Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Espaços culturais

Espetáculos pernambucanos e nacionais na programação do TREMA! Festival de Teatro

Quarta edição do evento acontece no Recife e conta com apoio do Governo de Pernambuco

Diferentes espaços da capital pernambucana serão ocupados, de 28 de abril a 08 de maio, por espetáculos, debates e lançamento de publicações que integram a programação do 4º TREMA! Festival de Teatro. A iniciativa, que reúne um importante panorama da atual produção cênica brasileira, conta com o apoio do Governo de Pernambuco.

divulgação

divulgação

‘Jacy’, do Grupo Carmin (RN) abre a programação nesta quinta-feira (28)

Espetáculos pernambucanos e nacionais foram selecionados para esta edição. O pensamento curatorial passa pela ideia de (re)construção, sugerindo novos caminhos e modelos para o fazer teatral e (re)construção de paradigmas sociais. Com este objetivo, o público é convidado a refletir sobre assuntos como: gênero, identidade, tradição e história.

Uma das principais forças do teatro nordestino, o Grupo Carmin (RN), sobe ao palco do Teatro Apolo na noite de abertura do festival. O espetáculo JACY., apresentado pela primeira vez no estado no último Festival de Inverno de Garanhuns, chega agora ao Recife, em meio a uma bem sucedida circulação com o projeto Palco Giratório e após importantes participações nos principais festivais de teatro do país.

A força feminina encontra-se fortemente representada nesta edição. Tanto através das mineiras da Primeira Campainha, grupo que celebra 5 anos de atividades e realizará duas sessões de dois espetáculos de seu repertório Isso é para Dor e Sobre Dinossauros, Galinhas e Dragões, além de bate-papos com público e artistas sobre o processo criativo do grupo após os espetáculos. Como pela força da atriz Grace Passô, uma das melhores atrizes do país de sua geração. O trabalho integra o projeto GRÃOS DA IMAGEM, que reúne peças em torno de temas identitários e a narrativa é a saga de um corpo de mulher com urgência de discurso, à procura de suas identidades e de pertencimento.

Divulgação

divulgação

A companhia mineira Primeira Campainha traz dois espetáculos para o festival

Também destaca-se como força o trabalho solo da pernambucana Hilda Torres, com o espetáculo Soledad – a terra é fogo sob nossos pés, que conta a história de Soledad Barrett Viedma (1945-1973), militante paraguaia, que após ter lutado na América Latina, vem militar no Brasil. No Recife, teve sua história de luta contra as opressões de classes sociais e em busca de liberdade e igualdade, interrompida. A obra, não assume tão somente um caráter memorialista e de denúncia, mas sobre algo que se quer contar hoje, traçando uma analogia entre passado e presente.

divulgação

divulgação

Soledad, da pernambucana Hilda Torres está na programação

O grande destaque da mostra vem do Ceará. Após o imenso sucesso com o solo BR TRANS na edição 2015 do TREMA! Festival, Silvero Pereira retorna à Recife com o coletivo artístico As Travestidas, e seu mais novo espetáculo QUEM TEM MEDO DE TRAVESTI. O espetáculo consiste em uma pesquisa, continuada, de investigação sobre o universo “TRANS” no Brasil. Está ancorado e potencializado na utilização da linguagem teatral como instrumento de questionamento e transformação social. Trata-se de um espetáculo teatro-musical com uma equipe composta por atores, cantores e bailarinos. Deste modo, o espetáculo se constrói a partir de uma pesquisa histórica do papel da travesti no teatro e na sociedade, desde sua participação no início das primeiras encenações, passando pelo glamour do teatro de revista e chegando à decadência e marginalização da figura “trans” na nossa atual sociedade. Trata-se de um espetáculo de pesquisa social, antropológica e artística.

divulgação

divulgação

Quem Tem Medo de Travesti será encenado no Santa Isabel

Além do espetáculo, As Travestidas realizará em Recife o Cabaré das Travestidas, teatro-festa que desde 2010 acontece com destaque na cena cearense e nacional.  O projeto questiona o papel da arte transformista nas artes cênicas, sua saída dos guetos para palcos de teatro, lançando luz e valorizando essa expressão. Dublagem, humor, talk show e improviso em miscelânea de diversão e sensibilidade crítica, tudo isto somado a DJ´s que farão uma festa memorável no Recife Antigo.

O Festival é realizado pela TREMA! Plataforma de Teatro. Além dos espetáculos, o Festival realizará debates e lançamentos da Revista Trema!, publicação de arte e política, bimestral e com distribuição gratuita, que conta com incentivo do Funcultura.

A programação completa é possível acessar no site: www.tremafestival.com.br

Os ingressos podem ser adquiridos no:

1. Teatro de Santa Isabel
Horários: 9h às 12h e 13h às 17h (terça a domingo).
Exclusivo para o espetáculo QUEM TEM MEDO DE TRAVESTI.

2. Loja Roda Colaborativa (Recife Antigo).
Horários: 11h às 20h (domingo a sexta) e 16h à 0h (sábados).
Disponível toda programação (exceção de QTMT).

3. Venda online: www.eventick.com.br/tremafestivaldeteatro

Nos pontos de vendas presenciais será aceito apenas dinheiro. Na venda online é possível utilizar cartões de crédito e débito.

< voltar para home