Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Espaços culturais

Espetáculo “Minha Pequena África” será encenado na Torre Malakoff

A Banda Cordelândia apresenta a montagem neste domingo (11), às 17h. O acesso é gratuito

Rafaella Ribeiro/Divulgação

Rafaella Ribeiro/Divulgação

As musicistas Camila Ribeiro, Joannah Flor, Susana Morais e Viviane Oliveira encenam formam a Banda Cordelândia

A Torre Malakoff será palco neste domingo (11), a partir das 17h, da montagem Minha Pequena África. Com acesso gratuito, o espetáculo retrata, de forma leve, lúdica e educativa, o legado africano na cultura brasileira, através de canções interpretadas pela Banda Cordelândia, que é formada pelas musicistas Camila Ribeiro, Joannah Flor, Susana Morais e Viviane Oliveira.

“Sabemos muito pouco ou quase nada sobre a África, este continente lindo e cheio de histórias incríveis. Na peça, contamos histórias que narram a vida, o pensamento e mitos que nunca imaginamos existir. Para comemorar este lugar abençoado, raro e belo, nasceu o Minha Pequena África, um espetáculo para toda a família e que traz à tona a influência da cultura de matriz africana sobre nós”, conta a musicista Camila Ribeiro, idealizadora da montagem, junto com o produtor Danilo Carias.

Minha Pequena África foi montado com base na Lei 10.639, que inclui no currículo oficial da Rede de Ensino a obrigatoriedade da temática História e Cultura Afro-Brasileira. Assim, durante uma hora de duração, mostramos que o Brasil herdou da Mãe África uma infinidade de costumes, sons, palavras, comidas, danças, instrumentos, religiões que necessitam ser difundidos para permanecerem vivos”, diz Ribeiro.

De acordo com ela, a música afro-brasileira, os contos, as lendas e os cordéis convidam o público a descobrir um novo jeito de interagir com a nossa ancestralidade. “Todo o repertório musical e de contação de histórias foi criado especialmente para o espetáculo, que apresenta temas como o preconceito, a intolerância religiosa e as diversas formas de exclusão social, que no enredo ganham uma reflexão leve e propositiva. Com isso, o Minha Pequena África evidencia a cultura afro como constituinte e formadora do patrimônio cultural brasileiro, onde os negros são considerados sujeitos históricos de extrema relevância na construção do país”, comentou a idealizadora. A montagem foi contemplado pelo Edital de Bolsa de Fomento aos Artistas e Produtores Negros da Fundação Nacional de Artes (Funarte) 2014. A classificação etária é livre.

Serviço
Minha Pequena África (Banda Cordelândia)
Quando: 11/12 (domingo), às 17h
Onde: Torre Malakoff (Praça do Arsenal, S/N, Bairro do Recife – Recife)
Entrada gratuita

Minha Pequena África (Banda Cordelândia)
Quando: 17/12 (sábado), às 10h
Onde: Departamento de Estradas de Rodagem de Pernambuco (DER-PE | Av. Cruz Cabugá, 1033, Santo Amaro– Recife)
Entrada: gratuita
Mais informações: (81) 99898-5212 ou (81) 98236-3777

< voltar para home