Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Espaços culturais

Instagrammers escrevem cartas a Manuel Bandeira e reafirmam amor pelo Recife

Bruno Souza

Jan Ribeiro/Secult-PE/Fundarpe

Jan Ribeiro/Secult-PE/Fundarpe

Convidados leram suas cartas durante a terceira noite da Semana Manuel Bandeira

“Caro Bandeira, a vida no Centro, hoje, é infinitamente mais agitada que tempos atrás. Os becos ainda contam história, continuam fazendo da paisagem e da linha do horizonte sem importância”, escreveram as instagrammers Marília Benevides e Raquel Borba, do perfil @avidanocentro, ao poeta Manuel Bandeira, para celebrar a ação de duas semanas que realizaram nas redes sociais, junto com os perfis @dajaneladomeuonibus@calcadasqueandei (Isabela Farias), @sóvêquemvaiapé (Jota Nogueira) e Recife de Antigamente (Wilton Carvalho e Rosa Bezerra), em homenagem aos 131 anos do modernista pernambucano e aos 100 anos da publicação do livro A Cinza das Horas.

A culminância da iniciativa, que envolveu uma ampla pesquisa sobre a obra do poeta e as ruas evocadas por ele em seus poemas, aconteceu  na noite desta quarta-feira (19), durante o terceiro dia da Semana Manuel Bandeira, e reuniu todos os perfis envolvidos no Espaço Pasárgada. “Agradeço muito a colaboração de todos vocês que abraçaram essa ideia e, através dessa ação conjunta, enalteceram a memória e o legado do nosso querido Bandeira”, afirmou Marília Mendes, gestora do equipamento cultural.

Jan Ribeiro/Secult-PE/Fundarpe

Jan Ribeiro/Secult-PE/Fundarpe

Isabela Faria narrando sua experiência

Isabela Faria, criadora dos perfis @dajaneladomeuonibus @calcadasqueandei, destacou o caráter colaborativo do projeto e convidou os outros participantes a criarem ações semelhantes. “Essa é uma noite de celebração. Celebração do aniversário de Manuel Bandeira, celebração dessa iniciativa que reuniu vários amantes da cidade do Recife, através do compartilhamento de imagens que dialogam com a delicadeza encontrada no cotidiano de nossas ruas, que tal qual na obra do poeta, são cheias de afetos e bons personagens. Foi uma experiência maravilhosa reviver o lirismo de Bandeira e, de antemão, convido todos vocês a pensarem em outros projetos”, disse Faria.

Além de relatarem como foi o processo de criação das imagens, os instagrammers puderam ler as cartas que fizeram para Manuel Bandeira, atualizando-o sobre as novidades da cidade, e exibir as fotografias produzidas na ação. Os textos ficarão expostos no equipamento cultural e as imagens integrarão posteriormente uma exposição.

Jan Ribeiro/Secult-PE/Fundarpe

Jan Ribeiro/Secult-PE/Fundarpe

Rosa Bezerra lendo sua carta

Os atores Ana Nogueira, Anacláudia Vieira, Dudu Gody, Ísis Agra e Fernanda Spíndola comandaram ainda um recital especial do livro A Cinza das Horas, que encerrou as atividades do dia. Confira as fotos e um trecho do sarau:

Jan Ribeiro/Secult-PE/Fundarpe

Jan Ribeiro/Secult-PE/Fundarpe

O poeta Jomard Muniz de Britto conferiu o recital

Jan Ribeiro/Secult-PE/Fundarpe

Jan Ribeiro/Secult-PE/Fundarpe

O grupo de atores que comandaram o recital

< voltar para home