Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Espaços culturais

Documentário “Vindas e Vidas” estreia no Cinema São Luiz

O filme, que será lançado em sessão única na próxima segunda-feira (20), às 19h, traz em seu enredo a história de migrantes e autoridades sobre o drama dos refugiados e os desafios do acolhimento

Divulgação

Divulgação

O longa será exibido gratuitamente no equipamento cultural

O Cinema São Luiz, equipamento cultural gerenciado pela Secult-PE/Fundarpe, exibe gratuitamente, na próxima segunda-feira (20), às 19h, o documentário “Vindas e Vidas”. O documentário, produzido pelo Ministério Público Federal (MPF) na 5ª Região, pela Universidade Católica de Pernambuco (Unicap) e pela Cáritas Brasileira Regional Nordeste, relata o drama dos migrantes, a partir da história de quatro famílias venezuelanas que deixaram o seu país por conta da crise econômica e humanitária e entraram no Brasil pela fronteira com Roraima. Três das famílias entrevistadas chegaram a Pernambuco por meio do Programa de Interiorização Voluntária (PANA), que faz parte da Operação Acolhida, organizada, em 2018, para receber os migrantes que chegam ao país diariamente. Segundo a Plataforma de Coordenação para Refugiados e Migrantes da Venezuela (R4V), até novembro de 2019, o Brasil era o sexto destino mais procurado pelos venezuelanos em busca de acolhimento, atrás de Colômbia, Peru, Chile, Equador e EUA, contabilizando a entrada de 224 mil migrantes. Na ocasião do lançamento, serão arrecadados itens de higiene pessoal para os migrantes. Após a exibição, haverá debate.

O foco do documentário é explicar o que é ser migrante e refugiado, independentemente da nacionalidade, e quais os desafios do acolhimento e da integração dessas pessoas em seu local de destino, tanto para elas quanto para os que as recebem. A partir da narrativa dos personagens e das autoridades ouvidas, é possível desmistificar alguns preconceitos, como o de que os refugiados são migrantes econômicos ou que saíram do seu país de origem por opção. Além disso, esclarece que a própria Constituição Federal não estabelece distinção entre brasileiros e estrangeiros residentes no país e que todos devem ter seus direitos fundamentais e humanos garantidos.

Produção - Gravado no primeiro semestre de 2019 sem fazer uso do orçamento das instituições responsáveis, o documentário “Vindas e Vidas” contou com o esforço das equipes de comunicação das instituições envolvidas e com o apoio de voluntários.

Sob direção institucional do procurador-chefe da PRR5, Marcelo Alves, do reitor da Unicap, padre Pedro Rubens, e do secretário regional da Cáritas em 2019, diácono Antônio Lisboa, o documentário tem direção técnica de Ana Cláudia Dolores, Cláudia Holder, Jaqueline Maia e Lícia Magna, roteiro de Ana Cláudia Dolores, Cláudia Holder e Nildo Ferreira e edição de Luca Pacheco. A trilha sonora foi composta exclusivamente para a obra pelo acordeonista austríaco Stefan Matl e foi gravada, mixada e masterizada pelo Estúdio Núcleo Beat. O evento de lançamento no Cinema São Luiz tem o patrocínio da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR). Confira abaixo o trailer do filme:

Serviço
Exibição do documentário “Vindas e Vidas”
Quando: 20 de janeiro (segunda-feira), às 19h
Onde: Cinema São Luiz (Rua da Aurora, 175 – Boa Vista, Recife – PE)
Entrada gratuita  (os ingressos devem ser retirados na bilheteria uma hora antes do evento)

< voltar para home