Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Espaços culturais

Estreia do filme “Brasil S/A”, no São Luiz, contará com execução de trilha sonora ao vivo

Divulgação

Divulgação

o filme discute o colapso urbano das grandes metrópoles

Depois de ter faturado cinco prêmios na edição de 2014 do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, o novo filme do diretor Marcelo Pedroso, Brasil S/A, fará uma estreia especial no Cinema São Luiz nesta quinta-feira (11), às 20h, com execução ao vivo da trilha sonora assinada pelo  músico Mateus Alves, e considerada por muitos  críticos como uma das personagens mais marcantes da película. A Orquestra de Câmara de Pernambuco, com regência do maestro José Renato Aciolly, é quem comandará o concerto.  Os ingressos custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada), a bilheteria será aberta a partir das 19h.

Brasil S/A conta a história de um cortador de cana que tem sua vida totalmente transformada a partir da chegada das máquinas e do progresso. Esse desenvolvimento leva o cortador de cana à sua primeira missão espacial. O filme foi concebido na época em que o Brasil alcançou a posição de sexta economia mundial e o crescimento econômico encantava a população. Naquele momento, os brasileiros assistiam, maravilhados e apáticos, à realização do sonho de estar entre os maiores do mundo.

Além dessa novidade, o São Luiz sedia, a partir desta sexta (12) e nos próximos dias 22/8 e 5/9, a 1ª Mostra Cine e Cidade do Recife, que exibirá  na sua programação filmes que exploram a interseção entre as linguagens do cinema e o campo da arquitetura e urbanismo.

O foco da Mostra será o debate fomentado a partir da exibição de curtas e longa-metragens de diversos gêneros que utilizem a cidade e seus modos de ver, permanecer, ocupar e deslocar como abordagem cinematográfica. Do abandono de áreas centrais à necessidade de novas leituras da cidade; da falta de políticas públicas urbanas inclusivas à necessidade de um olhar transdisciplinar sobre os fenômenos urbanos; da privatização dos espaços públicos à urgência de formas inovadoras de ocupar os espaços públicos. A mostra surge como mais uma oportunidade de pensar e debater as nossas vivências nos espaços da cidade.

As exibições das obras serão compostas em bloco, seguidas por debate entre o público presente, profissionais que atuam no campo acadêmico, no planejamento e gestão de cidades e os diretores dos filmes. Nesta sexta (12), serão exibidos, a partir das 19h30, os flimes Fotograma, Urbanos e Brasil S/A, e contará com a participação dos debatedores Ana Paula Portella, Luís Henrique Leal, Alessandra Nilo, Marcelo Pedroso e Diego Bis. Confira aqui a programação do projeto.

Seguem também em cartaz no cinema patrimônio de Pernambuco a animação estadunidense A Era do Gelo: o Big Bang, o clássico Rebecca, de Alfredo Hitchcock, o drama francês Um Belo Verão; o espanhol Um Dia Perfeito; o pernambucano A História da Eternidade, de Camilo Cavalcante; o longa Big Jato, dirigido por Cláudio Assis; e o novo longa de Anna Muylaert, Mãe só há uma.

Com som e projeção digitais, o São Luiz é o cinema de rua mais moderno de Pernambuco, um equipamento público sob a gerência da Secult-PE e da Fundarpe. Os ingressos custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia). Às terças, os valores caem para R$ 6 e R$ 3, respectivamente.

Confira a programação completa abaixo:
Semana: 11 a 17 de agosto

A ERA DO GELO: O BIG BANG
(Ice Age: Collision Course, EUA, 2015, 94min.)
Gênero: Animação | Diretor: Mike Thurmeier, Galen T. Chu
Classificação Indicativa: Livre

Sinopse: Depois que o esquilo Scrat, involuntariamente, provoca um acidente espacial em sua incansável perseguição pela noz, um enorme meteoro entra em rota de colisão com a Terra, ameaçando o lar de Manny, Diego, Sid e cia. Sem saber o que fazer para reverter a situação, eles terão que confiar em Buck, a elétrica doninha caolha do terceiro filme – único do grupo que realmente tem um plano para evitar o trágico fim de todos. Paralelamente, Mannie e Ellie têm que lidar com iminente saída de Amora de casa, ao passo que Diego e Shira pensam em aumentar a família e Sid finalmente parece encontrar o amor.
Dias e horários: sábado (13) e terça-feira (16), às 14h; domingo (14), às 10h e às 14h.

REBECCA
(Rebecca, EUA, 1940, 130min.)
Gênero: Drama, Suspense, Romance | Diretor: Alfred Hitchcock | Elenco: Joan Fontaine, Dame Judith Anderson, Melville Cooper, Laurence Olivier
Classificação Indicativa: 10 anos

Sinopse: No séc. XIX, uma jovem e inocente dama de companhia se casa com um belo lorde e vai viver com ele na mansão Man derley. Max ainda vive atormentado pela morte da primeira mulher em um acidente havido há um ano. A nova esposa é aterrorizada pelas memórias dessa mulher, e se deixa dominar pela governanta da casa.
Dias e horários: sábado (13), às 17h10 | domingo (14), às 17h30 | terça-feira (16), às 16h.

BRASIL S/A
(Brasil, 2014, 72min.)
Gênero: Drama – Experimental | Diretor: Marcelo Pedroso | Elenco: Edmilson Silva, Wilma Gomes, Adeilton Nascimento.
Classificação Indicativa: 10 anos

Sinopse: No Brasil dos últimos 500 anos, Edilson esteve cortando cana-de-açúcar. Um dia, as máquinas chegaram e ele deixou o corte para se engajar em sua primeira missão espacial. Um pequeno passo para ele, um salto enorme para o Brasil.
Dias e horários: quinta-feira (11) e domingo (14), às 20h | sexta-feira (12), às 19h30 | sábado (13), às 15h50 | terça-feira (16), às 18h25 | quarta-feira (17), às 14h15.

UM BELO VERÃO
(França, 2015, 105m.)
Gênero: Drama | Diretora: Catherine Corsini | Elenco: Cécile de France, Izïa Higelin, Noémie Lvovsky
Classificação Indicativa: 14 anos

Sinopse: Em 1971, a França está atravessando a época da liberação sexual e o ápice do feminismo. Neste contexto, Delphine abandona sua família no interior do país para descobrir a vida intensa em Paris. Chegando à capital, conhece Carole, que vive com o namorado Manuel. Delphine e Carole se aproximam e iniciam uma história de amor.
Dias e horários: sexta-feira (12), às 17h30 | sábado (13) e quarta-feira (17), às 19h30 | terça-feira (16), às 20h.

UM DIA PERFEITO
(Espanha, 2015, 1h46m.)
Gênero: Drama, Comédia | Diretor: Fernando León de Aranoa | Elenco: Benicio Del Toro, Tim Robbins, Mélanie Thierry
Classificação Indicativa: 12 anos

Sinopse: Um grupo de ajuda humanitária mora há muito tempo numa região indefinida dos Bálcãs, em pleno período de guerra. Eles auxiliam o povo em suas tarefas cotidianas, enquanto funcionam de contato intermediário com as Nações Unidas. Um dia, o principal problema dos experientes Mambrú (Benicio Del Toro) e B (Tim Robbins) e da novata Sophie (Mélanie Thierry) é retirar com rapidez o cadáver jogado no único poço da cidade, para impedir que toda a água fique contaminada. Mas a situação é mais complexa do que aparenta: aos poucos, eles percebem que a retirada do corpo pode contrariar os interesses de muitas pessoas.
Dias e horários: quinta-feira (11), às 14h15 | quarta-feira (17), às 17h30.

MÃE SÓ HÁ UMA
(Brasil, 2016, 1h22m.)
Gênero: Comédia dramática | Diretora: Anna Muylaert | Elenco: Naomi Nero, Dani Nefussi, Matheus Nachtergaele
Classificação Indicativa: 16 anos

Sinopse: Pierre descobre que sua família não é biológica quando a polícia prende sua mãe. Confuso, ele vai atrás de seus parentes verdadeiros, que o conhecem como Felipe, e a nova realidade faz com que o rapaz encontre finalmente sua real identidade.
Dias e horários: sexta-feira (12), às 14h15 | domingo (14) e quarta-feira (17), às 15h50.

BIG JATO
(Brasil, 2015, 93min.)
Gênero: Drama | Diretor: Cláudio Assis | Elenco: Matheus Nachtergaele, Rafael Nicácio, Marcelia Cartaxo
Classificação Indicativa: 16 anos

Sinopse: O menino Francisco passa os dias a acompanhar o pai (Matheus Nachtergaele) no trabalho, ou melhor, nas estradas. O homem é motorista do imponente Big Jato, um caminhão-pipa utilizado para limpar as fossas da cidade sem saneamento básico. Mas o garoto está mais interessado nas ideias do tio, um artista libertário e anarquista. À medida em que descobre o primeiro amor, Chico percebe a vocação para se tornar poeta.
Dias e horários: sexta-feira (12), às 15h45.

A HISTÓRIA DA ETERNIDADE
(Brasil, 2015, 120min.)
Gênero: Drama | Diretor: Camilo Cavalcante | Elenco: Cláudio Jaborandy, Débora Ingrid, Irandhir Santos, Leonardo França, Marcélia Cartaxo, Maxwell Nascimento, Zezita Matos
Classificação Indicativa: 16 anos

Sinopse: Alfonsina (Débora Ingrid) tem 15 anos e sonha conhecer o mar. Querência (Marcélia Cartaxo) está na faixa dos 40. Das Dores (Zezita Matos) já no fim da vida, recebe o neto após um passado turbulento. No sertão compartilham sobrenome e muitos sentimentos. Amam e desejam ardentemente.
Dias e horários: quinta-feira (11), às 16h15.

< voltar para home