Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Espaços culturais

NOTA SOBRE PROJETOR DIGITAL DO SÃO LUIZ

A Fundarpe já adquiriu as placas do projetor digital do São Luiz. Nos próximos dias, será feita a instalação das peças, que será acompanhada por um profissional especializado. A suspensão temporária das exibições deveu-se à queima da placa IPC, que impossibilita o projetor de funcionar regularmente. Tão logo foi detectado o problema, a Fundarpe iniciou processo de compra das placas TI ICP MOD e IMB 4k do projetor digital.

Foram realizados dois certames licitatórios, através do processo administrativo nº 2211/017, e do processo administrativo nº 2663/017, que não obtiveram êxito legal. De modo que a Fundarpe, por meio da Comissão Permanente de Licitação, pôde efetuar a compra por Dispensa de Licitação, com base no art. 24, inciso V, da Lei Federal nº 8.666/1993. Segundo a lei, é dispensável a licitação: “quando não acudirem interessados à licitação anterior e esta, justificadamente, não puder ser repetida sem prejuízo para a Administração, mantidas, neste caso, todas as condições preestabelecidas”.

HISTÓRICO - O São Luiz inaugurou em 5 de novembro de 2015 seu novo projetor digital Barco 23B 4k, com capacidade de projetar filmes em DCP/3D, atualização necessária para abarcar os recentes conteúdos audiovisuais produzidos no mundo. Conta com um servidor digital e novos processadores e amplificadores de som para formato Dolby 7.1.

O São Luiz tem desempenhado papel de destaque na difusão cinematográfica pernambucana, nacional e internacional, tornando-se uma das poucas salas de cinema de rua do país com uma ocupação contínua, efervescente e diversificada. Além do conjunto arquitetônico com suas características originais mantido, a sala conta com projeção digital de alta qualidade (DCP) e projetor 35mm, dialogando com produções contemporâneas e históricas.

Fechado apenas às segundas-feiras, o Cinema São Luiz é ocupado por mostras e festivais de cinema, a exemplo do Janela Internacional de Cinema do Recife; do Recifest (Festival de Cinema da Diversidade Sexual); MOV – Festival Internacional de Cinema Universitário de Pernambuco; Ver Ouvindo: Festival de Filmes com Acessibilidade Comunicacional do Recife, entre outros.

< voltar para home