Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Espaços culturais

“Poesia em casa” é o tema dos Saraus em Pasárgada de junho, em versão on-line

Encontro virtual desta sexta-feira (12) acontecerá através do Instagram, onde os participantes deverão publicar conteúdo próprio ou de outros artistas que os acompanham na quarentena

Jan Ribeiro/Secult-PE/Fundarpe

Jan Ribeiro/Secult-PE/Fundarpe

Por conta da recomendação de isolamento social, os recitais migaram do quintal do Espaço Pasárgada aos perfis do @culturape e @manuelbandeira.pasargada, no Instagram

O encontro mensal dos Saraus em Pasárgada, que desde o início do isolamento social acontece virtualmente, em junho traz a reflexão sobre o próprio momento em que a sociedade se encontra. O tema é “Poesia em Casa”. Nesta sexta-feira (12), a partir das 18h, os perfis @culturape e @manuelbandeira.pasargada vão compartilhar conteúdo postado por poetas, amantes da poesia, admiradores de Manuel Bandeira e curiosos, mantendo a tradição de microfone aberto a todos. Para participar, basta marcar as duas contas no post e acompanhar o compartilhamento, interagindo nos comentários.

“Muitos sentimentos e sensações diferentes nos tomaram de súbito, algumas vezes bem conflitantes. Assim é a vida. Vamos aproveitar para compartilhar estas emoções nos conectando com a poesia”, disse Marília Mendes, gestora do Espaço Pasárgada, equipamento cultural gerenciado pela Secult-PE/Fundarpe, que recebe os encontros quando acontece presencialmente.

“A ideia é compartilhar poemas de autoria própria ou de autores que tenham inspirado o participante durante esse período de isolamento social. “Motivo é o que não falta. Liberdade também não. Nos Saraus em Pasárgada, o microfone é aberto e de graça. É poesia no ar”, convocou a gestora. Confira abaixo um dos vídeos já divulgados no perfil do espaço:

Ver essa foto no Instagram

Superpalhaço Cascatinha brilhandi nos Saraus em Pasárgada, declamando A ONDA de Manuel Bandeira

Uma publicação compartilhada por Espaço Pasárgada (@manuelbandeira.pasargada) em

< voltar para home