Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Espaços culturais

Pontos na Torre cai no afoxé ao som do Alafin Oyó

Junto com os convidados Oyá Otokulê e o Oxum Pandá, uma grande roda de afoxé vai tomar conta da Torre Malakoff

Eric Gomes

Eric Gomes

O Afoxé Alafin Oyó se apresenta na Torre Malakoff

No próximo domingo (3/11), o projeto Pontos na Torre vai trazer ao palco da Torre Malakoff (Bairro do Recife) um dos mais importantes expoentes da cultura afro em nosso estado, o Afoxé Alafin Oyó. O grupo que, desde desde 1986, exalta a religiosidade de matriz africana em seus cortejos, já tradicionais em Olinda, vai chamar o público a reverenciar os orixás ao som dos atabaques e agogôs. A apresentação começa às 15h e é aberta ao público.

Com 30 pessoas em palco, o espetáculo do Alafin neste domingo será baseado no tema apresentado este ano, no festival de afoxés: “A cultura religiosa afirmando a nossa identidade “, que fala sobre a natureza humana que, naturalmente, reflete em seus gestos a personalidade dos orixás, “seja o poder de justiça dos filhos de Xangô, o olhar e o avançar dos filhos de Ogum, ou a doçura e a leveza dos filhos de Oxum”, explica Fabiano Santos, presidente do Alafin Oyó.

E não é somente o Alafin que se apresenta. Ele também trará convidados. Com o Oyá Otokulê (antigo Oyá Alafé) e o Oxum Pandá, uma grande roda de afoxés vai tomar conta da Torre Malakoff, com todos juntos, ao final.

Serviço
Pontos na Torre com Afoxé Alafin Oyó
Domingo (3/11), a partir das 15h
Torre Malakoff (Praça do Arsenal da Marinha, Bairro do Recife)
Entrada gratuita

< voltar para home