Pular a navegação e ir direto para o conteúdo

O que você procura?
Newsletter

Espaços culturais

Programação dos equipamentos culturais neste fim de semana

A rede de equipamentos culturais do Estado de Pernambuco, gerenciada pela Secult-PE/Fundarpe, está com uma programação repleta de ações neste fim de semana. Do Cinema São Luiz ao Museu do Barro de Caruaru, os visitantes poderão conferir filmes, exposições e peças. Veja abaixo as atividades:

Teatro Arraial Ariano Suassuna
A programação do 25º Festival de Janeiro de Grandes Espetáculos, iniciativa que conta com incentivo do Governo do Estado de Pernambuco, por meio dos recursos do Funcultura, traz ao palco do Teatro Arraial Ariano Suassuna, nesta sexta-feira (11), às 18h, e sábado (12), às 20h, o espetáculo “Comverso – Solo do poeta Antonio Marinho”. Na montagem, Marinho apresenta um texto dedicado ao ato criativo através da palavra dita e ouvida nos sertões e mescla os elementos tradicionais da cantoria de repente com estilos e temas da contemporaneidade e da sua experiência de ver o mundo por meio da generosa lente que a poesia nos oferece. Saiba mais aqui.

Torre Malakoff
Inaugurada no último dia 4 de janeiro, a mostra “ARRUAR TAPACURÁ”, da artista plástica Joana Passi, revisita o maior boato que a capital pernambucana vivenciou há 43 anos: “Tapacurá estourou”, a partir de vídeos, desenhos, mapas, pinturas e instalações: trabalhos que surgiram do esforço da artista em vislumbrar a paisagem submersa, lembranças e narrativas sobre Tapacurá. O acesso é gratuito e a exposição fica em cartaz até o dia 24 de fevereiro. Saiba mais aqui.

Museu do Estado de Pernambuco (MEPE)
Quem for ao Mepe, poderá conferir a exposição “Clementina Duarte: 50 Anos de Arte e Design”, que reúne peças da grande nome do design de joias brasileiro, Clementina Duarte, conhecida e reconhecida no mundo inteiro por suas criações inovadoras produzidas há cinco décadas. A mostra, que conta com curadoria de Ana Cristina Carvalho e Rinaldo Carvalho, segue em cartaz até o dia 31/1. Saiba mais aqui.

Cinema São Luiz
Templo do audiovisual pernambucano, o Cinema São Luiz conta com várias estreias nesta semana: o longa A Esposa, que rendeu à atriz Glenn Close o Globo de Ouro de melhor atriz; a animação infantil A Raposa Má, filme vencedor do César (prêmio anual do cinema francês) como Melhor Animação de 2017; o filme O Beijo no Asfalto, baseado na peça homônima escrita por Nelson Rodrigues e dirigido por Murilo Benício; e os dramas os dramas internacionais Meu Querido Filho e A Nossa Espera.  Com som e projeção digitais, o São Luiz é o cinema de rua mais moderno de Pernambuco. Os ingressos custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada). Às terças-feiras, os valores caem para R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia-entrada), respectivamente. Não há exibições às segundas-feiras.  Confira a programação completa aqui.

Museu de Arte Sacra de Pernambuco
Em Olinda, o público poderá conferir a exposição “Santos Negros”, no Museu de Arte Sacra de Pernambuco (Maspe), localizado no Alto da Sé. Com curadoria de Frei Rinaldo (gestor do Maspe) e Dió Diniz (arquiteta), a mostra é composta por mais de 20 peças, oriundas do acervo da Arquidiocese de Olinda e Recife, cujas tipologias englobam desde um amplo conjunto de imagens sacras até painéis e telas – quatro delas feitas pelo pintor Roberto Ploeg, ambientados de forma a transportar os visitantes para um cenário sóbrio e totalmente trajado com o intento de expressar as vivências religiosas concretizadas na perspectiva da negritude afro-brasileira. Na mostra – que segue em cartaz até o dia 13 de maio de 2019, data que marca a abolição da escravatura, é possível conferir imagens como as de Santo Elesbão, São Benedito e Baltazar. Saiba mais aqui.

Cineteatro Guarany
Em Triunfo, o Cineteatro Guarany exibe o filme “Gonzaga de Pai para Filho” neste fim de semana. Dirigido por Breno Silveira, o longa mostra a trajetória do Rei do Baião, Luiz Gonzaga, e a sua relação com seu filho, Gonzaguinha, um símbolo da MPB. Uma história que fala da integração do Brasil por meio do afeto e da música, a mesma música que os uniu, os consagrou e os distanciou. Saiba mais aqui.

Museu do Barro de Caruaru
Já no Museu do Barro de Caruaru (Mubac), está em cartaz a exposição “Vida e Obra de Mestre Vitalino”. De autoria do artista plástico Lammeck Cunha, a mostra conta 40 obras, entre quadros, instalações e esculturas, que retratam a vida do Mestre Vitalino, seus seguidores e o Alto do Moura, grande reduto de artesãos na região. A mostra, que conta com apoio da Fundação de Cultura de Caruaru, segue em cartaz até o dia 7 de março de 2019, no Mubac. Os visitantes podem visitá-la de de terça-feira a sábado, das 8h às 17h, e aos domingos, das 9h às 13h. A entrada custa R$ 2. Saiba mais aqui.

< voltar para home