Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Espaços culturais

‘Para Minha Amada Morta’ estreia no Cinema São Luiz

Além do longa brasileiro, outros quatro filmes estão na programação do cinema de todos os pernambucanos

Reprodução

Reprodução

‘Para Minha Amada Morta’ estreia nesta quinta (31/03) no Cinema São Luiz

Começa nesta quinta-feira (31), mais uma semana de exibições no cinema de todos os pernambucanos, o São Luiz. A novidade é a estreia do filme brasileiro Para Minha Amada Morta (2015), do diretor Aly Muritiba. O longa foi premiado no 48º Festival de Brasília nas categorias de melhor direção, melhor ator coadjuvante, melhor atriz coadjuvante, melhor direção de arte e melhor montagem, além de ser eleito como melhor filme pelo júri da crítica.

O público que acompanha de perto as recentes produções audiovisuais pernambucanas também não pode deixar de conferir o longa-metragem O Gigantesco Ímã, de Tiago Scorza e Petrônio de Lorena. A obra, que contou com incentivo do Governo de Pernambuco, através do Funcultura, foi filmada em Serra Talhada e Petrolina, e apresenta alguns momentos da vida e do ofício do “cientista popular” Evangelista Ignácio de Oliveira. Figura peculiar e bastante conhecida em Serra Talhada, Evangelista recicla equipamentos eletrônicos e inventa apetrechos que vão desde utensílios domésticos a instrumentos ópticos e astronômicos. O documentário é resultado de um convívio intenso – cerca de 12 anos – dos diretores com o protagonista.

Outra destaque é o drama franco-turco Cinco Graças. A obra, abertamente feminista, ganha a tela do São Luiz em meio aos debates e à intensa movimentação cultural e política por mais liberdade e igualdade de oportunidades para as mulheres, importantes marcas deste mês de março.

O longa-metragem Boi Neon, do pernambucano Gabriel Mascaro e o colombiano Abraço da Serpente também seguem em cartaz na sala.

Com som e projeção digitais, o São Luiz é o cinema de rua mais moderno de Pernambuco, um equipamento público sob a gerência da Secult-PE e da Fundarpe. Os ingressos custam R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia). Às terças, os valores caem para R$ 6,00 e R$ 3,00, respectivamente.

Confira a programação completa do Cinema São Luiz
Semana: 31 de março a 6 de abril de 2016

PARA MINHA AMADA MORTA
(Brasil, 2015, 105min.)
Gênero: Drama | Diretor: Aly Muritiba | Elenco: Denise Del Vecchio, Letícia Sabatella, Miwa Yanagizawa, Fernando Alves Pinto, Marcello H, Mayana Neiva,  Lourinelson Vladimir

Sinopse:
Após a morte de sua esposa, o fotógrafo Fernando  torna-se um homem calado e introspectivo. Ele vive cercado de objetos pessoais da falecida, até descobrir, em uma fita VHS, uma surpresa que coloca em dúvida o amor da esposa por ele. Fernando decide investigar a verdade por trás destas imagens, desenvolvendo uma obsessão que consome seus dias e sua rotina.
Dias: Quinta-feira (31) e quarta-feira (5/4), às 15h50 e às 19h40 | Sexta-feira (1º/4) e terça-feira (4/4), às 19h40 | Sábado (2/4) e domingo (3/4), às 17h40
Classificação Etária: 14 anos

CINCO GRAÇAS
(Mustang, Turquia, França, Alemanha, 2015, 93min.)
Gênero: Drama |Diretora: Deniz Gamze Ergüven | Elenco: Güneş Nezihe Şensoy, Doğa Zeynep Doğuşlu, Elit İşcandivulgação
Sinopse: No início do verão em um vilarejo turco, Lale e suas 4 irmãs brincam de forma debochada com os meninos, o que acarreta em um escândalo de consequências muito fortes: a casa delas se torna praticamente uma prisão, elas aprendem a limpar ao invés de ir para a escola e seus casamentos começam a ser arranjados. As cinco não deixam de desejar a liberdade, e tentam resistir aos limites que lhes são impostos.
Dias: Quinta-feira (31) e quarta-feira (5/4), às 17h50 | Sexta-feira (1º/4), sábado (2/4) e domingo (3/4), às 15h50
Classificação Etária: 14 anos

O GIGANTESCO ÍMÃ
(Brasil, 2014, 72min.)

Álvaro Severo/Divulgação

Álvaro Severo/Divulgação

Inventor Evangelista Ignácio protagoniza documentário “O Gigantesco Ímã”

Gênero: Documentário |Diretor: Tiago Scorza e Petrônio de Lorena | Elenco: Evangelista Ignácio de Oliveira
Sinopse: O documentário retrata o percurso de Evangelista Ignácio de Oliveira, o “Vanja”, um cientista e inventor pernambucano nascido em 1929. Apesar de nunca ter estudado nas escolas, Vanja dedica a sua vida à criação de novas máquinas e à simplificação de máquinas já existentes, além do desenvolvimento de teorias astrofísicas que questionam o conhecimento acadêmico.
Dias:  Terça-feira (5/4), às 15h50
Classificação Etária: 10 anos

BOI NEON
(Brasil , Holanda , Uruguai, 2015, 101min.)
Gênero: Drama | Diretor: Gabriel Mascaro | Elenco: Juliano Cazarré, Maeve Jinkings, Vinicius de Oliveira

still Boi Neon
Sinopse: Nos bastidores das Vaquejadas, Iremar e um grupo de vaqueiros preparam os bois antes de solta-los na arena. Levando a vida na estrada, o caminhão que transporta os bois para o evento é também a casa improvisada de Iremar e seus colegas de trabalho: Zé, Negão, Galega e sua filha Cacá. O cotidiano é intenso e visceral, mas algo inspira novas ambições em Iremar: a recente industrialização e o polo de confecção de roupas na região do semiárido nordestino. Deitado em sua rede na traseira do caminhão, sua cabeça divaga em sonhos de lantejoulas, tecidos requintados e croquis. O vaqueiro esboça novos desejos.
Dias: Sexta-feira (1º/4), às 17h40 | Sábado (2/4), às 19h40
Classificação Etária: 16 anos

O ABRAÇO DA SERPENTE
(El Abrazo de la Serpiente, Colômbia, 2015, 125min.)
Gênero: Drama | Diretor: Ciro Guerra | Elenco: Jan Bijvoet, Brionne Davis, Nilbio Torres, Antonio Bolivar

Divulgação

Divulgação

O Abraço da Serpente, indicado ao Oscar, continua na programação do São Luiz

Sinopse: Karamakate, outrora um poderoso xamã da Amazônia, é o último sobrevivente de seu povo, e agora vive em isolamento voluntário nas profundezas da selva. Os anos de solidão absoluta o tornam vazio, privado de emoções e memórias. Sua vida sofre uma reviravolta quando chega ao seu esconderijo remoto Evan, um etnobotânico americano em busca da Yakruna, uma poderosa planta, capaz de ensinar a sonhar. O xamã decide acompanhar o estrangeiro em sua busca, e juntos embarcam em uma viagem ao coração da selva, onde passado, presente e futuro se confundem, fazendo-o aos poucos recuperar suas memórias. Essas lembranças trazem uma dor profunda que não libertará Karamakate até que ele transmita o conhecimento ancestral que antes parecia destinado a perder-se para sempre.
Dias:  Domingo (3/4), às 19h40 | Terça-feira (5/4), às 17h20
Classificação Etária: 12 anos

< voltar para home