Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Espaços culturais

Lançamento de catálogo marca o encerramento da mostra “Pintura Vingada” no Mepe

Estúdio Orra/Divulgação

Estúdio Orra/Divulgação

A exposição conta com vários suportes, entre tecido, couro, resina, borracha e lona

O Museu do Estado de Pernambuco (MEPE), em parceria com a Garrido Galeria e o escritório de arte Garrido Marinho, encerra nesta quinta-feira (12), a partir das 18h, a exposição “Pintura Vingada”, que conta com obras do artista alagoano Delson Uchôa. O encerramento será marcado pelo catálogo da mostra. A publicação foi organizada pelo curador e o co-curador da exposição, Moacir dos Anjos e Steve Coimbra, com design gráfico assinado por Raul Luna. Aproveitamos para lembrar que o encerramento da “Pintura Vingada”, assim como o da exposição paralela Exercícios geométricos vingados, na Garrido, foi adiado para o próximo domingo, 15 de maio.

MOSTRA
Com curadoria de Moacir dos Anjos e co-curadoria de Steve Coimbra, a iniciativa reúne trabalhos que transitam em todo o processo do artista até os desdobramentos atuais, trajetória costurada em suas pinturas e objetos de arte com escalas elevadas e variados suportes, entre tecido, couro, resina, borracha e lona. “Pintura Vingada” sugere, ainda, um prolongamento de seus novos universos da performance e da fotografia.

“O verbo vingar possui dois principais significados. Vingar é tirar desforra ou desagravar; é retaliar alguém ou algo por dano recebido. Mas é também ter bom êxito e lograr o desejado; é sobreviver a despeito de adversidades. “Pintura Vingada” é desafronta do artista perante tudo que acua a arte e, ao mesmo tempo, evidência de algo que floresce e segue vivo. Reunindo quase três dezenas de trabalhos, é súmula de uma trajetória dedicada a criar, sobre o campo extenso da pintura, maneira única de enxergar e conhecer o mundo”, conta Moacir dos Anjos sobre a proposta da mostra.

Amanda Câmara/Divulgação

Amanda Câmara/Divulgação

A mostra marca o retorno do artista alagoano Delson Uchôa a Pernambuco, após duas décadas

ARTISTA
Um dos principais artistas contemporâneos representativos da chamada “Geração 80”, Delson Uchôa possui uma extensa trajetória de exposições, como bienais de Veneza, São Paulo, Havana e Cairo, tem obras em coleções como Inhotim (Brumadinho/MG), Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, Museu de Arte Moderna de São Paulo, Pinacoteca do Estado de São Paulo, Vogt Collection (Berlim/Alemanha) e York Stack Collection (Berlim/Alemanha). Agora, “Pintura vingada” marca o retorno de uma individual do artista a Pernambuco, depois de quase duas décadas, e também contará com a exposição paralela Exercícios geométricos vingados, na Garrido Galeria (zona norte recifense), seguindo o cronograma da principal.

Serviço
Lançamento do catálogo da “Pintura Vingada”
Quando: 12 de maio de 2022 (quinta-feira), às 18h
Local: Museu do Estado de Pernambuco – MEPE (Avenida Rui Barbosa, n° 960, Graças, Recife/PE)

Visitação MEPE: terça a sexta: das 11h às 17h; sábados e domingos: das 14h às 17h.
Visitação Garrido: segunda a sexta: das 10h às 19h; sábados: 10h às 14h.
Encerramento das exposições: 15 de maio de 2022

< voltar para home