chamado Corredor Cultural da Rua da Aurora. Através de um edital de ocupação se pautas, o teatro abre espaço não só para espetáculos das artes cênicas, mas também é utilizado para apresentações musicais, exibições de filmes, oficinas, palestras, cursos e outros eventos. O espaço conta em seu acervo com 150 fonogramas para serem utilizados nos espetáculos e possui uma programação variada dentro da linguagem das artes cênicas, contemplando públicos de todas as idades. Considerada como um teatro de pequeno porte, possui 94 poltronas, ar-condicionado central e dois camarins, além de palco com 9,4 metros de largura e 7 metros de profundidade.

Serviço
Cerimônia de renomeação do Teatro Arraial Ariano Suassuna
Terça (30) | 9h
Endereço: Rua da Aurora, 457, Boa Vista
Mais informações: (81) 3184 3057

< voltar para home