Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Espaços culturais

Grupo de chorinho Arranha Céu apresenta-se no MEPE

A apresentação acontece às 17h. Os ingressos custam R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia-entrada)

O projeto Ouvindo e Fazendo Música no Museu do Estado Pernambuco (MEPE) recebe, neste sábado (10), o grupo Arranha Céu. O quarteto, bastante conhecido nas rodas de choro da cidade, é formado de músicos que vieram de outras formações. Johnathan Malaquias (acorden), Júnior Teles (pandeiro), Bruno Nascimento (Violão 7 cordas) e Alexandre Rodrigues (Clarinete e flauta) encontram-se no choro e desenvolvem um repertório com suas particularidades.

Dentre suas referências estão Nailor Proveta, Cacá Malaquias e Bozó, e no repertório tanto músicas autorais quanto de grandes compositores, como Pixinguinha e Jacob do Bandolim e outros mais atuais, como Toninho Ferragutti e Dominguinhos.

Os integrantes do quarteto têm ampla experiência musical. Johnathan começou a estudar aos doze anos, já passou pelo conservatório Tom Jopbim e atualmente acompanha nomes como Geraldo Azevedo. Júnior começou na mesma idade, mas sempre estudou no Conservatório Pernambucano de Música, onde atualmente aprende bateria.

Alexandre se formou pelo Instituto Federal de Pernambuco (IFPE) e atua na Orquestra Popular do Recife. Por fim, Bruno começou a estudar violão aos 14 anos, trabalha com grupos de choro e desenvolve pesquisa com violão 7 cordas de aço.  A apresentação no MEPE começa às 17h, e os ingressos custam R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia-entrada). Conheça um pouco da performance dos músicos:

Serviço
Ouvindo e Fazendo Música no MEPE, com Arranha Céu
Quando: 10/12 (sábado), às 17h
Onde: Museu do Estado de Pernambuco (Av. Rui Barbosa, 960 – Graças, Recife – PE)
Quanto: R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia-entrada)

< voltar para home