Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Espaços culturais

Exposição de artesanato “A arte de um povo” traz referências da cultura afro, em Caruaru

Segue até quarta (27/11) a exposição com artesãos de Caruaru, Arcoverde e Olinda

Abre hoje (19/11), no Museu do Barro de Caruaru a exposição “A arte de um povo”, com peças de artesãos do Alto do Moura, Arcoverde e Olinda. Dentro da programação da Semana da Consciência Negra, promovida pela prefeitura da cidade com apoio do governo do Estado, a mostra pretende buscar as raízes de nossa cultura.

A curadoria realizada pela Assessoria de Artesanato da Fundarpe e Secult junto à gestão do Museu do Barro de Caruaru (Mubac) buscou focar em artistas que tragam elementos da cultura afro em suas peças ou levantem a discussão da integração racial de alguma maneira. “Procuramos abordar uma observação das raízes, mostrando peças de artistas que tenham um pensar ou um agir relacionado à questão racial, independente se de serem negros ou não” , afirma Breno Nascimento, gestor da Assessoria de Artesanato.

Integram a exposição a peça “O navio negreiro”, de Zé Alves, artesão consagrado de Olinda famoso por seus quadros e bonecos de madeira e as xilogravuras de Cacau de Arcoverde, que utiliza em seus trabalhos símbolos religiosos da cultura afro, além das peças dos artesãos de Caruaru. “Se pegar a linha histórica dessas comunidades, com certeza vai ter o cruzamento com a cultura afro, como toda a nossa cultura”, afirma Breno. “O que a gente quer é insistir através de eventos como esse que a sociedade repense seus hábitos, suas atitudes, seu preconceito em relação à compreensão da interseção com a cultura afro-descendente na nossa sociedade”, completa o gestor.

A ação é realizada pela Assessoria de Artesanato da Fundarpe e Secult em parceria com o Museu do Barro de Caruaru (Mubac) e a Prefeitura da cidade e apoio do Programa do Artesanato de Pernambuco (Pape).

A exposição segue até o dia 27/11, das 14h às 22h.

Serviço:

Exposição “A arte de um povo” dentro da Semana da Consciência Negra
Local: Museu do Barro de Caruaru
Dias: 19 a 27/11, das 14h às 22h.

< voltar para home