Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Espaços culturais

Exposição sobre Frida Kahlo e Diego Rivera ocupa o Museu do Estado

A mostra inédita será inaugurada no próximo dia 19 (quinta-feira), às 19h

Divulgação

Divulgação

As 96 imagens da mostra serão reunidas pela primeira vez em uma exposição

O Museu do Estado de Pernambuco (MEPE) sedia, a partir do próximo dia 19 de outubro, a exposição Frida e Diego: um sorriso no final do caminho. Inédita no Brasil, a mostra retrata a controversa e notável história do casal de artistas mexicanos Frida Kahlo e Diego Rivera.

Unidos por quase 25 anos – desde o casamento em 1929, até a morte de Frida em 1954- a relação dos dois foi marcada por encontros e desencontros, por amor e ódio, compartilhamento de experiências e competições ao mesmo tempo. A união dos artistas abriu um caminho diferente nas relações pessoais da primeira metade do século 20 no México: a personalidade extrovertida e fantasiosa do Diego, ligada à personalidade introvertida e também fantasiosa de Frida, inauguraram um enredo e uma intriga quase explosiva.

É justamente essa intimidade que as 96 imagens da exposição buscam capturar: o trabalho nos ateliês; as viagens e vida nos Estados Unidos; os encontros com personalidades do mundo político e artístico, incluindo Leon Trotsky e André Breton; a relação com artistas do México; assim como suas uniões conjugais, a dor e comprometimento físico da Frida, além de sua proximidade com a morte e a última foto do casal.

As imagens, em sua grande maioria, foram registradas pelos amigos do casal, como Manuel Álvarez Bravo, Nicholas Muray, Edward Weston, Guillermo Kahlo, Peter Jules, Guillermo Zamora e Juan Guzmán, compiladas pela primeira vez em uma mostra  única criada pela Secretaria de Cultura do México, o Instituto Nacional de Bellas Artes e o Museo Casa Estúdio Diego Rivera e Frida Kahlo.

Frida e Diego: um sorriso no final do caminho, que fica em cartaz até o dia 19 de novembro, é o resultado de uma parceria entre o Governo do México, através do Consulado-Geral do México no Rio de Janeiro, e o Governo do Estado de Pernambuco, por meio da Secult-PE/Fundarpe. “Graças a essa parceria com o Consulado do México, conseguimos trazer para nosso Estado essa exposição que será um marco para todos admiradores desses dois grandes artistas, pois ela mostra Frida e Diego como um casal, no seu dia a dia, na sua intimidade. Isso é uma novidade porque geralmente as pessoas só conhecem a obra deles. Frida e Diego representam a nova visão do México na arte moderna”, diz o coordenador de Artes Visuais da Secult-PE/Fundarpe, Márcio Almeida. 

Já a gestora do MEPE, Margot Monteiro, destaca que a inauguração da mostra será um momento bem expressivo tanto para a instituição quanto para o público pernambucano. “O amor e arte uniram Frida e Diego, que, além de exímios artistas, eram personalidades ligadas à política. Ver/conhecer isso mais de perto, especialmente a partir de imagens registradas por pessoas do convívio íntimo do casal, nos dará uma dimensão mais ampliada da arte que eles produziam e das causas que travavam”, conta Monteiro.

Serviço
Abertura da Exposição Frida e Diego: um sorriso no final do caminho
Quando: 19 de outubro (quinta-feira), às 19h
Onde: Museu do Estado de Pernambuco – MEPE (Av. Rui Barbosa, 960 – Graças, Recife, Pernambuco)
Visitação: Até o dia 19 de novembro, de terça a sexta-feira: das 10h às 17h; sábado e domingo: das 14h às 17h
Ingressos: R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia-entrada)

< voltar para home