Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Espaços culturais

Geraldo Maia reverencia a obra de Capiba no Teatro Arraial

O show acontece quinta-feira (9), às 20h, e contará com a participação de Gonzaga Leal, Rogéria e Ester Marques

Costa Neto/Secult-PE/Fundarpe

Costa Neto/Secult-PE/Fundarpe

Cantor prestará um tributo ao grande mestre pernambucano

Em 1997 morria um dos grandes representantes da música pernambucana: Capiba. Autor de mais de 200 canções – composições diversas que mostram a maestria do músico para além do Frevo, Capiba deixou sua marca na cultura local e nacional passando pelo jazz, samba, frevo e pela música erudita. A pluralidade e qualidade da sua obra serão celebradas na quinta-feira (9), às 20h, com o show: Noites sem Fim: 20 ANOS SEM O MESTRE – Geraldo Maia canta a saudade de Capiba. A apresentação, regida por Geraldo Maia, tem entrada gratuita e acontecerá no Teatro Arraial Ariano Suassuna com a participação de Gonzaga Leal, Rogéria e Ester Marques.

Já familiarizado com a música de Capiba, tendo gravado em 2007 o CD Samba de São João – onde interpreta duas canções do mestre de Surubim, Geraldo Maia vem se aproximando cada vez mais da obra e das histórias de vida do artista. “Me sinto muito à vontade para cantar Capiba por que me identifico com as letras, as melodias, a forma como ele compunha. Ele enfoca de uma forma muito própria um lado mais soturno, mais melancólico da alma humana. E é o que faz da música dele algo muito especial”, defende Geraldo.

No show, a ideia de saudade ganha o sentido de celebração e homenagem. O espetáculo, carregado de poesia, tomará corpo como uma janela que se abre para uma seresta intimista e suave, com poucos elementos cênicos e ponto forte na performance e iluminação. Para reforçar a riqueza na execução, sobem ao palco os músicos Alberto Guimarães (violão de sete cordas), Beto do Bandolim e George Rocha (percussão), grandes conhecedores da obra do compositor. Os convidados especiais completam e abrilhantam o festejo.

No repertório do show estarão presentes alguns clássicos como “Serenata Suburbana”, “Recife, cidade lendária”, “Maria Bethânia”, “Valsa verde”, “Cais do Porto”, “A mesma rosa amarela”, “Sem pressa de chegar”, “Linda flor da madrugada” e “Madeira que cupim não rói”. A celebração, contudo, não termina no dia 9 de novembro. “Esse é o início de um processo muito amplo e de muitas possibilidades presentes e futuras. A ideia é fazer um disco cantando músicas de Capiba e circular com esse show”, adianta Geraldo.

Serviço
NOITES SEM FIM: 20 ANOS SEM O MESTRE – Geraldo Maia canta a saudade de Capiba
Quando: Quinta-feira, 9 de novembro de 2017, às 20h
Onde: Teatro Arraial Ariano Suasssuna (Rua da Aurora, 457 – Boa Vista)
Informações: (81) 3184-3057
Capacidade de público: 94 lugares
Retirada de ingressos a partir das 18h
Entrada Gratuita

< voltar para home